Cidades

Competições reúnem 1.300 estudantes em Diamantino

Publicados

em

_DSC9428O frio não desanimou a população que compareceu para prestigiar a abertura da nona etapa regional dos Jogos Escolares da Juventude, na noite desta sexta-feira (10), em Diamantino. A noite contou com apresentações culturais, de esportes radicais e de modalidades paralímpicas.

Os estudantes/atletas que vão participar dos jogos estavam muito empolgados durante a cerimônia de abertura. Os garotos do vôlei da Escola Estadual Wilson de Almeida, de Nova Olímpia, disseram que a intenção maior é se divertir e fazer novas amizades. “Nós vamos dar o nosso melhor em quadra, mas o mais importante e competir e respeitar nossos adversários”, destacou o estudante Carlos Antônio.

As meninas do futsal da Escola Estadual Estevão de Figueiredo, de Jangada, também adotaram o mesmo discurso. Elas garantem que o melhor de tudo é competir e fazer novas amizades. “Dentro da quadra os outros estudantes são os nossos adversários. Mas fora dela todo mundo tem que ser amigo”, afirmou Radhyja Vitória.

A abertura dos jogos também foi prestigiada por muitas famílias que foram até o ginásio central da cidade. A dona de casa Sonia, por exemplo, enfrentou o frio e levou os três filhos para o evento. O caçula é um bebê de apenas cinco meses. “Trouxe esse aqui para gostar de esporte desde pequeno”, disse Sonia.

No entendimento dela, os jogos escolares são importantes para manter os adolescentes afastados das ruas. “O esporte dá ocupação para esses meninos e meninas. Ele também é uma ferramenta de inclusão social muito importante”, avaliou.

Leia Também:  Natal magro: 80% dos brasileiros pretendem gastar menos neste final de ano

Apresentações

A noite também foi recheada de apresentações culturais, de esportes radicais e modalidade paralímpicas. Mais uma vez, quem roubou a cena foi o professor Junior Cabral. Ele possui deficiência física (não tem braços e nem pernas) e tem se apresentado durante as aberturas das etapas regionais dos jogos como forma de dar exemplo de superação para a garotada.

Na abertura dos jogos em Diamantino, Cabral jogou vôlei, handebol e futsal com estudantes que irão participar da competição. E o público ficou impressionado com o talento do professor que, apesar das limitações físicas, deu um show em quadra.

A parte mais alta da apresentação foi quando Cabral jogou futsal com a goleira do time de Diamantino, a estudante Rayssa Gomes. O professor deu um chapeuzinho na menina que levou a plateia ao delírio.

A estudante também ficou encantada com a habilidade do professor. Ela disse que quando foi chamada para participar da brincadeira achou que a coisa seria mais simples. “Achei que ele ia apenas ficar tocando a bola para mim, mas ele deu um show de habilidade me driblando várias vezes. Tomei até um chapeuzinho”, disse.

Rayssa destacou que aprendeu uma grande lição com o professor Cabral. “Eu aprendi que não importa o que a pessoa tem. O que realmente define uma pessoa é o caráter dela”, concluiu a estudante da Escola Estadual Irmã Lucinda Facchni.

As outras apresentações foram de capoeira (mestre Rafael), de dança com o grupo 18 de Setembro, do Centro de Tradições Gaúchas de Diamantino e apresentações de esportes radicais com manobras de patins e skate.

Leia Também:  Temer anuncia departamento na PF para combater violência contra mulher

Autoridades

O secretário adjunto de Esportes e Lazer, Pedro Luiz Sinohara, transmitiu os cumprimentos do governador Pedro Taques e agradeceu a presença dos 12 municípios que participam dos jogos em Diamantino.

Ele também mandou um recado para os estudantes. “Saibam que o mais importante, além de competir, é construir novas amizades. Aproveitem ao máximo essa oportunidade única de viver uma grande história nos jogos escolares”, aconselhou.

Já o secretário de Esportes, Lazer e Turismo de Diamantino, Roberto Ferreira, destacou que a cidade se consolida como referência de esporte na região do Médio Norte ao sediar os jogos escolares. Ele também mencionou o projeto da prefeitura que mantém escolinhas de iniciação esportiva, em várias modalidades, nos bairros de Diamantino.

O secretário de Administração de Diamantino, João Lopes, representou o prefeito Juviano Licoln durante a cerimônia. Ele destacou que o município é parceiro do estado quando o assunto é esporte e pediu para que os alunos respeitem os técnicos e árbitros durante a competição. “Sendo assim, neste momento, eu declaro aberto os Jogos Escolares da Juventude de Diamantino”.

Participam dos jogos em Diamantino cerca de 1.300 estudantes distribuídos em 104 escolas da região do Médio Norte de Mato Grosso. A organização calcula que até o final dos jogos, na quarta-feira (15), mais de oito mil pessoas irão prestigiar o evento.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Cidades

Governo debate uso de tecnologias espaciais no agronegócio em Cuiabá

Publicados

em

O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Paulo Alvim, participa nesta terça-feira, 24.05, de 8h às 20h, no auditório da FATEC/Senai, em Cuiabá, do workshop ‘Agro: Tecnologias e Aplicações Espaciais’. O evento é uma realização da Agência Espacial Brasileira (AEB), que reunirá pesquisadores, estudantes, técnicos, universidades, entidades do agronegócio e produtores interessados nas inovações trazidas pelo uso das tecnologias espaciais no campo. Inscreva-se gratuitamente aqui.

O presidente da Agência Espacial Brasileira (AEB), Carlos Augusto Teixeira, também participará dos debates. A ideia é inspirar soluções inovadoras para os problemas enfrentados no setor do agro, e viabilizar, a partir da utilização de tecnologias espaciais, um aprimoramento das práticas agrícolas e ao desenvolvimento do setor de forma sustentável. Além de mostrar os benefícios advindos dessas tecnologias e de suas aplicações a diferentes camadas da sociedade.

No final de abril, a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci) reuniu representantes de diferentes segmentos na sede do Instituto de Pesquisas Espaciais (INPE), em São José dos Campos (SP). Com o tema “Sensoriamento Remoto e Agronegócio”, o intercâmbio contou com a participação das principais “cabeças pensantes” do país em tecnologia espacial e representantes do agronegócio, além de professores e pesquisadores dedicados à busca de soluções para tornar ainda mais eficiente o agro mato-grossense.

Leia Também:  Em uma semana, Gefron retira mais de 400 kg de entorpecentes de circulação

Em Cuiabá, o workshop tem a realização da Seciteci, do Parque Tecnológico Mato Grosso, da Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso (Fiemt), da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), do Serviço Nacional da Indústria (Senai), do Programa Espacial Brasileiro; com o apoio da Federação da Agricultura de Mato Grosso (Famato), da Agrihub, do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), do Conselho Temático de Inovação e Tecnologia (COINTEC) e do Conselho Tecnológico da Agroindústria (COAGRO).

SERVIÇO:

Local: Centro de eventos SENAI/FATEC, Cuiabá-MT

Data/hora: 24 de maio de 2022, a partir das 08h30 (horário local)

Inscrição: https://www.sympla.com.br/evento/evento-presencial-agro-tecnologias-e-aplicacoes-espaciais/1551899

Programação: https://bit.ly/Agro_programacaoV4  

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

polícia

política

Cidades

ESPORTES

Saúde

É Direito

MAIS LIDAS DA SEMANA