Polícia

Duas mulheres envolvidas em crimes de estelionato e tráfico de drogas são presas pela Polícia Civil

Publicados

em


Assessoria | Polícia Civil-MT

Mais duas mulheres envolvidas em ações criminosas na cidade de Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá) foram presas pela Polícia Civil, na tarde de sexta-feira (11.06), durante diligências da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) do município. 

A primeira prisão ocorreu após investigação visando a repressão aos delitos patrimoniais. A suspeita de 29 anos foi autuada em flagrante pelo crime de estelionato, depois de participar de um golpe causando prejuízo financeiro de R$ 117 mil à vítima.

Conforme apurado a vítima reside na cidade de Aparecida de Goiás (GO) e negociou a venda de seu veículo Honda Civic pelo valor de R$ 117 mil. Sendo parte do valor acordado, de R$ 58,5 mil, depositado na conta da suspeita que reside em Rondonópolis. 

Ao ser identificada e abordada pelos policiais civis, a jovem confessou que havia emprestado a sua conta bancária para recebimento das vantagens decorrentes do golpe patrimonial. Diante dos fatos ela foi conduzida para Derf, interrogada e autuada em flagrante por estelionato e associação criminosa.

Leia Também:  Carro de criminosos que dava apoio a roubo de carreta capota e um deles é baleado em confronto com a polícia em MT

TRÁFICO DE DROGAS

Dando sequência às diligências de combate aos crimes em Rondonópolis, os policiais civis da Derf realizaram a prisão de uma mulher que foi autuada em flagrante por tráfico de drogas. 

Durante investigação foi descoberto que a suspeita vinha comercializando entorpecentes na região do bairro Jardim das Flores. De posse das informações, ela passou a ser monitorada, quando na tarde de sexta-feira (11) a equipe realizou a abordagem da investigada. 

Com ela foram apreendidas várias porções de entorpecentes e uma sanduicheira que era utilizada para ocultar as substâncias ilícitas. Questionada, ela confessou a prática criminosa, bem como possuía diversas passagens pela polícia.

Em seguida a mulher foi conduzida para Derf, interrogada e autuada por tráfico de drogas, sendo posteriormente colocada à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Polícia

Polícia Civil inaugura Sala da Mulher na Delegacia de Comodoro

Publicados

em


Assessoria | Polícia Civil-MT

A Polícia Civil inaugurou na tarde de quarta-feira (04.08), no município de Comodoro (644 km a oeste de Cuiabá), a “Sala da Mulher” que atenderá e acolherá de forma adequada vítimas de violências doméstica e familiar da região.

O novo ambiente foi adaptado nas dependências da Delegacia de Polícia de Comodoro para proporcionar um trabalho exclusivo de atendimento humanizado.

Em parceria com o Conselho Comunitário de Segurança Pública (Conseg) da cidade, a reforma da “Sala da Mulher” faz parte do projeto denominado “Sala da Mulher – CISC Comodoro”, que foi contemplado com o valor de R$ 20 mil, vindo do Fundo Social e financiado pelo Banco Sicredi.

Conforme o delegado de Comodoro, Ricardo Marques Sarto, a proposta surgiu da necessidade de uma sala na unidade policial, que pudesse receber e amparar de forma ideal, mulheres, crianças e adolescentes vítimas de violência doméstica.

“A finalidade desta sala é proporcionar um atendimento adequado, acolhedor e humanizado a esse grupo de pessoas. Portanto, a solicitação foi atendida, o projeto foi colocado em prática e a obra concluída”, destacou o delegado.

Leia Também:  Carro de criminosos que dava apoio a roubo de carreta capota e um deles é baleado em confronto com a polícia em MT

O delegado também ressaltou a importância do apoio do engenheiro Igor, da empresa Projetta, que fez a doação do projeto arquitetônico da sala, e dos membros do Conseg que não mediram esforços para ajudar na elaboração e inscrição do planejamento.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

polícia

política

Cidades

ESPORTES

Saúde

É Direito

MAIS LIDAS DA SEMANA