Política Nacional

Audiência pública discute nesta terça o reajuste de servidores federais

Publicados

em

Depositphotos
Foto aérea da Esplanada dos Ministérios em Brasília, são vários prédios altos dos dois lados e ao centro um grande gramado verde. Ao fundo está o prédio do Congresso Nacional
Esplanada dos Ministérios em Brasília onde trabalham milhares de servidores federais

A Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados reúne-se nesta terça-feira (24) para debater o reajuste dos servidores públicos federais.

O deputado Paulo Ramos (PDT-RJ), que pediu a realização da audiência, lembra que o governo prometeu reajustes a algumas categorias. “Agora vem com a proposta de reajuste geral de 5%, o que vem sendo rejeitado.”

Ramos ressalta que os servidores do Banco Central e do INSS chegaram a fazer movimentos grevistas para pressionar o governo a abrir negociações, mas não houve “qualquer sinalização para o diálogo”.

O deputado Rogério Correia (PT-MG), que também pediu o debate, acrescenta que as remunerações estão corroídas pela inflação, que nos últimos dez anos representa uma defasagem de 49,28%, segundo estimativas do Dieese.

“Diante dessa realidade, as entidades representativas dos servidores públicos
apresentaram pauta de reinvindicações em que requerem o reajuste remuneratório de 19,99%, correspondente apenas à defasagem inflacionária do período compreendido entre 2019 e 2021″, esclarece o deputado.

Leia Também:  Projeto que cria semana da saúde mental em escolas e faculdades segue para a Câmara

Ramos e Correia argumentam que é papel da Comissão de Trabalho buscar o entendimento, considerando o longo congelamento dos salários dos servidores.

Foram convidados para discutir o assunto na comissão, entre outros:
– o presidente do Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas do Estado (Fonacate), Rudinei Marques;
– o representante do Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (Fonasefe) Sérgio Ronaldo;
– a representante da Central Única dos Trabalhadores (CUT) Elna Maria de Barros Melo; e
– representantes de sindicatos de diversas categorias

A audiência será realizada no plenário 12, a partir das 11h20, e poderá ser acompanhada ao vivo pelo portal e-Democracia.

Da Redação – ND

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política Nacional

Conselho de Ética reúne-se na quarta para votar sete processos por quebra de decoro

Publicados

em

Foto do prédio do Congresso Nacional ao entardecer
Deputados denunciam colegas por falta de decoro em publicações na internet

O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara dos Deputados reúne-se nesta quarta-feira (29) para leitura, discussão e votação de pareceres preliminares. A reunião ocorre às 11 horas, em plenário a definir. Estão na pauta:

  • discussão e votação do parecer preliminar do deputado Marcelo Nilo (Republicanos-BA) ao processo referente à Representação 12/22, do PT, em desfavor da deputada Carla Zambelli (PL-SP). O partido acusa a parlamentar de postagem em redes sociais ofensiva ao senador Humberto Costa (SP);
  • discussão e votação do parecer preliminar do deputado Júlio Delgado (PV-MG) ao processo referente à Representação 13/22, do PTB, em desfavor da deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ). O partido acusa a parlamentar de fazer apologia ao regime comunista em postagem em rede social;
  • leitura, discussão e votação do parecer preliminar do deputado Alexandre Leite (União-SP) ao processo referente à Representação 1/22, do Novo, em desfavor do deputado Wilson Santiago (Republicanos-PB). O partido acusa o deputado de quebra de decoro por ter sido denunciado pela Procuradoria-Geral da República, em 2019, pelos crimes de organização criminosa e corrupção passiva;
  • leitura, discussão e votação do parecer preliminar do deputado Pinheirinho (PP-MG) referente às representações 5/22, do Psol, e 6/22 (apensada), do PT, contra a deputada Bia Kicis (PL-DF). As legendas acusam a parlamentar de quebra de decoro por publicação em rede social que supostamente insuflava a polícia militar da Bahia contra o governador do estado;
  • leitura, discussão e votação do parecer preliminar do deputado Mauro Lopes (PP-MG) ao processo referente à Representação 7/22, do PT, em desfavor da deputada Carla Zambelli (PL-SP). A legenda acusa a parlamentar de quebra de decoro por posts feitos em redes sociais que supostamente incitavam a população contra as medidas sanitárias para a contenção da pandemia do novo coronavírus;
  • leitura, discussão e votação do parecer preliminar do deputado Marcel Van Hattem (Novo-RS) ao processo referente à Representação 9/22, do Psol e do PT, em desfavor do deputado Delegado Éder Mauro (PL-PA). As legendas acusam o parlamentar de quebra de decoro por posts em redes sociais que também ofenderiam deputadas da CCJ;
  • leitura, discussão e votação do parecer preliminar do deputado Adolfo Viana (PSDB-BA) ao processo referente às representações 18/22, do PP, e 19/22 (apensada), do PT, em desfavor do deputado Kim Kataguiri (União-SP). O deputado é acusado pelo partido de apologia ao nazismo por concordar com fala de apresentador que defendia a legalidade de partido nazista no Brasil.
Leia Também:  Plenário vota embaixadores e autoridades nesta quarta-feira

Confira a pauta completa

Da Redação – ND

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

polícia

política

Cidades

ESPORTES

Saúde

É Direito

MAIS LIDAS DA SEMANA