Nacional

Turista que sumiu no mar após posar para foto continua desaparecido

Publicados

em


source
Turista que sumiu após tirar foto e pular de lancha está há 9 dias desaparecido no litoral de SP
Reprodução/Acervo pessoal

Turista que sumiu após tirar foto e pular de lancha está há 9 dias desaparecido no litoral de SP


Fernando Dmitruk, 55, sumiu na Praia do Indaiá, em Bertioga, litoral de São Paulo, depois de posar para uma foto e dar um mergulho no mar. Após uma semana, neste domingo (13), o turista continua desaparecido. Equipes do Grupamento de Bombeiros Marítimo (GBMar) e dois barcos particulares iniciaram o 9º dia de buscas pelo engenheiro, segundo informações do G1.

Lígia Rodrigues, uma amiga da família, contou que Fernando mora na capital paulista, mas tem uma casa em Guarujá, cidade ao lado de Bertioga. Apesar de contratar barcos particulares para ajudar na busca, os familiares continuam sem notícias do turista.

“Não recebemos notícias de nada. Os barcos estão à procura, e os pescadores estão avisados. A gente ligou em todos os hospitais da Baixada Santista, mas não tivemos notícias dele. A família inteira está em Guarujá acompanhando as buscas”, disse Lígia ao G1.

Leia Também:  Garoto estuprado por 3 anos em MG denunciou abusos após assistir reportagem

Como ocorreu o desaparecimento

Segundo contou Lígia, Fernando mergulhou outras duas vezes durante o passeio. Na terceira, no entanto, ele não voltou para a lancha. “Pouco depois, a esposa começou a sentir falta dele, porque não estava mais tendo contato visual com ele no mar. Então, uma das amigas da família saiu de moto-aquática para procurar, e avisou as outras lanchas. Todo mundo começou a procurá-lo, mas ele não foi encontrado”, explica.

Apesar de morar na capital, Fernando tem sua casa no Guarujá há 20 anos. Por isso, além de nadar muito bem, ele conhece bastante a área e, segundo Lígia, os familiares têm esperança de encontrá-lo com vida.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Nacional

Rio: vítima reage a assalto e mata criminoso em saída de banco

Publicados

em


source
Homem reage a assalto e mata criminoso
Reprodução

Homem reage a assalto e mata criminoso

Um assalto na saída de um banco no Humaitá, Zona Sul do Rio, provocou um tiroteio e a morte de um dos suspeitos no início da tarde desta quinta-feira. Um homem sofreu uma tentativa de roubo ao sair da agência bancária e reagiu, entrando em luta corporal com dois criminosos. Mesmo baleada, a vítima conseguiu desarmá-los e feri-los. Um dos suspeitos morreu no local. O comparsa tentou fugir, mas foi localizado pela polícia na Rua Maria Eugênia, no mesmo bairro.

“Ele reagiu, tomou a arma do bandido, atirou e levou um tiro na coxa”, conta uma testemunha.

A Assessoria de Imprensa da Secretaria de Estado de Polícia Militar informa que uma equipe do 2ºBPM (Botafogo) foi acionada para uma ocorrência de disparos de arma de fogo na Rua Humaitá, próximo a uma agência bancária. Os dois feridos – um suspeito e a vítima – foram socorridos ao Hospital Municipal Miguel Couto, no Leblon. Um revólver calibre 38 foi apreendido. A ocorrência está em andamento.

A Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) foi acionada para o local e a ocorrência está em andamento.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

polícia

política

Cidades

ESPORTES

Saúde

É Direito

MAIS LIDAS DA SEMANA