Polícia

Polícia Civil cumpre prisão contra autor de tentativa de homicídio e apreende arma de fogo e munições

Publicados

em


Assessoria | Polícia Civil-MT

O autor de um crime de homicídio tentado ocorrido no município Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá), foi preso pela Polícia Civil, durante trabalho da Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP), na quinta-feira (24.11).

A ação realizada em cumprimento de mandado de prisão e de busca e apreensão, resultou também na apreensão de uma arma de fogo e várias munições.

O suspeito de 37 anos estava com a prisão preventiva decretada pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Rondonópolis. Ele também foi autuado em flagrante por posse irregular de arma de fogo de uso permitido.

As diligências iniciaram no dia 21 de setembro, quando o investigado tentou mata a vítima de 54 anos na região central da Rondonópolis, jogando o veículo que conduzia na direção da motocicleta da vítima. Depois de derrubá-la da moto e lançá-la ao chão, o suspeito armado passou a agredir e ameaçar a vítima.

Durante as investigações os policiais civis identificaram o autor do crime tentado, o qual teve o mandado de prisão e de busca e apreensão representado pela DHPP e deferido pelo Poder Judiciário.

Leia Também:  Foragido da Justiça por homicídio em MS tem prisão cumprida em Sorriso

Então a equipe foi até o endereço dele no bairro Jardim Liberdade II, onde foi localizado um revólver, 29 munições de calibres 38 e 380, um capuz tipo balaclava, celulares, contrato de compra e venda de estabelecimento firmado entre o suspeito e vítima, notas promissórias no valor total de R$ 27 mil e o veículo Fiat Pick-Up.

Diante do flagrante e em cumprimento ao mandado de prisão, o suspeito foi conduzido, interrogado e autuado pelo crime de posse irregular de arma de fogo de uso permitido. Após as confecções dos autos, o preso foi apresentado e colocado à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Polícia

Nota de esclarecimento – Diretoria da Polícia Civil 

Publicados

em


Em relação à entrevista concedida à Televisão Centro América, nesta terça-feira (30.11), pelo delegado titular da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Cuiabá, a Polícia Civil reitera que as declarações do profissional não refletem a opinião e posicionamento desta instituição em relação ao Poder Judiciário e seus integrantes.

A Polícia Civil reafirma a relação institucional harmônica com o Judiciário mato-grossense, com quem vem desenvolvendo diversos projetos, a exemplo, do SOS Mulher e Botão do Pânico de atendimento a vítimas de violência doméstica, que se tornaram mais uma ferramenta para o acolhimento e proteção às mulheres de Mato Grosso.

A Diretoria da Polícia Civil destaca a contribuição do Judiciário no fortalecimento da instituição policial, a fim de que os serviços essenciais de investigação criminal possam ser continuamente prestados com a melhor qualidade à sociedade mato-grossense.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Funcionária de empresa terceirizada responderá por furto de aparelhos celulares na Politec em Sinop
Continue lendo

polícia

política

Cidades

ESPORTES

Saúde

É Direito

MAIS LIDAS DA SEMANA