Turismo

Hotel de Gramado tem o título de mais romântico do mundo; conheça

Publicados

em

Fachada do Hotel Valle D’Incanto, em Gramado (RS)
Divulgação/Valle D’Incanto

Fachada do Hotel Valle D’Incanto, em Gramado (RS)

O hotel mais romântico do mundo fica em Gramado (RS). Pelo menos é o que decidiram os viajantes do Tripadvisor, que garantiram ao  Valle D’incanto o prêmio “Traveller’s Choice: os melhores dos melhores” neste ano na categoria “Românticos”. Situado em uma rua calma da cidade, o hotel é bastante charmoso e aconchegante, além de ter suítes de cair o queixo.

Não apenas a hospedagem é romântica, mas também a história do hotel. O Valle D’incanto foi fundado pelo casal gaúcho Cris Endres e Fábio Noel há cerca de sete anos. De lá para cá, o desejo dos administradores de empresas de terem um negócio juntos se transformou na missão de levar mais romantismo para a vida de outros casais.

Inicialmente, a ideia era criar um hotel focado em casais que transmitisse a sensação de estar em Gramado, conta Cris. Quando o estabelecimento ainda estava sendo construído, porém, o casal fez uma viagem para a Itália que mudou um pouco o rumo das coisas. “Isso nos inspirou demais para trazer essa atmosfera da Toscana para o nosso hotel. Assim, pudemos trazer ainda mais características dessa colonização italiana de Gramado para atmosfera do Valle D’incanto”, afirma a empresária.

Jardim do Hotel Valle D’Incanto, em Gramado (RS)
Dimítria Coutinho/Portal iG

Jardim do Hotel Valle D’Incanto, em Gramado (RS)

Foi na Toscana que Cris foi pedida em casamento por Fábio, então trazer um pouco deste clima para o hotel faz todo o sentido para a empresária. Hoje, o Valle D’incanto é palco para pedidos de casamento, mini weddings e comemorações de datas especiais entre casais. “A gente gosta de passar para os nossos clientes as coisas boas que a gente vive”, conta.

O encanto está nas experiências

Desde o jardim com uma oliveira até as bicicletas estacionadas na porta do hotel, o clima italiano pode ser vivido por poucos casais. O hotel foi feito para ser exclusivo e personalizado e, por isso, tem apenas 36 suítes. E não há projeto para uma expansão, já que Cris admite que gostaria de atender menos pessoas por vez. “A gente gostaria de ter menos apartamentos para poder dar um atendimento ainda mais exclusivo”, afirma.

Jardim do Hotel Valle D’Incanto tem plantas típicas da Itália
Dimítria Coutinho/Portal iG

Jardim do Hotel Valle D’Incanto tem plantas típicas da Itália

Leia Também:  Pantanal: o que fazer em uma das maiores planícies alagadas do mundo

O que faz do Valle D’incanto o hotel mais romântico do mundo não são as instalações, mas sim as experiências. O estabelecimento é pequeno e não tem muitas áreas comuns, contemplando apenas um pequeno jardim, um spa e uma piscina – que só pode ser usada mediante reserva, para garantir que cada casal tenha privacidade ao utilizá-la.

Piscina do Hotel Valle D’Incanto só pode ser usada mediante reserva, para garantir intimidade
Dimítria Coutinho/Portal iG

Piscina do Hotel Valle D’Incanto só pode ser usada mediante reserva, para garantir intimidade

O foco está na forma como a equipe do hotel ajuda os casais a terem experiências inesquecíveis. Quer curtir um jantar intimista com a pessoa amada e escolher o cardápio? É possível. Quer organizar uma surpresa para o esposo ou esposa mas não sabe como? Os funcionários auxiliam. Vai pedir a namorado ou o namorado em casamento? Todos os detalhes podem ser organizados com a ajuda do hotel, até os registros do momento sem que a pessoa a ser surpreendida perceba. “Essas datas marcantes e especiais na vida dos casais acontecem muito ali no Valle D’incanto”, comenta Cris.

E é justamente essa atmosfera exclusiva e charmosa, com muito acolhimento por parte da equipe do hotel, que fez com que o hotel ganhasse o título de mais romântico do mundo. “O Valle D’incanto não seria o hotel que é hoje se não fosse o nosso time”, garante a empresária.

Suítes encantadoras

Principal suíte do Hotel Valle D’Incanto
Dimítria Coutinho/Portal iG

Principal suíte do Hotel Valle D’Incanto

Mas não são só as experiências que garantem ao hotel o título. As suítes também são bastante românticas e com instalações de deixar qualquer casal boquiaberto. No total, são cinco tipos de acomodações.

A mais completa delas tem 40 m², lareira com tijolos de demolição, cama king size e o destaque: uma banheira spa com teto e janela de vidro com uma bela vista para o jardim. Para quem se animou para ficar hospedado nela, é melhor se preparar: na alta temporada, a diária para um casal nesta suíte pode sair por R$ 5 mil.

Banheira com teto de vidro é destaque de suíte
Divulgação/Valle D’Incanto

Banheira com teto de vidro é destaque de suíte

A segunda melhor acomodação também tem uma banheira spa, mas sem o teto de vidro, ficando em um canto aconchegante do quarto. A suíte ainda tem sacada, lareira e todos os demais atributos do melhor quarto. Nesses dois tipos de acomodações, o uso é exclusivo para casais.

Segunda principal suíte tem banheira aconchegante
Dimítria Coutinho/Portal iG

Segunda principal suíte tem banheira aconchegante

Leia Também:  Lei dá a Nova Esperança (PR) título de Capital Nacional da Seda

Já nos apartamentos de luxo, é possível receber casais com filhos, por exemplo, mas Cris ressalta que este não é o foco do hotel. Com Gramado se tornando cada vez mais um destino para famílias, a empresária conta que muitas delas se queixam de não haver acomodações focadas em grupos maiores. “A gente não consegue ser bom em tudo, e o Valle D’incanto é especialista em casais, em momentos românticos. Essa é a nossa marca registrada”, comenta Cris.

A empresária conta, porém, que muitos casais insistem para se hospedarem no hotel com os filhos. Ela confessa que sempre aconselha os pombinhos a tirarem um tempo somente um para o outro, mas que recebe famílias quando isso é solicitado. “A gente recebe famílias, mas temos toda uma estrutura e uma atmosfera para casais”, afirma. “Ainda tem aquelas famílias que ficam decepcionadas, e aí a gente tenta explicar. Eu sempre aconselho: ‘Pensa nisso como uma oportunidade, tu não vai se arrepender’. Aí algumas pessoas pensam um pouquinho melhor e acabam falando: ‘Gostei da tua sugestão e a gente vai conseguir ir para aí só nós dois'”, relata.

Para não deixar todo esse romantismo ser exclusividade de Gramado, a gestão do Valle D’incanto já pensa em levar a marca para outros lugares do Brasil. “Com esses prêmios, a gente acaba sendo bem visto por vários investidores”, comenta Cris. Agora, o próximo passo é um Valle D’incanto na Serra Catarinense, que ainda está em fase inicial de desenvolvimento. No futuro, pode ser que outras regiões do país também recebam suas próprias versões do hotel.

“Eu e Fábio sempre brincamos que o Valle D’incanto é nosso primeiro filho. Estamos aqui e cuidamos diariamente de cada detalhe”, conta Cris. “De certa forma, a expansão assusta, mas a gente entende que é uma oportunidade de dar mais visibilidade ainda para nossa marca e poder passar um pouquinho da experiência do Valle D’incanto para outras regiões”.

Acompanhe o  iG Turismo também pelo Instagram e receba dicas de roteiros e curiosidades sobre destinos nacionais e internacionais. Siga também o  perfil geral do Portal iG no Telegram.

Fonte: IG Turismo

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Turismo

Europa adota novas regras para entrada de turistas a partir de 2023

Publicados

em

União Europeia irá autorizar entrada de turistas com o Etias
Reprodução

União Europeia irá autorizar entrada de turistas com o Etias

A partir de novembro de 2023, o novo sistema de autorização de entrada para turistas nos países da União Europeia (UE)  chamado de Sistema de Informação e Autorização de Viagens Europeu (Etias, na sigla em inglês), entrará em vigor.

A proposta vinha sendo discutida desde 2013, e havia sido aprovada em 2018 e passaria a valer em 2021, mas houve adiamentos e agora o novo sistema, que começaria em maio, entrará em vigor somente em novembro do ano que vem.

Com isso, pessoas de ao menos 60 países, incluindo o Brasil, deverão solicitar a autorização eletrônica para entrada nos países do chamado Espaço Schengen. Todavia, nem todos os países que fazem parte do bloco assinaram o acordo, mantendo as regras, por enquanto, para o recebimento de viajantes.

Leia Também:  Brotoeja: conheça os sintomas, tratamentos e veja como evitar

A adoção do Etias visa reforçar a segurança do bloco ao verificar informações relevantes de turistas de países isentos de visto para entrada na União Europeia antes que a viagem seja feita. Atualmente, os turistas têm apenas de passar por um controle de fronteira. O agente da imigração decide se dá ou não a autorização de entrada ao verificar a documentação apresentada na hora.

O documento será exigido para quem viajar a turismo (com permanência de até 90 dias em um período de 180 dias) Ou seja, após retornar ao país de origem, será preciso um intervalo de ao menos 90 dias para voltar à Europa.

O formulário eletrônico não substitui o visto para entrada nos países nos quais ele é exigido. No caso do Brasil, por exemplo, só quem planeja viajar para trabalhar ou estudar deve providenciar um visto específico para cada situação.

Segundo a União Europeia, o Etias não poderá ser considerado um visto. A autorização poderá ser pedida online e a maioria deve ser concedida imediatamente, devendo ser renovada a cada três anos. Caso o passaporte expire, será preciso renová-la.

Leia Também:  Lei dá a Nova Esperança (PR) título de Capital Nacional da Seda

Para o documento, o tempo de preenchimento será de, no máximo, 10 minutos. Conforme o Parlamento Europeu, os pedidos serão processados automaticamente. Caso o sistema identifique algum problema, os dados serão verificados manualmente e a decisão deve ser tomada em até quatro semanas. Em caso de recusa, ela deverá ser justificada e o requerente terá o direito de recorrer da decisão.

Entre as informações pedidas deverão estar: nome, data e local de nascimento, sexo, nacionalidade e número do passaporte. Também serão feitas perguntas sobre antecedentes criminais e presença em zonas de conflito, entre outros questionamentos.

A autorização deverá custar € 7 (em torno de R$ 40), e poderá ser paga em cartão de crédito ou débito. Menores de 18 anos e maiores de 70 anos não precisarão pagar pela autorização. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Acompanhe o  iG Turismo também pelo Instagram e receba dicas de roteiros e curiosidades sobre destinos nacionais e internacionais. Siga também o perfil geral do  Portal iG no Telegram.

Fonte: IG Turismo

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

polícia

política

Cidades

ESPORTES

Saúde

É Direito

MAIS LIDAS DA SEMANA