GERAL

Governo diz que vai reativar 10 UTIs no Hospital Regional de Sinop (MT) para atender casos de Covid-19

O contrato com a empresa responsável já foi assinado e todos os trâmites devem ser finalizados em até 10 dias.

Publicados

em

Hospital Regional de Sinop — Foto: Mayke Toscano/Secom-MT

O Governo de Mato Grosso vai reativar, nos próximos dias, 10 Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) no Hospital Regional de Sinop, destinadas a atender casos de Covid-19. O contrato com a empresa responsável já foi assinado e todos os trâmites devem ser finalizados em até 10 dias.

O anúncio foi feito nesta terça-feira (23) pelo governador Mauro Mendes, após reunião com o deputado federal Juarez Costa, com o deputado estadual Dilmar Dal Bosco, com o secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, além de vereadores e lideranças do município.

Casos de Covid em MT

 

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) notificou 1.764 novas confirmações de Covid-19 e 43 mortes nas últimas 24 horas. O número de mortes em decorrência da doença é o maior desde agosto do ano passado.

Até a tarde desta terça-feira (23), foram 244.610 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 5.694 mortes em decorrência do coronavírus.

Dos 244.610 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 7.689 estão em isolamento domiciliar e 230.064 estão recuperados.

Leia Também:  Desigualdade salarial: no Google, eram os homens que recebiam menos

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 322 internações em UTIs públicas e 328 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 72,85% para UTIs adulto e em 37% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (52.362), Rondonópolis (18.531), Várzea Grande (15.491), Sinop (12.615), Sorriso (10.155), Tangará da Serra (9.854), Lucas do Rio Verde (9.207), Primavera do Leste (7.250), Cáceres (5.433) e Nova Mutum (5.013).

G1 MT
COMENTE ABAIXO:
Propaganda

GERAL

Preço da gasolina cai pela segunda vez neste ano após 9 altas consecutivas em MT

Publicados

em

Preços do combustível cai pela segunda vez neste ano — Foto: Gcom-MT

A Petrobras anunciou uma nova redução no valor cobrado pelo litro da gasolina nas refinarias. Esta é a segunda redução do ano após sucessivos reajustes. A redução é de 3,71%.

O preço médio de venda da gasolina passará a ser de R$ 2,59 por litro, queda de R$ 0,11. O preço do diesel passa a ser de R$ 2,75, queda de R$ 0,11 (-3,85%).

Segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o preço médio do litro da gasolina é comercializado em Cuiabá por R$ 5,65. Com a redução, deve voltar para a casa dos R$ 5,50.

Essa redução já está sendo aplicada nas refinarias e deve chegar para o consumidor até o final de semana.

Mesmo com essa segunda baixa, ao longo do ano, a alta do preço da gasolina continua sendo superior a 40%.

Fonte: G1 MT

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Desigualdade salarial: no Google, eram os homens que recebiam menos
Continue lendo

polícia

política

Cidades

ESPORTES

Saúde

É Direito

MAIS LIDAS DA SEMANA