Nacional

Moraes diz que “agressões covardes” não afastarão STF de defesa da democracia

Publicados

em


source
Ministro do STF, Alexandre de Moraes
Fabio Rodrigues Pozzebom/Ag Brasil

Ministro do STF, Alexandre de Moraes



O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), disse nesta quinta-feira, sem citar o presidente Jair Bolsonaro, que “ameaças vazias” e “agressões covardes” não afastarão a Corte de agir em defesa da democracia e da Constituição.


“Ameaças vazias e agressões covardes não afastarão o Supremo Tribunal Federal de exercer, com respeito e serenidade, sua missão constitucional de defesa e manutenção da Democracia e do Estado de Direito”, escreveu Moraes em uma rede social.


Você viu?

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira que os ministros Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso praticam uma “ditadura de toga”.  Bolsonaro também disse que a “hora” de Moraes “vai chegar” e afirmou acreditar que “está chegando” o momento de agir fora da Constituição , sem explicar a que se referia nos dois casos.

Leia Também:  VÍDEO: Manifestantes são presos no DF por faixa chamando Bolsonaro de genocida

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Nacional

Vídeo mostra o momento em que carro cai de concessionária em São Paulo

Publicados

em


source
 Carro despencou de mezanino de concessionária em SP
Reprodução/Corpo de Bombeiros de São Paulo

Carro despencou de mezanino de concessionária em SP

Um vídeo registrado pelas câmeras de segurança mostra o momento exato em que o carro caiu de uma concessionária no Centro de São Paulo, na manhã dessa segunda-feira (27) . O acidente deixou três pessoas feridas.

Nas imagens, é possível ver as duas recepcionistas conversando até o carro cair em cima delas. Segundos depois, uma pessoa que estava próxima ao local do acidente corre em direção às vítimas para prestar socorro.

O motorista dirigia o automóvel no terceiro andar da loja quando o veículo despencou e atingiu a recepção do local , deixando duas mulheres gravemente feridas, informou o Corpo de Bombeiros.

De acordo com informações divulgadas pela Secretaria da Segurança Pública de São Paulo, o condutor que causou a queda do veículo não tinha habilitação para dirigir. Ele foi resgatado e diagnosticado com múltiplas fraturas. 

O condutor conduzido ao Hospital das Clínicas. As duas recepcionistas que se feriram, uma de 19 anos e outra de 22, foram socorridas através do helicóptero Águia, da Polícia Militar. A mais jovem está internada em estado grave.

O caso é investigado pelo 77º DP como “lesão corporal culposa na direção de veículo automotor” e “dirigir sem permissão ou habilitação”.

Assista ao vídeo (imagens fortes):


COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

polícia

política

Cidades

ESPORTES

Saúde

É Direito

MAIS LIDAS DA SEMANA