Polícia

Moradores relatam gritos e tiros em local utilizado como tribunal do crime e cemitério clandestino

Publicados

em

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

O terreno alvo de buscas da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), na região do Parque do Lago, em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá), onde estariam enterrados os corpos de pelo menos três pessoas, também seria utilizado como o tribunal do crime. Diversos vestígios foram encontradas pelos arredores, mas o paradeiro das supostas vítimas ainda segue um mistério.

“É uma área onde nós sabemos que os criminosos utilizam tanto para praticar os denominados ‘salves’ [sessões de espancamento], como também para esconder material ilícito. Na semana passada, localizamos um corpo na região, assim também como no ano passado. Temos suspeita e informações de que existem mais restos mortais enterrados”, pontuou em entrevista exclusiva ao Olhar Direto o delegado titular da DHPP, Fausto Freitas.

Relatos colhidos pela reportagem no local apontam para diversas execuções que teriam acontecido ao longo do tempo.

“Durante a noite, o movimento aqui na região é bastante grande. A gente escuta e vê passando carro, moto, caminhonete nessa região. São comuns os gritos de socorro, barulhos de tiro”, disse uma pessoa que preferiu não se identificar.

Leia Também:  Polícia prende mulher que foi condenada a 26 de prisão por morte de empresário em MT e estava foragida
A Polícia Civil encontrou um local limpo, em meio a mata fechada, que serviria como o tribunal do crime. No ponto, embaixo de uma grande árvore, existe até uma espécie de banco improvisado.

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Fonte: OlharDireto
COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Polícia

Ação conjunta apreende drogas, arma e pescado irregular em Nova Xavantina

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

Uma ação conjunta realizada pela Polícia Civil e Polícia Militar de Nova Xavantina, na sexta-feira (16.04), com objetivo de combater o tráfico de drogas no município, resultou  em três pessoas presas em flagrante e na apreensão de armas, drogas e pescado irregular.

Durante investigações do tráfico de drogas na cidade, as equipes policiais realizavam diligências para localizar um suspeito que utiliza o seu veículo para o transporte de entorpecentes e abastecimento de bocas de fumo na cidade.

Com informações de que o investigado estaria em um ponto específico de venda de drogas na cidade, os policiais foram até o local, conseguindo realizar a abordagem do suspeito, que de imediato foi flagrado com porções de entorpecentes no interior do veículo.

Em continuidade as diligências, os policiais realizaram o adestramento na boca de fumo, onde localizaram porções de maconha e de pasta base de cocaína, um revólver calibre 38, 29 munições, sendo 11 calibre 38 e 18 calibre 22, além de pescado irregular e vários apetrechos de pesca ilegal, como redes e espinhel.

Leia Também:  Gasolina chega a R$ 6,70 e etanol R$ 4,80 em cidade de MT

Diante dos fatos, três pessoas foram conduzidas à Delegacia de Nova Xavantina e após serem interrogadas foram autuadas em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico, posse ilegal de arma de fogo e munições e crime ambiental.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

polícia

política

Cidades

ESPORTES

Saúde

É Direito

MAIS LIDAS DA SEMANA