Cidades

Primeira-dama de Cuiabá faz acordo com MPE por improbidade após uso de carro oficial para ir a clínica de estética

Publicados

em

Primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro usou carro da prefeitura para ir a clínica de estética. — Foto: Divulgação/Secom-Cuiabá

A primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro, fez um acordo com o Ministério Público do Estado e vai pagar multa de R$ 2.424,39 por ter usado um carro oficial da prefeitura para ir a uma clínica de estética, em março deste ano, na capital. O MPE considerou o ocorrido como ato de improbidade administrativa que causa enriquecimento ilícito e atenta contra os princípios da administração pública.

Procurada, a assessoria da primeira-dama disse que não vai se manifestar sobre o assunto.

O caso ocorreu no dia 11 de março de 2021. Márcia estava em uma Toyota Hilux que foi roubada no momento em que ela chegava a uma clinica de estética no bairro Duque de Caxias. Depois do ocorrido, o Ministério Público começou a investigar o uso de veículo oficial pela primeira-dama sem a permissão normativa e supostamente de forma indevida.

Na ocasião, a primeira-dama disse que foi ao local para fechar uma parceria para um projeto social do qual era coordenadora e que depois iria pra a Secretaria Municipal de Saúde. Porém, uma funcionária da clínica informou que Márcia estava ali para compromisso particular.

Leia Também:  Morador reage, toma arma e mata assaltante a tiros em fazenda

O Acordo de Não Persecução Cível foi firmado no dia 26 de julho com a 9ª Promotoria de Justiça Cível de Cuiabá, representada pelo promotor Marcos Regenold. O documento, ao qual o G1 teve acesso nesta terça-feira (14), é sigiloso.

O acordo prevê devolução de valores e a primeira-dama se comprometeu a pagar meia diária de carro alugado e mais 1/3 de tanque de combustível de 55 litros, somando R$ 224,39, e multa de dois salários-mínimos (totalizando R$ 2.200): pela conduta contra os princípios da administração pública e conforme consta da Resolução 808/2020 do MPE-MT sobre parâmetros a serem observados para a celebração desse tipo de acordo .

Fonte: G1 Mato Grosso

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Cidades

Terça-feira (28): Mato Grosso registra 535.839 casos e 13.793 óbitos por Covid-19

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta terça-feira (28.09), 535.839 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 13.793 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 884 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 535.839 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 3.168 estão em isolamento domiciliar e 518.139 estão recuperados.

A Classificação de Risco por município e o Ranking da Vacinação em Mato Grosso serão publicados no boletim desta quarta-feira (28.09).

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 101 internações em UTIs públicas e 62 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 29,71% para UTIs adulto e em 10% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (110.884), Várzea Grande (38.049), Rondonópolis (37.678), Sinop (25.878), Sorriso (18.186), Tangará da Serra (17.705), Lucas do Rio Verde (15.598), Primavera do Leste (14.683), Cáceres (11.800) e Barra do Garças (10.561).

Leia Também:  Trio promove tiroteio e tenta matar jovem em bairro de Colíder

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.
O documento ainda aponta que um total de 404.835 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 85 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na segunda-feira (27.09), o Governo Federal confirmou o total de 21.366.395 casos da Covid-19 no Brasil e 594.653 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país tinha 21.351.972 casos da Covid-19 no Brasil e 594.443 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados desta terça-feira (28.09).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

Leia Também:  Sábado (06): Mato Grosso registra 260.760 casos e 5.993 óbitos

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;
– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
– Evitar contato próximo com pessoas doentes;
– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;
– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

polícia

política

Cidades

ESPORTES

Saúde

É Direito

MAIS LIDAS DA SEMANA