Esportes

Ymanitu Silva é convidado a disputar Roland Garros na categoria Quad

Publicados

em

O catarinense Ymanitu Silva vai disputar o torneio de Roland Garros na categoria Quad do tênis em cadeira de rodas. O atleta, que competirá como convidado, embarca para Paris (França) no próximo sábado (28). O sorteio da chave será realizado no domingo (30), e as disputas terão início a partir de 1º de junho, em chave com oito atletas.

Atual 11º do mundo, Ymanitu vem de suas maiores vitórias na carreira durante o Mundial realizado em Villamoura (Portugal),  no começo do mês, superando duas vezes o americano David Wagner, quarto do ranking, e levando o Brasil ao inédito terceiro lugar geral.

“É um carinho muito grande que tenho por esse Grand Slam por conta do nosso Guga, mais uma vez terei a emoção muito grande participar desse Grand Slam e agradeço à Confederação Brasileira de Tênis, Comitê Paralímpico Brasileiro, a ADK Tennis e o técnico Piki (Patrício Arnold) e todos os meus patrocinadores”, disse Ymanitu que esteve na disputa do evento pela primeira vez em 2019.

Brasil estreia nas duplas nesta terça (24) 

O gaúcho Rafael Matos e o espanhol David Vega estreiam às 6h (horário de Brasília) deste terça (24) contra o argentino Andres Molteni e o mexicano Santiago Gonzalez, cabeças de chave 13.  Na sequência, às 7h30, está previsto o jogo da primeira rodada do mineiro Marcelo Melo e o argetino Maximo Gonzalez, vice-campeões no último sábado (21) do ATP 250 de Lyon (França). No primeiro Grand Slam da parceria Brasil-Argentina, cabeça de chave 15, a estreia será contra o esloveno Aljaz Bedene e o sérvio Filip Krajinovic. 

Programação de quarta-feira (25)

SIMPLES

Leia Também:  Presidente da ANS será convidado a explicar reajustes nos planos de saúde

Segunda rodada –  Bia Haddad (Brasil) x Kaia Kanepi (Estônia) – horário a ser definido

DUPLAS

Estreia – Bruno Soares (Brasil) e Jamie Murray (Escócia) x Lloyd Harris (África do Sul) e Jonathan Erlich (Israel) – horário a ser definido

Estreia – Bia Haddad (Brasil) e Ana Danilina (Cazaquistão) x Eri Hozumi e Makoto Ninomiya (ambas do Japão) –  horário a ser definido

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esportes

Corinthians empata em 0 a 0 com o Santos na Neo Química Arena, pelo Campeonato Brasileiro

Publicados

em

O Corinthians voltou a enfrentar o Santos na Neo Química Arena, neste sábado (25), em disputa pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em um jogo truncado, o Time do Povo empatou em 0 a 0 com a equipe da baixada santista.
Com a igualdade do placar, o Timão agora tem 26 pontos na tabela da competição e segue na vice-liderança.
A próxima partida do Corinthians será na terça-feira (28), também na Neo Química Arena. O Timão enfrenta o Boca Juniors-ARG pela partida de ida das oitavas de final da CONMEBOL  Libertadores.
Escalação
O técnico Vítor Pereira definiu a seguinte equipe para iniciar a partida: Cássio; Rafael Ramos, Robert Renan, Raul Gustavo e Fábio Santos; Cantillo, Du Queiroz e Roni; Adson, Felipe e Gustavo Mantuan. Durante a partida entraram: Willian, Giuliano, JR. Moraes, Fagner e Lucas Piton. E ainda ficaram à disposição no banco de reservas: Ivan, João Pedro, Biro, Matheus Araújo, Bruno Mendez, Bruno Melo e Xavier.
Primeiro Tempo
O jogo começou com as duas equipes se estudando nos primeiros minutos de jogo. A posse de bola ficou equilibrada, com ambos os lados buscando espaços.
Aos 10 minutos, em um contra-ataque, o Santos chegou pela primeira vez. O atacante, cara a cara com Cássio, chutou pra fora – de toda forma, o árbitro assistente levantou a bandeira assinalando impedimento no lance. Aos 16, novamente o adversário chegou, e Cássio fez uma bela defesa, mandando a bola para escanteio.
Aos 18 minutos, o Corinthians chegou pela primeira vez. Adson fez o passe para Du Queiroz, que cortou e chutou de fora da área, a bola foi por cima do gol.
Aos 20 minutos, o árbitro marcou uma falta perigosa contra o Corinthians. Na cobrança, o atleta do Santos chutou e mandou pra fora. Aos 26 minutos, Mantuan cobrou falta na entrada da área e a bola foi para fora.
O Timão chega novamente! Aos 33 minutos, Mantuan, pela esquerda, fez o passe para Du Queiroz, que estava mais centralizado; o camisa 37 arriscou de fora da área e a bola foi por cima do gol.
O Santos arriscou mais uma vez de fora da área, aos 41 minutos. A bola ficou de fácil defesa para o goleiro Cássio. O árbitro deu um minuto de acréscimo.
Segundo Tempo
Antes de iniciar o segundo tempo, o técnico Vítor Pereira fez a primeira mudança dupla no Timão: saíram Gustavo Mantuan e Du Queiroz e entraram Willian e Giuliano.
Logo aos três minutos, primeira chegada com perigo do Timão. Willian tabelou com Giuliano. O camisa 11 chutou a bola, que passou pelo gol e saiu pela linha de fundo. A Fiel se agitou após o lance. Aos sete, Adson tocou para Rafael Ramos, que chutou cruzado; a bola passou muito perto do gol do Timão!
O Santos respondeu dois minutos depois, com um chute na entrada da área. A bola desviou e a equipe da baixada santista ganhou escanteio.
O técnico Vítor Pereira fez mais uma alteração aos 10 minutos. Saiu Felipe e entrou JR. Moraes. Cinco minutos depois, mais uma alteração: saiu Rafael Ramos e entrou Fagner.
Aos 21 minutos, Willian escorou para Giuliano, que tentou um voleio, mas a bola ficou fácil para a defesa santista. Dois minutos depois, foi a vez de Roni fazer o goleiro adversário trabalhar, em uma jogada bem arquitetada pelo ataque do Timão. O Alvinegro ganhou escanteio. Neste meio tempo, o Corinthians mexeu pela última vez na partida: saiu Roni e entrou Lucas Piton.
O jogo ficou truncado no meio de campo por muitos minutos, com muitas interrupções.
O árbitro deu cinco minutos de acréscimo. Fim de jogo na Neo Química Arena, empate em 0 a 0.
Próximo Jogo
O Corinthians volta a campo na próxima terça-feira (28), às 21h30, na Neo Química Arena, para enfrentar a equipe argentina do Boca Juniors, pela partida de ida das oitavas de final da CONMEBOL Libertadores.
COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Boulos desiste de disputar governo de SP e vai tentar vaga na Câmara

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

polícia

política

Cidades

ESPORTES

Saúde

É Direito

MAIS LIDAS DA SEMANA