Polícia

Polícia vai investigar denúncia de furtos de equipamentos na Santa Casa de Cuiabá

Publicados

em

A Polícia Civil abriu um inquérito para investigar uma denúncia de furtos de equipamentos na Santa Casa de Cuiabá. A investigação deve ficar sob responsabilidade da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos.

Segundo a polícia, a direção da unidade não fez comunicação formal do furto por meio de boletim de ocorrência. O inquérito foi aberto com base na notícia crime.

O procedimento foi instaurado depois que o novo diretor da unidade, Luis Felipe Saboia, afirmou em uma publicação no Facebook que iria apurar a situação.

Na internet, Saboia disse que deve inspecionar pessoalmente o centro cirúrgico.

“Existem denúncias de rapinagem no Centro Cirúrgico, principalmente em nossas preciosas caixas cirúrgicas. No centro radiológico sumiram equipamentos. Está limpo, isto é, sem equipamentos”, diz trecho da publicação.

A crise na Santa Casa se agravou em novembro do ano passado, quando os funcionários da entidade filantrópica entraram em greve pela falta de pagamento de salários.

Por causa de uma crise financeira, a unidade está há pouco mais de um mês com as portas fechadas.

Leia Também:  Justiça Federal sequestra 11 fazendas no Mato Grosso

G1 MT

COMENTE ABAIXO:

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Polícia

Mulher é presa em flagrante por receptação; com ela foi encontrado carro roubado em Goiás

Publicados

em


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

Uma mulher de 33 anos foi presa em flagrante pela Polícia Civil, na tarde desta segunda-feira (12) em Rondonópolis, pelo crime de receptação.  A equipe da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Rondonópolis identificou um endereço no Residencial Magnólia, onde possivelmente estaria escondido um veículo modelo sedan roubado em dezembro do ano passado, na cidade de Santa Rita do Araguaia (GO).

Na residência monitorada mora M.C.G.P., 33 anos, esposa de um presidiário recluso na Penitenciária de Rondonópolis.

Com as informações coletadas, os investigadores da DERF foram ao endereço e confirmaram que o caro de fato era o veículo roubado, um modelo GM Cruze, conforme número do chassi, porém, a placa afixada no carro era de um veículo com número de chassi divergente.  

Questionada sobre o veículo, a mulher informou aos policiais que teria guardado o carro a pedido de uma familiar. Ela disse ainda que o veículo estava circulando normalmente e alegou que não tinha conhecimento de que era produto de crime.

Leia Também:  Polícia acha fuzis e submetralhadora ao checar denúncia contra suposto membro de facção em MT

No interior da casa, os policiais apreenderam um caderno com anotações de valores vultosos recebidos de membros de uma organização criminosa. Indagada sobre as anotações, ela disse incialmente desconhecer o que eram os números e depois alegou se tratar de empréstimos que havia tomado com agiotas.

Ela foi detida e encaminhada à sede da DERF, onde foi autuada em flagrante pelo delegado Santiago Rozendo Sanches.

O delegado informou que a suspeita já tem passagem criminal, com uma condenação por tráfico pela Comarca de Ponta Porã (MS). Ele encaminhou representação ao Poder Judiciário pela conversão da prisão em flagrante em prisão preventiva.

Após os procedimentos policiais, a mulher foi encaminhada para a unidade prisional feminina de Rondonópolis.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

polícia

política

Cidades

ESPORTES

Saúde

É Direito

MAIS LIDAS DA SEMANA