Polícia

Polícia Civil apreende adolescente que comandava ponto de venda de drogas no bairro Jardim Sumaré

Publicados

em


Assessoria | Polícia Civil-MT

Um adolescente reincidente em atos infracionais cometidos em Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá), foi apreendido pela Polícia Civil, na quinta-feira (24.11), após ação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) do município.

Apontado por comandar um ponto de venda de entorpecentes na região do bairro Jardim Sumaré, o menor de 16 anos foi autuado no ato infracional de tráfico de drogas.

Durante diligências investigativas os policiais civis identificaram o endereço, onde continuava sendo usado para o comércio ilícito. No mês passado foram apreendidas no local mais de 180 porções de pasta base de cocaína.

Com base nos indícios a equipe passou a monitorar o imóvel, quando na tarde de quinta-feira (24), o menor foi surpreendido com 13 porções de substâncias como cocaína e maconha, vários materiais plásticos utilizados para as embalar as drogas, celular, anotações referentes a uma facção criminosa, além de outros objetos.

Em checagem ao suspeito foi constatado que o adolescente possui passagens por tráfico de drogas e roubo, bem como já foi internado no socioeducativo de Rondonópolis pelo ato infracional de tráfico de drogas.

Leia Também:  Policiais civis e sociedade organizada de Colniza promovem marcha sobre o Agosto Lilás

Diante do flagrante, ele foi conduzido até a Derf de Rondonópolis, ouvido e autuado em ato infracional análogo ao crime de tráfico de drogas. Após a confecção dos autos, o apreendido foi apresentado ao Ministério Público Estadual para as providências cabíveis.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Polícia

Nota de esclarecimento – Diretoria da Polícia Civil 

Publicados

em


Em relação à entrevista concedida à Televisão Centro América, nesta terça-feira (30.11), pelo delegado titular da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Cuiabá, a Polícia Civil reitera que as declarações do profissional não refletem a opinião e posicionamento desta instituição em relação ao Poder Judiciário e seus integrantes.

A Polícia Civil reafirma a relação institucional harmônica com o Judiciário mato-grossense, com quem vem desenvolvendo diversos projetos, a exemplo, do SOS Mulher e Botão do Pânico de atendimento a vítimas de violência doméstica, que se tornaram mais uma ferramenta para o acolhimento e proteção às mulheres de Mato Grosso.

A Diretoria da Polícia Civil destaca a contribuição do Judiciário no fortalecimento da instituição policial, a fim de que os serviços essenciais de investigação criminal possam ser continuamente prestados com a melhor qualidade à sociedade mato-grossense.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Polícia Civil prende suspeitos de receptação e recupera objetos furtados avaliados em mais de R$ 20 mil
Continue lendo

polícia

política

Cidades

ESPORTES

Saúde

É Direito

MAIS LIDAS DA SEMANA