Polícia

Autor de roubos cometidos na região nordeste de MT tem prisão cumprida no Tocantins

Publicados

em

Um foragido da Justiça de Mato Grosso, investigado por vários crimes de roubo em Confresa e Porto Alegre do Norte  no ano de 2014, foi preso na sexta-feira (24.06), no Tocantins (TO), após troca de informações entre as Polícias Civil dos dois Estados.

A ação integrada foi deflagrada como operação Ámon, que tem o nome com origem no grego, que quer dizer “o oculto”, “o escondido”.

O suspeito de 27 anos estava com a prisão preventiva decretada pela Justiça, e acabou tendo o paradeiro identificado pelos policiais civis do Núcleo de Inteligência da Delegacia Regional de Confresa em conjunto com a Delegacia de Porto Alegre do Norte.

Diante das informações referentes a suposta localização do procurado no Estado do Tocantins, foi solicitado apoio a Polícia Civil que em parceria com a Polícia Militar efetuaram a prisão do suspeito no município de Xambioa (TO).

Conforme apurado, em 2014 foram mais de 17 ocorrências de roubos em comércios da região nordeste de Mato Grosso, cometidas sempre com o mesmo modus operandi e por meio de armas de fogo, sendo submetralhadora 9 milímetros e espingarda calibre 12.

Leia Também:  Copa do Nordeste: Náutico vence Botafogo-PB nos pênaltis para avançar

Os principais alvos eram estabelecimentos como farmácias e mercados. Os autores chegavam em uma motocicleta e durante o roubo ficavam de capacetes para dificultar a identificação.

Após o cumprimento do mandado de prisão, o suspeito foi apresentado e colocado à disposição do Poder Judiciário.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Polícia

Maconha é apreendida na BR 364 em Rondonópolis

Publicados

em

Na tarde de ontem (09), a Polícia Rodoviária Federal apreendeu cerca de 30 kg de maconha em um ônibus.

A ocorrência aconteceu na BR 364, município de Rondonópolis, quando um ônibus foi parado para fiscalização.

Durante a verificação dos passageiros, uma mulher apresentou bastante inquietação e nervosismo e a todo momento entrava em contradição a respeito da viagem, o que gerou suspeita por parte da equipe policial.

Indagada se possuía bagagens, informou que não possuía, porém estava em posse de tickets de bagagem despachada. Com isso, foi realizada uma busca com o cão de faro no compartimento externo, o qual indicou presença de ilícitos ao farejar duas malas.

Ao verificar a identificação das bagagens, constatou-se que a numeração dos tickets eram iguais às da passageira que tinha sido fiscalizada inicialmente.

Em virtude disso, os policiais abriram as malas pertencentes à passageira e encontraram a quantidade de 38 tabletes de droga, pesando um total de 30 kg de maconha.

Perguntada sobre o ilícito, a mulher afirmou ter pego em Foz do Iguaçu e entregaria na cidade de Rio branco/AC.

Leia Também:  PM lamenta o falecimento do cabo Reinaldo Jorge Magalhães

Diante dos fatos, a passageira foi detida, a princípio, pelo crime de tráfico e foi encaminhada à Delegacia de Polícia Judiciária Civil de Rondonópolis

Fonte: PRF MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

polícia

política

Cidades

ESPORTES

Saúde

É Direito

MAIS LIDAS DA SEMANA