Cidades

13 cidades de MT têm nível muito alto de contaminados por coronavírus, aponta governo

Publicados

em

Treze cidades de Mato Grosso estão com nível muito alto de pessoas contaminadas por coronavírus (Covid-19).

O levantamento conta no boletim de Secretaria Estadual de Saúde (SES) dessa quarta-feira (17).

O levantamento aplica o sistema de classificação de grau de risco de Covid-19 para cada município.

 O método, criado pelo governo de Mato Grosso, foi divulgado na semana passada.

Constam na lista de municípios com nível muito alto de risco:

  • Alta Floresta
  • Cáceres
  • Cuiabá
  • Nossa Senhora do Livramento
  • Nova Mutum
  • Pontes e Lacerda
  • Porto Esperidião
  • Primavera do Leste
  • Rondonópolis
  • Sinop
  • Sorriso
  • Tangará da Serra
  • Várzea Grande

Por meio da classificação, será possível avaliar a situação de cada cidade e recomendar as medidas mais adequadas.

Seguindo o critério do sistema de risco, o governo orienta que esses municípios adotem – além das medidas já divulgadas como uso de máscara e evitar aglomeração – toque de recolher nas cidades, controle de entrada e saída de pessoas e restrição de funcionamento de estabelecimentos.

A SES registrou, até esta quarta-feira (17), 272 mortes por Covid-19 no estado e 7.361 casos confirmados da doença.

Leia Também:  Diamantino - Deciolândia prepara expansão habitacional com a construção de casas populares

Cuiabá e Várzea Grande, que aparecem na lista com nível alto de contaminados, também lideram o ranking de mortes com 71 e 57 casos, respectivamente.

Cuiabá contabiliza 2 mil moradores infectados, enquanto Várzea Grande registra 628 casos.

Mato Grosso tinha uma situação relativamente favorável em relação a outros estados em meio à pandemia do novo coronavírus. Recentemente começou a retomada das atividades econômicas, no entanto, em um mês, os casos e mortes pela doença se multiplicaram 10 vezes.

G1
COMENTE ABAIXO:

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Cidades

Sábado (12): Mato Grosso registra 427.572 casos e 11.390 óbitos por Covid-19

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste sábado (12.06), 427.572 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 11.390 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 1.001 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 427.572 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 13.788 estão em isolamento domiciliar e 400.171 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 478 internações em UTIs públicas e 352 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 90,19% para UTIs adulto e em 39% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (89.250), Rondonópolis (31.210), Várzea Grande (29.177), Sinop (20.758), Sorriso (14.750), Tangará da Serra (14.607), Lucas do Rio Verde (13.090), Primavera do Leste (10.954), Cáceres (9.221) e Alta Floresta (8.131).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Leia Também:  Escola Estadual antecipa entrega de kits de alimentação para 200 estudantes

O documento ainda aponta que um total de 345.418 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 787 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na sexta-feira (11.06), o Governo Federal confirmou o total de 17.296.118 casos da Covid-19 no Brasil e 484.235 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 17.210.969 casos da Covid-19 no Brasil e 482.019 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados deste sábado (12.06).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

Leia Também:  MT Hemocentro divulga agenda de campanhas de doações para o mês de junho

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

polícia

política

Cidades

ESPORTES

Saúde

É Direito

MAIS LIDAS DA SEMANA