Agro Notícias

CNA discute ações para aquicultura em 2022

Publicados

em

Brasília (13/05/2022) – A Comissão Nacional de Aquicultura da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) realizou a primeira reunião de 2022 na sexta (13). O novo presidente da Comissão, Francisco Hidalgo Farina, e o vice, Tom Prado, foram apresentados aos participantes.

“Temos uma responsabilidade enorme pela frente. Vamos dar continuidade ao trabalho que já vinha sendo feito e batalhar pelo desenvolvimento da cadeia, atendendo às demandas de todos que estão envolvidos, sejam produtores de peixe, pescado, moluscos ou camarão”, afirmou Farina.

O objetivo do encontro foi definir as ações do colegiado. A coordenadora de Produção Animal da CNA, Lilian Azevedo Figueiredo, explicou o plano de ação para este ano e as atividades realizadas até o momento.

Entre as principais ações para 2022 estão: revogação da IN 04/2014 (nota fiscal do pescado); regulamentação da agroindústria de pequeno porte para o beneficiamento do pescado; e simplificação do modelo de licenciamento ambiental para aquicultura.

O consultor técnico da Comissão de Aquicultura, Eduardo Ono, fez uma apresentação sobre os resultados preliminares da parceria entre CNA e a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura no Brasil (FAO) para a regulamentação de padrões mínimos de qualidade de rações para a aquicultura no Brasil.

Leia Também:  Comissão Nacional do Café discute ações para 2022

Eduardo Ono também mostrou um panorama do mercado e conversou sobre as perspectivas macroeconômicas para o setor aquícola. Ele trouxe dados relacionados à produção, consumo e comércio mundiais. Além disso, destacou os principais fatores que afetam a competitividade do País: insumos, custos logísticos, eficiência produtiva, mercado e custo Brasil.

O encontro contou, ainda, com a participação da pesquisadora da Embrapa Pesca e Aquicultura, Lícia Lundstedt; da assessora técnica da CNA, Elena Castellani; e de representantes de Federações e entidades do setor.

Assessoria de Comunicação CNA
Foto: Wenderson Araujo
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil
youtube.com/agrofortebrasilforte

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Agro Notícias

ETANOL/CEPEA: Ainda sem tendência definida, hidratado volta a cair em SP

Publicados

em

Cepea, 24/5/2022 – Os preços dos etanóis hidratado e anidro seguem oscilando no mercado spot do estado de São Paulo. Entre 16 e 20 de maio, o Indicador CEPEA/ESALQ do hidratado fechou a R$ 3,3469/litro, recuo de 0,35% frente ao da semana anterior. Já no caso do anidro, houve alta de 0,61% no mesmo comparativo, com o Indicador CEPEA/ESALQ fechando em R$ 3,8811/litro. Vale lembrar que, no período anterior, os movimentos desses Indicadores foram o oposto, com alta para o hidratado e queda para o anidro. De modo geral, os preços dos etanóis hidratado e anidro seguem sem tendência definida neste começo da temporada 2022/23. Ainda assim, os patamares atuais de ambos os biocombustíveis estão superiores aos do mesmo período de anos anteriores. Fonte: Cepea (www.cepea.esalq.usp.br)

Fonte: CEPEA

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  CDR discute perspectivas para turismo de cruzeiros no pós-pandemia
Continue lendo

polícia

política

Cidades

ESPORTES

Saúde

É Direito

MAIS LIDAS DA SEMANA