Polícia

Polícia Civil prende foragido do Tocantins com dois mandados em abertos

Publicados

em


Assessoria | Polícia Civil-MT

Um procurado da Justiça do Tocantis há cerca de 5 anos, foi preso pela Polícia Civil de Mato Grosso, na manhã desta terça-feira (14.09), em Confresa (1.160 km a nordeste de Cuiabá), após ação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) do município.

O suspeito de 39 anos, estava com dois mandados de prisão decretados desde o ano de 2016, pelos crimes de furto e receptação cometido no norte do Brasil. Ele também é investigado pela Derf de Confresa por praticar delitos da mesma natureza.

Durante diligências investigativas para esclarecer ocorrências envolvendo crimes patrimoniais, os policiais civis descobriram que o investigado era foragido da Justiça do Tocantins.

Diante das informações apuradas a equipe conseguiu localizar o suspeito, o qual ao ser abordado negou que possuía passagens criminais. No entanto, o homem foi conduzido até a Derf de Confresa, onde foi dado cumprimento as ordens judiciais de prisão.

Conforme o delegado da Derf de Confresa, Bruno Gomes Borges, foragido do Tocantins desde o ano de 2016, a suspeito veio para Mato Grosso e aproveitando-se da liberdade, continuou praticando crimes de furto em Confresa.

Leia Também:  Polícia Militar apreende drogas, armas e recupera veículos em operação no Nortão

O preso foi interrogado no inquérito instaurado acerca dos furtos ocorridos na cidade de Confresa, sendo posteriormente encaminhado para a Cadeia Pública de Vila Rica, ficando à disposição do Poder Judiciário.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Polícia

Policiais civis recuperam televisor furtado e idoso responderá por receptação

Publicados

em


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

A equipe de investigação da Delegacia de Pontes e Lacerda (440 km a oeste de Cuiabá) recuperou nesta terça-feira (28) uma televisão furtada de uma residência e um idoso, de 66 anos, responderá pelo crime de receptação.

Os policiais receberam informações de que o aparelho poderia estar em uma residência no bairro Vila Guaporé. No local, o homem foi questionado sobre o televisor de 43 polegadas e disse que havia comprado recentemente o eletroeletrônico e que o negociou por meio de penhor no valor de R$ 200,00.

Ele foi conduzido à Delegacia da Polícia Civil, onde foi interrogado e vai responder por receptação.

O furto do aparelho ocorreu no dia 10 de setembro. A vítima informou que estava deitada, quando ouviu um barulho na porta da frente se abrindo, e ao checar notou que a televisão não estava mais no móvel da sala.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Juiz manda soltar 12 suspeitos de envolvimento em esquema de compra e venda de CNHs em MT
Continue lendo

polícia

política

Cidades

ESPORTES

Saúde

É Direito

MAIS LIDAS DA SEMANA