Esportes

Tricolor vence o Juventude em Barueri e avança para as oitavas da Copa do Brasil

Publicados

em

O São Paulo está classificado para as oitavas de final da Copa do Brasil! Nesta quinta-feira (12), o Tricolor superou o Juventude por 2 a 0 na Arena Barueri, no jogo de volta da terceira fase. Os gols foram marcados por Arboleda e Igor Vinicius.

CONFIRA MAIS FOTOS DO JOGO NO FLICKR

Como o primeiro embate havia terminado em 2 a 2, o resultado assegurou a vaga. O adversário da próxima fase sairá por meio de um sorteio.

Enquanto aguarda as definições da Copa do Brasil, o time de Rogério Ceni terá compromissos do Brasileirão e da CONMEBOL Sudamericana. O próximo jogo será no domingo, às 16h, no Morumbi, recebendo o Cuiabá pelo torneio nacional.

Para se classificar nesta quinta-feira, o São Paulo adotou uma postura ofensiva desde o início, tendo as principais oportunidades de gol da primeira etapa.

As redes foram balançar aos 27 minutos, quando Igor Vinicius cobrou escanteio e encontrou Arboleda, que cabeceou para o fundo do gol.

No segundo tempo, o Tricolor manteve o controle do jogo e conseguiu marcar mais uma vez. Aos 22 minutos, Igor Vinicius carregou a bola para a entrada da área, encontrou espaço e finalizou no canto esquerdo para concretizar o triunfo.

Leia Também:  Talleres dá exemplo, limpa vestiário do Morumbi e deixa recado ao São Paulo

SÃO PAULO 2 X 0 JUVENTUDE
Local: Arena Barueri, em Barueri (SP)
Data: 12/05/2022 (quinta-feira)
Horário: 19h30
Transmissão: Amazon Prime Video

SPFC: Jandrei; Diego Costa, Arboleda (Patrick, intervalo) e Léo; Igor Vinícius, Gabriel (Luan, intervalo), Igor Gomes, Alisson (Marquinhos, 16/2) e Reinaldo; Eder (Luciano, 16/2) e Calleri (Rigoni, 33/2). Técnico: Rogério Ceni

Gols: Arboleda, 28/1; Igor Vinícius, 24/2

ECJ: César; Paulo Henrique, Vitor Mendes, Paulo Miranda e William Matheus (Busanello, 14/2); Yuri Lima, Jadson (Pitta, 14/2) e Darlan (Oscar Ruíz, intervalo); Chico, Vitor Gabriel (Ricardo Bueno, 37/2) e Guilherme Parede (Paulinho Moccelin, intervalo). Técnico: Eduardo Baptista

Cartões amarelos: Calleri, 19/1; Jadson, 37/1; Arboleda, 41/1; Patrick, 28/2; Luan, 46/2

Público: 14.806 pagantes
Renda: R$ 534.723,00
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio
Assistente 1: Bruno Boschilia
Assistente 2: Vinícius Furlan

fonte: http://www.saopaulofc.net/noticias/noticias/copa-do-brasil/2022/5/12/tricolor-vence-o-juventude-em-barueri-e-avanca-para-as-oitavas-da-copa-do-brasil

COMENTE ABAIXO:

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esportes

Procuradoria do STJD denuncia Cruzeiro e Grêmio por cantos homofóbicos

Publicados

em

Cruzeiro e Grêmio foram denunciados nesta segunda-feira (23),  pela Procuradoria de Justiça Desportiva, por cantos discriminatórios entoados por torcedores no último dia 8, na vitória do time mineiro por 1 a 0, pela sexta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, realizada no Estádio Independência, em Belo Horizonte. A Raposa também foi denunciada por não prevenir e reprimir o arremesso de objetos no campo. A sessão de julgamento será às 13h (horário de Brasília) da próxima segunda-feira (30), com transmissão ao vivo no site do STDJ.

Quem mais pode se prejudicar com a denúncia é o Cruzeiro. Entre as penas previstas no Código Brasileiro de Justiça Desportivo (CBJD) – parágrafo 1º do artigo 243-G – o time vitorioso pode perder os três pontos previstos no regulamento da competição se comprovada a infração cometida “simultaneamente por considerável número de pessoas vinculadas a uma mesma entidade de prática desportiva”.

Em nota, a Procuradoria afirmou que recebeu notícias de infração (NI) denunciando cantos homofóbicos entoados tanto por torcedores do Cruzeiro (Arerê, Gaúcho dá o c* e fala tchê), quanto por tricolores (Maria joga vôlei). 

Leia Também:  Palmeiras supera santos no Allians parque por 1 a 0 e segue único invicto no Paulista

O artigo 243-G do CBJD trata da prática de ato discriminatório, desdenhoso ou ultrajante, relacionado a preconceito em razão de origem étnica, raça, sexo, cor, idade, condição de pessoa idosa ou portadora de deficiência. A pena varia de suspensão de cinco a dez partidas – se praticada por atleta, mesmo se suplente, treinador, médico ou membro da comissão técnica – a  suspensão pelo prazo de 120 a 360 dias,  por qualquer outra pessoa. Além disso, o clube pode receber multa de R$ 100 a R$ 100 mil. Já os torcedores infratores que forem identificados “ficarão proibidos de ingressar na respectiva praça esportiva pelo prazo mínimo de setecentos e vinte dias”, de acordo com o que prevê o parágrafo 2º do artigo 243-G.

Na súmula da partida Cruzeiro x Grêmio, o árbitro Flávio Rodrigues de Souza relatou o arremesso de objetos no gramado.

“Cumpro informar que aos 27 minutos do primeiro tempo, após a marcação do gol da equipe do Cruzeiro SAF, foi arremessado dois copos de cervejas dentro do campo de jogo, um no meio de campo próximo onde se encontrava o banco de reservas da equipe do Grêmio RS e outro atrás do gol da equipe visitante próximo aos fotógrafos. Informo ainda que ambos vieram de onde se encontrava a torcida do Cruzeiro SAF”, escreveu o juíz 

Leia Também:  Fluminense acerta a contratação de Fábio

O artigo 213 do CBJD preve multa de R$ 100 a R$ 100 mil quando se “deixa de tomar providências capazes de prevenir e reprimir o lançamento de objetos no campo ou local da disputa do evento desportivo”.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

polícia

política

Cidades

ESPORTES

Saúde

É Direito

MAIS LIDAS DA SEMANA