Polícia

Preso em flagrante homem que furtou fios elétricos de posto de saúde e causou perda de vacinas

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT 

Policiais civis de Comodoro prenderam em flagrante neste domingo (11.04) um homem de 31 anos suspeito de cometer diversos furtos na cidade, um deles praticado contra uma unidade básica de saúde, quando levou cabos de cobre, o que acarretou na perda de vacinas com a falta de energia elétrica no local.

R.S.G, 31 anos, furtou fios de energia que contém cobre. Na casa dele, em um loteamento da cidade, os policiais apreenderam fios de energia ainda encapados, disjuntores e as ferramentas usadas para a prática do crime.

A Delegacia de Comodoro já havia registrado diversas ocorrências de furtos, em diferentes pontos da cidade, muitos praticados da mesma forma, com subtração de  material que contém cobre.

No domingo, a equipe policial foi notificada do furto ocorrido no posto de saúde do bairro Cristo Rei e o que chamou a atenção foi exatamente o modus operandis. O suspeito levou toda a fiação que existia de conexão elétrica entre o padrão de energia e o posto de saúde. Contudo, como relataram os investigadores, o prejuízo material com a parte elétrica foi insignificante mediante a perda de medicamentos causada pela falta de energia no local.  

Leia Também:  Agredida pelo filho, mulher aciona PM mas acaba presa em VG

No posto havia uma geladeira com diversos tipos de vacinas, que precisam da refrigeração para manter sua conservação. Entre os imunizantes armazenados havia doses da vacina contra a covid-19, que acabaram estragando por causa da falta da refrigeração necessária, causando prejuízos à saúde pública.

Depois de várias diligências para apurar informações, os policiais civis localizaram o suspeito, que foi detido em flagrante. Com ele foram encontrados uma quantidade expressiva de fios já desencapados e outros ainda cobertos, disjuntores e as ferramentas usadas para a prática do crime. Ele confessou outros quatro furtos, ocorridos somente entre o sábado e o domingo.

Após a lavratura do flagrante, o suspeito foi apresentado para audiência de custódia do Poder Judiciário.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Polícia

Polícia Civil prende autor de furto de R$ 1,6 mil de dentro de bolsa de cliente em supermercado atacadista

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

O furto de uma expressiva quantia de dinheiro de dentro da bolsa de cliente em um supermercado atacadista foi esclarecido pela Polícia Civil, no sábado (08.05), logo após a vítima procurar a Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande (Derf-VG). Um funcionário terceirizado foi identificado como autor do crime e foi autuado em flagrante pelo furto.

As investigações iniciaram quando a vítima de 63 anos procurou a Derf-VG o furto de mais de R$ 1,6 mil de dentro de sua bolsa, ocorrido dentro do atacadista. Segundo a comunicante, ela estava no supermercado, quando retirou a bolsa do carrinho para organizar as compras e deixou em cima de um palet.

A bolsa foi devolvida no setor de perdidos e achados do supermercado, porém a quantia em dinheiro havia desaparecido. Com base nas informações, os policiais da Derf-VG foram até o atacadista, onde em análise das câmeras de segurança foi possível identificar o autor do furto como sendo um funcionários terceirizado que triabalha na empresa.

Leia Também:  Agentes flagram drone sobrevoando a PCE e atiram para derrubar aparelho em Cuiabá

Nas imagens, ele aparece pegando a bolsa, ficando com ela por algum tempo, até que o corredor ficasse vazio, momento em que retirou algo de dentro dela e escondeu no bolso da roupa que usava. O próprio funcionário após cometer o furto devolveu a bolsa no setor de perdidos e achados do supermercado.

Diante das evidências, os policiais da Derf-VG realizaram diligências em busca do suspeito que foi preso em flagrante em posse de R$ 1.642 furtados da bolsa da vítima. O suspeito foi conduzido à delegacia, onde após ser interrogado pela delegada, Elaine Fernandes de Souza, foi autuado em flagrante pelo furto.

“A vítima agradeceu a equipe policial, afirmando que não poderia perder o dinheiro que havia acabado de sacar para efetuar o pagamento semanal dos seus funcionários, assim como outras contas do seu comércio”, disse a delegada.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

polícia

política

Cidades

ESPORTES

Saúde

É Direito

MAIS LIDAS DA SEMANA