Home Esportes Rogério Ceni detona arbitragem de Fortaleza x Fluminense: “Estragou o jogo”

Rogério Ceni detona arbitragem de Fortaleza x Fluminense: “Estragou o jogo”

0

Técnico tricolor não poupou críticas para árbitro baiano Marielson Alves Silva e para o VAR

Rogério Ceni, técnico do Fortaleza — Foto: Thiago Gadelha/SVM

A coletiva do técnico do Fortaleza, Rogério Ceni, após a derrota para o Fluminense neste sábado (31), se resumiu a um nome: Marielson Alves Silva. O árbitro baiano aplicou cartão vermelho direto para Roger Carvalho depois de o zagueiro cometer falta em Felippe Cardoso. Na avaliação do treinador, o lance era para cartão amarelo, e determinou o revés do Leão – o primeiro após 12 jogos de invencibilidade.

Não tenho nem dúvida que é um lance para amarelo. Bola recuada, estava no pé do nosso goleiro, jogador do Fluminense não chegaria. Lance passível de cartão amarelo, tenho convicção de que era mais do que suficiente. Quando você pega um árbitro como Marielson, Toski, não tem condições. Aí você vê Raphael Claus, arbitragem sempre perfeita. Marcelo de Lima Henriques, arbitragem limpa, perfeita. Aí vem uma cidadão que faz o que faz, e ainda com mais três ou quatro pessoas dentro da sala do VAR que concordam com o que ele faz. Qual é o intuito? Jogar um campeonato para quê, com um lance capital desses decidir uma expulsão. Três jogos dentro de casa jogando com um, dois jogadores a menos. Lance claro, revisto e comentado para todos – lamentou.

Em todas as perguntas realizadas na coletiva após o jogo, Ceni demonstrou impaciência, e se resumiu a analisar a partida como parelha e disputada por ambas as partes. Nas respostas, o treinador do Fortaleza pediu providências contra os árbitros do jogo deste sábado para Leonardo Gaciba, presidente da comissão de arbitragem da CBF.

– O que faltou foi o que sobrou para o Marielson. Foi o responsável pelo resultado de hoje. Até então, um jogo muito equilibrado, e ainda levamos azar no lance do gol. A entrevista quem teria que dar era o árbitro. O que vai ser feito, Gaciba, com o árbitro, e com os outros quatro que confirmaram o cartão vermelho? – enfatizou Ceni.

GLOBO ESPORTE

NENHUM COMENTÁRIO

Deixe sua resposta