GERAL

Acervo da Fundação Cultural ganha nova viola de Cocho

Publicados

em

Foto: Reprodução / Fundação Cultural Recebe Viola de Cocho

Com o intuito de manter viva a identidade musical e cultural de Diamantino, a Secretaria de Educação e Cultura recebeu a doação de uma viola de cocho que passa integrar o acervo e auxiliar nos futuros cursos e apresentações oferecidos com foco na manutenção cultural do município.

A doação foi feita pelo vereador Arnildo Neto e recebida pelos assessores Andressa Lavínia e André Luiz de Macedo.

A viola de cocho é um proeminente instrumento propagador das raízes culturais mato-grossense, toadas de Cururu e Siriri ecoam a importância do instrumento que possui um dossiê próprio elaborado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) sobre o modo de confecção para não provocar a descaracterização de sua sonoridade.

O Iphan sublinha que a preservação da viola de cocho está diretamente relacionada a fatores como a transmissão da tradição artesanal e musical; a preservação da capacidade humana de aprender e apreciar musicalidades diversas e alternativas, muitas vezes incompatíveis com o atual padrão de mercado da música popular veiculada pela mídia; a difusão do seu valor cultural por vários meios e, também, a preservação do patrimônio ambiental, imprescindível à continuidade do seu modo de produção tradicional.

Leia Também:  SINE de Diamantino-MT abre Vagas de Emprego no Município

No que diz respeito aos saberes ligados à confecção da viola de cocho e aos recursos naturais necessários, estão implícitas questões relacionadas tanto às condições de transmissão permanente da tradição artesanal, quanto àquelas que implicam no desenvolvimento continuado de planos de manejo sustentável das espécies vegetais que servem de matéria-prima, tendo em vista a preservação do patrimônio ambiental da região.

A visita gratuita ao acervo completo da Fundação Cultural de Diamantino está à disposição da população local e turistas para preservação da identidade do município.

Visitação

Local: Fundação Cultura (Em frente à Praça Major Caetano Dias – Centro Histórico)

Fonte: Assessoria

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

GERAL

Santuário se mobiliza para trazer novo elefante para MT

Publicados

em

FOTO DIVULGAÇÃO

O Santuário de Elefantes Brasil (SEB), localizado em Chapada dos Guimarães (67 km ao norte de Cuiabá), está se mobilizando mais uma vez para trazer um elefante para Mato Grosso. Dessa o beneficiado será o elefante Tamy. A campanha tem o objetivo de arracadar R$ 1,7 milhão para o transporte do animal e, em 3 meses da vaquinha virtual, já foram doados R$ 397 mil.

Tamy será o primeiro macho do local. Ele mora no Ecoparque de Mendonza, na Argentina. A campanha arrecada recursos para a vinda do elefante – que precisa de equimentos especiais – e também para construir uma moradia para os machosda espécie. Atualmente o santuário tem 5 elefantas.

Além de Tamy, os administradores do santuário também pretendem trazer no primeiro semestre de 2021 os elefantes Pocha, Guilhermina e Kenya, que estão no Ecoparque argentino. No entanto, o alto custo para o resgate e a construção do novo lar para os mamíferos – R$ 1.761.946 – tem adiado a chegada de Tamy.

Para ajudar na causa, o estúdio de tatuagem Tatto You, considerado um dos maiores de São Paulo, vai promover um Flash Day com 50% da renda revertida para o santuário, também com a intenção de ajudar na construção da primeira fase do habitat para machos asiáticos, que será a nova moradia de Tamy.

Thank you for watching

Leia Também:  Caminhonete com prefeito e assessor capota durante volta para município de MT após encontro com governador

Também está disponível o site https://vemtamy.elefantesbrasil.org.br/ para as doações. Os interessados em ajudar também pode fazer transferência bancária pela chave PIX  CNPJ 21.222.762/0001-02 ou na conta corrente 25781-1, agência 0393, banco Itaú (341).

 

 

 

FOLHA MAX

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

polícia

política

Cidades

ESPORTES

Saúde

É Direito

MAIS LIDAS DA SEMANA