Home Esportes Seleção volta à Bahia para enfrentar o Peru e se reabilitar nas...

Seleção volta à Bahia para enfrentar o Peru e se reabilitar nas Eliminatórias

0

soccer

A inconstante Seleção Brasileira terá mais um complicado desafio pela frente às 22 horas (de Brasília) desta terça-feira, na Arena Fonte Nova, em Salvador.

Após o desempenho ruim que quase custou os três pontos no clássico contra a Argentina, o time comandado pelo técnico Dunga tentará a reabilitação nas Eliminatórias à Copa do Mundo de 2018 diante do Peru. O diferencial para os jogadores canarinhos buscarem a vitória estará concentrado no apoio que os torcedores da Região Nordeste costumam expressar à equipe nacional.

Na última partida disputada no arena da Fonte Nova, o Brasil goleou a Itália por 4 a 2, pela última rodada da fase de grupos da Copa das Confederações de 2013. A Seleção nunca perdeu um duelo no estádio e, segundo estimativas oficiais, todos os 45.000 lugares disponíveis estarão ocupados pela torcida baiana. “Espero que essa entrega dos torcedores possa ser traduzida dentro de campo em uma grande apresentação”, disse o lateral Daniel Alves.

Ciente da acolhida mais afetuosa que o Brasil costuma ter nos Estados nordestinos, a CBF tem procurado agendar os compromissos iniciais das Eliminatórias para as arenas da região que foram utilizadas na última edição da Copa do Mundo. Na segunda rodada, o empurrão dado pelas arquibancadas no Castelão, em Fortaleza, permitiu que a Seleção vencesse a Venezuela por 3 a 1 – a equipe havia sido derrotada na estreia pelo Chile, por 2 a 0, em Santiago. Agora, com o amargo empate por 1 a 1 com a Argentina na bagagem, o time canarinho tentará buscar o mesmo efeito ao medir forças com o Peru.

O jogo em Buenos Aires, disputado na última sexta-feira, expôs as fragilidades defensivas e a dependência que a Seleção ainda nutre com relação a uma boa apresentação de Neymar. O atacante do Barcelona voltou à equipe após cumprir dois jogos de suspensão, mas não teve boa atuação no clássico. A esperança brasileira é que o jogador volte a encontrar sua boa fase nessa quarta rodada das Eliminatórias. “O Neymar está super bem e feliz por estar aqui e por ser uma das referências da Seleção Brasileira. Ele consegue estar tranquilo sempre, não importa qual seja a situação”, comentou Daniel Alves.

Há a possibilidade de Dunga optar por uma mudança no esquema tático e promover a entrada de Douglas Costa no lugar de Ricardo Oliveira. Mas a única mudança confirmada contra o Peru é a saída de David Luiz para a entrada de Gil. O zagueiro do Paris Saint-Germain foi expulso contra a Argentina e retornou para a França, onde se reuniu com a namorada e amigos após os atentados terroristas da última semana. Para a vaga do defensor foi convocado Jemerson, titular do Atlético-MG. A missão, segundo o atleta de 23 anos, será parar o peruano Paolo Guerrero.

“Já enfrentei o Guerrero duas ou três vezes. Fui feliz em todas as partidas. O segredo é encostar muito nele. Se for disputar no corpo a corpo, dificilmente você vai ganhar. E se ele der uma brecha, você precisa tentar tomar a bola dele”, declarou o zagueiro, confiante de que a Seleção conseguirá se aproveitar do momento ruim do jogador do Flamengo para neutralizar o ataque peruano. A equipe rival, comandada pelo ex-técnico do Palmeiras, Ricardo Gareca, conquistou a primeira vitória nas Eliminatórias ao superar o Paraguai por 1 a 0, na última sexta-feira. O argentino quer agora arrancar na competição justamente contra o Brasil.

“O nosso objetivo é somar todos os pontos possíveis, eu não penso em outra alternativa que não sair com a vitória”, disse Gareca. Com relação às ameaças que Neymar poderia trazer à sua equipe, o treinador indicou que não irá a campo com um esquema tático que atue em função da marcação ao jogador do Barcelona. “A individualidade de Neymar pode decidir a partida. Mas temos de ter preocupação com todos. Vamos dar o nosso melhor para ir atrás da classificação à Copa do Mundo, que é o nosso objetivo”, disse o capitão peruano, Claudio Pizarro, ao abordar as preferências de seu comandante para o confronto.

FICHA TÉCNICA
BRASIL X PERU

Local: estádio Fonte Nova, em Salvador (BA).
Data: 17 de novembro de 2015, terça-feira.
Horário: 22 horas (de Brasília).
Árbitro: José Buitrago (Colômbia).
Auxiliares: Eduardo Díaz e Wilmar Navarro (ambos da Colômbia).

BRASIL: Alisson; Daniel Alves, Miranda, Gil e Filipe Luís; Luiz Gustavo, Elias, Lucas Lima e Willian; Neymar e Ricardo Oliveira (Douglas Costa).
Técnico: Dunga.

PERU: Penny; Advíncula, Zambrano, Ascues e Yotún; Tápia, Lobatón e Reyna; Farfán, Guerrero e Pizarro
Técnico: Ricardo Gareca.

Gazeta Esportiva

NENHUM COMENTÁRIO

Deixe sua resposta