Home Política Projeto obriga prefeito a prestar contas sobre receitas e despesas durante pandemia

Projeto obriga prefeito a prestar contas sobre receitas e despesas durante pandemia

0

Foto: Haron Álvares

A Câmara Municipal de Diamantino, aprovou em votação única realizada na última segunda-feira (15.06) o projeto de lei 346/2020 que obriga a Prefeitura de Diamantino a prestar contas das receitas e despesas com a pandemia do novo Coronavírus.

O projeto apresentado pelo vereador Ranielli Patrick (PDT), destaca a obrigatoriedade da prefeitura através de sua secretária municipal de saúde Cleide Maria Anzil, a apresentar relatórios mensais referentes a gastos e receitas obtidas junto aos governos Estadual e Federal para o enfrentamento ao novo Coronavírus.

De acordo com a propositura, a secretária deverá informar de forma clara no Portal de Transparência os demonstrativos de recursos próprios disponíveis, e quais foram recebidos da União e do Estado de Mato Grosso, ou de outras fontes, como a iniciativa privada, além de destacar dados sobre contratações e aquisições por dispensa ou outro formato legal, contendo o número do processo administrativo, dados sobre pareceres das dispensas e dos contratados, como nome e inscrição na Receita Federal, bem como o descritivo do bem ou serviço contratado e os valores gastos.

Para o vereador Ranielli Patrick, o projeto aprovado é uma forma de garantir a prerrogativa do Poder Legislativo de fiscalizar os atos do Executivo, uma vez que nos boletins diários não há menção acerca dos recursos, e também pela falta de clareza no Portal de Transparência do município.

“Ainda que a ocasião em virtude da pandemia seja de discorrer os processos com celeridade e efetividade, é preciso que se faça sem o afastamento dos princípios da legalidade, publicidade e economicidade e responsabilidade fiscal e financeira com os recursos públicos”, disse Ranielli Patrick (PDT).

A propositura foi subscrita pelos vereadores Jozenil Costa Lube Bodão (PSD) e Valdemir Izaias da Costa (PDT).

NENHUM COMENTÁRIO

Deixe sua resposta