Polícia

Homem mata gerente com 20 facadas após seguir esposa e desconfiar de traição

Homicídio aconteceu na manhã deste sábado (16), no Centro de Campo Novo dos Parecis (MT)

Publicados

em

Foto por: Reprodução

Um homem de 38 anos, identificado como Leandro Alves de Teles, foi morto na manhã deste sábado (16), no Centro de Campo Novo do Parecis (MT). De acordo com boletim de ocorrência, o suspeito desconfiava que a esposa tinha um caso com a vítima.

Leandro, que trabalhava como gerente, foi morto com mais de 20 facadas e o crime foi registrado por câmeras de seguranças instaladas na rua. As imagens são fortes e mostram o suspeito correndo atrás da vítima com uma faca.

Em seguida, Leandro aparece novamente já cambaleando e cai em frente a uma loja do município.

Mesmo com a vítima já caída, o suspeito continua dando as facadas.

Conforme a Polícia Militar, o homem seguiu a esposa na manhã deste sábado (16) quando teria visto ela e Leandro conversando.

Depois de esfaquear a vítima, o suspeito fugiu do local, mas foi preso em flagrante momentos depois de cometer o crime.

A Polícia Civil vai investigar o homicídio.

 

 

 

Fonte: G1-MT

 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Em um dia, PM flagra 52 aglomerações e aplica R$ 33 mil em multas
Propaganda

Polícia

Nota de esclarecimento – Diretoria da Polícia Civil 

Publicados

em


Em relação à entrevista concedida à Televisão Centro América, nesta terça-feira (30.11), pelo delegado titular da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Cuiabá, a Polícia Civil reitera que as declarações do profissional não refletem a opinião e posicionamento desta instituição em relação ao Poder Judiciário e seus integrantes.

A Polícia Civil reafirma a relação institucional harmônica com o Judiciário mato-grossense, com quem vem desenvolvendo diversos projetos, a exemplo, do SOS Mulher e Botão do Pânico de atendimento a vítimas de violência doméstica, que se tornaram mais uma ferramenta para o acolhimento e proteção às mulheres de Mato Grosso.

A Diretoria da Polícia Civil destaca a contribuição do Judiciário no fortalecimento da instituição policial, a fim de que os serviços essenciais de investigação criminal possam ser continuamente prestados com a melhor qualidade à sociedade mato-grossense.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Ônibus escolar é apreendido em operação de freios da PRF
Continue lendo

polícia

política

Cidades

ESPORTES

Saúde

É Direito

MAIS LIDAS DA SEMANA