Polícia

Nua, jovem corre durante estupro e pede ajuda em motel de MT

Publicados

em

Foto por: Marcos Santos / USP Imagens

Jovem de 20 anos, que atua como garota de programa na cidade de Sinop (500 km ao Norte de Cuiabá), foi estuprada sem preservativo por um cliente, na noite de quarta-feira (14). Sendo ameaçada, ela conseguiu correr nua até pedir socorro em um motel da cidade. O suspeito não foi localizado.

De acordo com as informações, vítima foi contou que foi contratada para um programa via aplicativo de relacionamento e que por volta das 23h, o suposto cliente chegou para busca-la em sua casa.

De lá, foram até a casa do suspeito, onde ele afirmou que chegaram outras pessoas e que, por isso, teriam que ir para outro local. O casal foi até uma empresa, onde durante o ato sexual, o cliente ficou agressivo.

Segundo a vítima, ela foi enforcada, teve seu cabelo puxado e ameaçada, o suspeito dizia que não era para ela olhar no rosto dele. Momento em que ela percebeu que ele tirou o preservativo para cometer o estupro.

Leia Também:  Vereador Arnildo quer espaço para Ciclistas na descida da Serra de Diamantino

Quando percebeu que ele estava menos agitado, fugiu nua do local. O agressor chegou a perseguir a vítima, mas acabou caindo. Ela correu até um motel, onde pediu ajuda para os funcionários. PM foi acionada, encaminhou a jovem para o Hospital Regional. O agressor não foi preso.

 

Fonte: Gazeta Digital
COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Polícia

Polícia Civil prende autor de furto de R$ 1,6 mil de dentro de bolsa de cliente em supermercado atacadista

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

O furto de uma expressiva quantia de dinheiro de dentro da bolsa de cliente em um supermercado atacadista foi esclarecido pela Polícia Civil, no sábado (08.05), logo após a vítima procurar a Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande (Derf-VG). Um funcionário terceirizado foi identificado como autor do crime e foi autuado em flagrante pelo furto.

As investigações iniciaram quando a vítima de 63 anos procurou a Derf-VG o furto de mais de R$ 1,6 mil de dentro de sua bolsa, ocorrido dentro do atacadista. Segundo a comunicante, ela estava no supermercado, quando retirou a bolsa do carrinho para organizar as compras e deixou em cima de um palet.

A bolsa foi devolvida no setor de perdidos e achados do supermercado, porém a quantia em dinheiro havia desaparecido. Com base nas informações, os policiais da Derf-VG foram até o atacadista, onde em análise das câmeras de segurança foi possível identificar o autor do furto como sendo um funcionários terceirizado que triabalha na empresa.

Leia Também:  Engenheiro agrônomo é assassinado com 4 tiros na cabeça

Nas imagens, ele aparece pegando a bolsa, ficando com ela por algum tempo, até que o corredor ficasse vazio, momento em que retirou algo de dentro dela e escondeu no bolso da roupa que usava. O próprio funcionário após cometer o furto devolveu a bolsa no setor de perdidos e achados do supermercado.

Diante das evidências, os policiais da Derf-VG realizaram diligências em busca do suspeito que foi preso em flagrante em posse de R$ 1.642 furtados da bolsa da vítima. O suspeito foi conduzido à delegacia, onde após ser interrogado pela delegada, Elaine Fernandes de Souza, foi autuado em flagrante pelo furto.

“A vítima agradeceu a equipe policial, afirmando que não poderia perder o dinheiro que havia acabado de sacar para efetuar o pagamento semanal dos seus funcionários, assim como outras contas do seu comércio”, disse a delegada.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

polícia

política

Cidades

ESPORTES

Saúde

É Direito

MAIS LIDAS DA SEMANA