Home Polícia Operação Lei Seca prende 11 motoristas em flagrante na capital

Operação Lei Seca prende 11 motoristas em flagrante na capital

0

foto
Balanço da operação “Lei Seca”, apresentado pelos órgãos envolvidos nesta terça-feira (25.02), mostra que 11 motoristas de Cuiabá foram presos em flagrante pelo crime de embriaguez ao volante. No total, houve a abordagem de 360 condutores. “Nosso principal objetivo é salvar vidas”, reforçou o comandante do Batalhão de Trânsito Urbano e Rodoviário, major PM Grasielle Bugalho, em coletiva pela manhã, na sede da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), na capital.
A operação iniciou no último sábado (22.02) e continua em Cuiabá e Várzea Grande durante todo o ano. Nesta primeira etapa de fiscalização, foram realizados 196 testes de “bafômetro”, sendo que 64 condutores foram autuados administrativamente, entre eles motoristas que apresentaram teor inferior ao que determina a legislação para autuação. Os policiais e agentes recolheram 19 carteiras de habilitação e 11 certidões de registro e licença veicular.
O delegado da Polícia Judiciária Civil, Christian Alessandro Cabral, disse que mais de 10% dos condutores abordados estavam sob efeito de álcool, alguns acima do limite permitido, enquanto outros se encontravam na margem considerada infração de trânsito, que varia de 0,04 a 0,34 miligramas de álcool por litro de ar alveolar. “É importante esclarecer ao cidadão que qualquer ingestão de álcool já caracteriza ato ilícito. Acima de 0,34 miligramas de álcool por litro de ar alveolar, além de pagar a multa de R$ 1.915 e ter a CNH recolhida, o condutor vai estar sujeito ao procedimento criminal, que vai no final impor uma pena de um a três anos de detenção”, explicou o delegado.
Christian lembrou que qualquer ingestão de álcool diminui a capacidade psicomotora do motorista e coloca em risco a integridade dele e de terceiros que circulam pelas vias. “Não estamos trabalhando para impedir que o cidadão tenha o direito de consumir bebidas alcoólicas, mas sim de impedir a combinação de álcool e volante”. Para a comandante do Batalhão de Trânsito, a operação conseguiu mostrar que os motoristas precisam mudar o comportamento no trânsito. “Queremos mostrar que Cuiabá, assim como outras capitais, também pode ter um trânsito mais seguro”, disse a major Grasielle Bugalho.
Ela informou que as operações em conjunto ocorrerão nos finais de semana, porém o Batalhão de Trânsito, em parceria com as unidades da PM, estarão atuando durante os dias da semana com viaturas equipadas com bafômetros.
No Carnaval, os motoristas devem checar as condições de segurança dos veículos, documentações e evitar ingerir bebidas alcoólicas, pois serão intensificadas as fiscalizações nas rodovias de acesso aos municípios que irão promover festas. “Estaremos atuando nas rodovias estaduais e federais, em parceria com a Polícia Rodoviária Federal, para que as pessoas que forem pular o Carnaval fora de Cuiabá tenham uma festa tranquila”, ressaltou Grasielle.

NENHUM COMENTÁRIO

Deixe sua resposta