Polícia

Polícia localiza R$ 150 mil em defensivos agrícolas em MT

Publicados

em

Mais uma grande quantidade de defensivos agrícolas de origem ilícita foi encontrada pela Polícia Civil nesta quinta-feira (08.04), no município de Diamantino (208 km a médio-norte de Cuiabá), em continuidade ao trabalho investigativo da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCC0).

O material, avaliado em aproximadamente R$ 150 mil, foi encontrado escondido em uma região de mata, nas proximidades da fazenda que foi alvo da operação realizada na última terça-feira pela gerência.

Na ocasião, a equipe da GCCO apreendeu aproximadamente seis mil litros de defensivos agrícolas roubados de uma fazenda do município de Sapezal no dia 08 de março.

Em continuidade as investigaões, na manhã desta quinta-feira (08), os policiais da GCCO receberam informações de que haveria mais produtos de origem ilícita abandonados em uma região de mata nas proximidades da fazenda.

Com base na denúncia, as equipes foram até o local e conseguiram realizar a apreensão dos produtos. Ainda não é possível afirmar a origem do produto e se foi subtraído de alguma propriedade da região.

Leia Também:  Preso é suspeito de oferecer R$ 20 mil a agente penitenciário para conseguir celular em MT

Segundo o delegado da GCCO, Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, há indícios de que parte do defensivo encontrado seja falsificado e outra parte possivelmente roubado de alguma fazenda da região.

“As investigações estão bem avançadas para identificar e prender esse grupo criminoso que vem atuando na região de Diamantino, Sapezal, Campo Novo e outras cidades do interior. O material apreendido será trazido para Cuiabá e vamos checar lote por lote e confrontar com registros de ocorrências de furtos ou roubos na região”, disse.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Polícia

Polícia Civil prende autor de furto de R$ 1,6 mil de dentro de bolsa de cliente em supermercado atacadista

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

O furto de uma expressiva quantia de dinheiro de dentro da bolsa de cliente em um supermercado atacadista foi esclarecido pela Polícia Civil, no sábado (08.05), logo após a vítima procurar a Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande (Derf-VG). Um funcionário terceirizado foi identificado como autor do crime e foi autuado em flagrante pelo furto.

As investigações iniciaram quando a vítima de 63 anos procurou a Derf-VG o furto de mais de R$ 1,6 mil de dentro de sua bolsa, ocorrido dentro do atacadista. Segundo a comunicante, ela estava no supermercado, quando retirou a bolsa do carrinho para organizar as compras e deixou em cima de um palet.

A bolsa foi devolvida no setor de perdidos e achados do supermercado, porém a quantia em dinheiro havia desaparecido. Com base nas informações, os policiais da Derf-VG foram até o atacadista, onde em análise das câmeras de segurança foi possível identificar o autor do furto como sendo um funcionários terceirizado que triabalha na empresa.

Leia Também:  Polícia Civil de MT cumpre mandados contra alvos de operação da polícia paranaense

Nas imagens, ele aparece pegando a bolsa, ficando com ela por algum tempo, até que o corredor ficasse vazio, momento em que retirou algo de dentro dela e escondeu no bolso da roupa que usava. O próprio funcionário após cometer o furto devolveu a bolsa no setor de perdidos e achados do supermercado.

Diante das evidências, os policiais da Derf-VG realizaram diligências em busca do suspeito que foi preso em flagrante em posse de R$ 1.642 furtados da bolsa da vítima. O suspeito foi conduzido à delegacia, onde após ser interrogado pela delegada, Elaine Fernandes de Souza, foi autuado em flagrante pelo furto.

“A vítima agradeceu a equipe policial, afirmando que não poderia perder o dinheiro que havia acabado de sacar para efetuar o pagamento semanal dos seus funcionários, assim como outras contas do seu comércio”, disse a delegada.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

polícia

política

Cidades

ESPORTES

Saúde

É Direito

MAIS LIDAS DA SEMANA