Educação

Estudante brasileira de 22 anos recebe reconhecimento da NASA por descoberta de 25 novos asteroides

Publicados

em

Estudante de Medicina na Universidade de São Paulo, Verena Paccola buscava uma distração dos estudos durante a pandemia para “não bitolar”. Com 22 anos de idade, ela não fazia ideia que a inscrição despretensiosa em um treinamento on-line da Nasa sobre Astronomia garantiria a ela um reconhecimento que muita gente que trabalha com Ciência sonha em receber: o atestado da Agência Espacial Americana de que descobriu, por meio de suas pesquisas científicas, 25 novos asteroides no espaço.

O feito veio com a ajuda do programa Caça Asteroides, que disponibiliza mundo afora o software Astrometrica, da Nasa, para ajudar jovens cientistas – ou simpatizantes, como Verena – a aprimorar suas pesquisas espaciais.

No Brasil, a iniciativa tem o apoio do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações e também levou a pequena Nicole Oliveira, de 8 anos, a identificar 7 novos asteroides no espaço, além de ganhar o título de pessoa mais nova do mundo a integrar o programa da Nasa de descobertas astronômicas.

Agora Verena espera a oficialização de sua descoberta para nomear os 25 novos asteroides que descobriu – um deles, inclusive, classificado pela Agência Espacial como “merecedor de atenção especial”, por ter características que indicam que, no futuro, poderia colidir com nosso planeta. Para, pelo menos, uma das descobertas, a jovem já tem reservado um nome especial: o de sua avó, que segundo ela é uma das maiores fãs de seu trabalho.

Leia Também:  Onça-pintada domesticada por fazendeiro de MT é destinada para recinto do Instituto Nex

E por falar em trabalho… A estudante de Medicina fazia planos de se especializar em Neurocirurgia, mas a experiência com o software da Nasa foi tão marcante para ela que já considera misturar as duas paixões, aprimorando-se, por exemplo, em Medicina Espacial. Voa, Verena!

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Educação

Inscrições para o edital FIA do Itaú Social vão até 29 de julho

Publicados

em

Interessados em inscrever projetos sociais que contribuam para a garantia de direitos de crianças e adolescentes têm até às 18h do dia 29 de julho para fazer as inscrições para o edital fundos da Infância e da Adolescência (FIA), do Itaú Social.

Cada projeto pode receber até R$ 250 mil. As inscrições podem ser feitas no site da instituição. Em 2021, o edital distribuiu cerca de R$ 13,3 milhões para 56 projetos sociais em 15 estados, em todas as regiões do país.

Segundo o Itaú Cultural, os conselhos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCAs) de todo o país, que são os responsáveis pela gestão dos Fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente, devem selecionar e inscrever propostas que contribuam para promover a proteção, apoio e desenvolvimento integral de crianças. As inscrições são abertas para CMDCAs que tenham o Fundo Municipal da Criança e Adolescente ativo em seu município.

Serão selecionados projetos que fomentem a garantia do direito à educação, por meio de atividades que ofereçam o acesso a conteúdos de qualidade; atuem pela promoção da vida e saúde, com ações de combate à fome e apoio nos cuidados à saúde física e mental; assim como iniciativas de enfrentamento e prevenção de direitos, que busquem impedir situações de violência como o trabalho infantil e que acolham crianças em situação de rua.

Leia Também:  'Este é um governador diferenciado, que fazem as coisas acontecerem,' afirma prefeito de colíder MT em inauguração de nova ala do Hospital Regional

“Após um longo período de enfrentamento à covid-19, esperamos que esta nova edição do Edital FIA contribua para fortalecer os CMDCAs e as organizações atuantes nos municípios, para que continuem firmes no papel de assegurar a implementação de políticas públicas, visando a proteção e promoção dos direitos de crianças e adolescentes em seus respectivos territórios”, destacou a gerente de Fomento do Itaú Social, Camila Feldberg.

Nesta edição serão considerados prioritários 204 municípios brasileiros relacionados entre os com maior grau de vulnerabilidade. A lista dessas cidades está disponível no regulamento do edital.

O anúncio dos projetos selecionados está previsto para janeiro de 2023. Em caso de dúvidas sobre o processo de inscrição, os interessados podem entrar em contato no telefone (11) 97639-6455 ou pelo e-mail [email protected]

Matéria alterada às 11h45 do dia 23/5 para correção no título e no primeiro parágrafo. O fundo FIA é uma iniciativa do Itaú Social e não Itaú Cultural, como informado inicialmente.

Edição: Denise Griesinger

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

polícia

política

Cidades

ESPORTES

Saúde

É Direito

MAIS LIDAS DA SEMANA