Turismo

Conheça Salta: empresa conecta o Brasil com o Norte da Argentina

Publicados

em

source
Da esquerda para a direita: Luis María Kreckler (Cônsul Geral da República Argentina), Manuela Arancibia (Presidente do INPROTUR Salta) e Fábian Lombardo (Diretor Comercial da Aerolíneas Argentinas)
Divulgação

Da esquerda para a direita: Luis María Kreckler (Cônsul Geral da República Argentina), Manuela Arancibia (Presidente do INPROTUR Salta) e Fábian Lombardo (Diretor Comercial da Aerolíneas Argentinas)

Em evento organizado pela Argentina em São Paulo, a Província de Salta apresentou seus atrativos turísticos, reforçando a importância da nova rota aérea da Aerolíneas Argentinas, companhia que está inaugurando uma nova rota, que ligará São Paulo à Salta. Será uma sequencia de três voos semanais às segundas, quartas e sábados, a partir do dia 4 de julho.

O evento, que aconteceu na noite desta quarta-feira (22), contou com a presença do Cônsul Geral da República Argentina em São Paulo, autoridades da Aerolíneas Argentinas, representantes dos destinos de Tucumán, Ushuaia e Salta, operadores turísticos e jornalistas locais, entre os quais o iG Turismo esteve presente.

Salta foi o protagonista com a degustação de seus vinhos, empanadas e uma apresentação de música folclórica regional.

“Atualmente 10% dos turistas internacionais que visitam Salta são brasileiros, tornando o Brasil um mercado estratégico tanto para o turismo quanto para outras atividades comerciais. Por isso, continuamos realizando ações promocionais para o novo corredor aéreo que ligará Salta a São Paulo. Continuaremos recebendo operadoras de turismo, jornalistas especializados e influenciadores brasileiros, para que vivam a Experiência Salta na primeira pessoa”, comentou Manuela Arancibia, Presidente do Instituto de Promoção Turística de Salta.

“Estamos muito felizes por estarmos mais próximos de São Paulo agora. Salta conta com uma importante infraestrutura turística com hotéis e estabelecimentos gastronômicos de todas as categorias e, especificamente no que diz respeito ao turismo de reuniões, contamos com salões e serviços para o desenvolvimento de todo tipo de eventos e um dos Centro de Convenções mais importantes da Argentina”, disse Emilio Deferrari, representante do Salta Conventions & Visitors Bureau.

Gloria del Valle (cozinheira de Salta), Manuela Arancibia (Presidente do Instituto de Promoção Turística de Salta) e Emilio Deferrari representante do Salta Conventions & Visitors Bureau.
Divulgação

Gloria del Valle (cozinheira de Salta), Manuela Arancibia (Presidente do Instituto de Promoção Turística de Salta) e Emilio Deferrari representante do Salta Conventions & Visitors Bureau.

Leia Também:  Resort de luxo no interior de SP é opção certeira para férias de julho

Subir por caminhos em ziguezague é uma viagem ao coração dos Vales Calchaquíes para percorrer a “Rota do Vinho” mais alta do mundo, com paisagens de beleza imponente. Prove os vinhos de Salta que ganharam prêmios internacionais por sua qualidade, acompanhados de delícias gastronômicas locais.

Uma das experiências turísticas mais incríveis que a Argentina tem para oferecer ao mundo é o “Trem para as Nuvens” que percorre a Puna Saltenha e que este ano completa 50 anos. Manifesta-se em todo o seu esplendor ao chegar ao imponente “Viaduto La Polvorilla” que chega a 4.200 metros acima do nível do mar no sopé da Cordilheira dos Andes.

Salta oferece uma variedade única de paisagens que nutrem sua identidade, beleza e calorosidade, preservando todas as suas tradições.

Acompanhe o  iG Turismo também pelo Instagram e receba dicas de roteiros e curiosidades sobre destinos nacionais e internacionais.

Fonte: IG Turismo

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Turismo

Museu subaquático em Cannes une arte e preservação da vida marinha

Publicados

em

source
Cannes Underwater Eco-Museum (Ecomuseu Subaquático de Cannes, em português)
Fotos de @jasondecairestaylor

Cannes Underwater Eco-Museum (Ecomuseu Subaquático de Cannes, em português)

O Cannes Underwater Eco-Museum (Ecomuseu Subaquático de Cannes, em português) , foi inaugurado em Cannes, França, em fevereiro de 2021. Financiado pela Mairie de Cannes e encomendado pelo prefeito, David Lisnard, o projeto levou mais de quatro anos para ser finalizado. 

Jason deCaires Taylor é o artista à frente das peças que ficam submersas no mar. O Ecomuseu Subaquático se torna o primeiro lugar que as suas obras são instaladas no Mar Mediterrâneo, apresentando uma série de seis retratos monumentais , cada um com mais de 2 m de altura e 10 toneladas de peso.

As estátuas ficam localizadas perto da ilha de Sainte-Marguerite , uma das ilhas Lérins, ao largo da costa de Cannes. As obras são colocadas a uma profundidade entre 2 e 3 metros, e descansam em áreas de areia branca, entre os prados de gramíneas marinhas posidonias oscilantes na parte sul protegida da ilha, atmosfera característica dos mares.

A pouca profundidade e a proximidade com a costa tornam o local facilmente acessível , e as águas cristalinas proporcionam condições ideais para a prática de Esnórquel (prática de mergulho em águas rasas com o objetivo de recreação, relaxamento e lazer).

Leia Também:  Brasil registra 65,2 milhões de inadimplentes em fevereiro

Inaugurado em um contexto de pandemia, este é o único museu que você pode acessar de forma socialmente distante, usando uma máscara de mergulho sobre os olhos em vez de uma máscara sobre a boca.

Os seis trabalhos colocados na água são baseados em retratos de membros locais da comunidade , abrangendo uma gama de idades e profissões, por exemplo, Maurice, um pescador local de 80 anos e Anouk, um aluno de nove anos da escola primária.

Cada rosto foi significativamente aumentado e secionado em duas partes, a parte externa se assemelha a uma máscara. O tema das máscaras se conecta com a história da Île Sainte Marguerite, bem conhecido como o local onde o Homem com a Máscara de Ferro foi aprisionado pelo rei Luís 14 no século 17.

“A máscara também é uma metáfora para o oceano: de um lado, ela mostra força e resiliência; do outro, fragilidade e decadência. Da terra, observamos a superfície, calma e serena, ou poderosa e majestosa, no entanto, abaixo da superfície está um ecossistema frágil e perfeitamente equilibrado, um que tem sido continuamente degradado e poluído ao longo dos anos pela atividade humana”, argumenta o artista em seu site.

Antes das peças serem colocadas no mar, a localização das esculturas era em uma área de infraestrutura marítima em desuso.

Leia Também:  Resort de luxo no interior de SP é opção certeira para férias de julho

Além disso, o projeto realizou uma limpeza significativa do local, removendo destroços marinhos como motores antigos e tubulações para criar um espaço para a instalação das obras de arte que foram especificamente projetadas, usando materiais de Ph neutro e aço inoxidável 316 , para atrair a fauna e flora marinhas, ajudando a área a rejuvenescer e florescer. A cada temporada, o museu vai ganhando novas formas e texturas, de acordo com a evolução de algas e outros seres marinhos no local. 

O local agora foi isolado de barcos, tornando-o seguro para mergulhadores e evitando danos por âncoras aos prados de ervas marinhas, área de habitat vital referida como os pulmões do oceano para a vasta quantidade de oxigênio que produz.

Como todos os seus projetos, Jason pretende chamar a atenção para o mar como uma biosfera frágil em urgente necessidade de proteção. Isso porque o artista tem outros museus subaquáticos de sua autoria espalhados pelo mundo, como o Museu de Arte Subaquática (Musa) , no México; Parque de Esculturas Submarinas de Molinere , em Granada; Museu Atlântico , na Espanha; Museu de Escultura Subaquática Ayia Napa (Musan) , no Chipre e o Museu de Arte Subaquática (Moua) , na Austrália. Além de outras instalações solos relacionadas ao ambiente aquático.

Para visitar o museu, é preciso de uma máscara de esnórquel, caso contrário não verá muito. Mas se não tiver, pode encontrá-los nos supermercados ou nas lojas próximas da região.

Acompanhe o  iG Turismo também pelo Instagram e receba dicas de roteiros e curiosidades sobre destinos nacionais e internacionais.

Fonte: IG Turismo

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

polícia

política

Cidades

ESPORTES

Saúde

É Direito

MAIS LIDAS DA SEMANA