Esportes

Wesley do Palmeiras joga após três meses fora por lesão

Publicados

em


“Eu estou me sentindo bem, foi um bom período sem jogar. Feliz pela minha volta, só quem estava comigo nesse momento sabe. Trabalhei, trabalhei. Agora o foco é a Copa do Brasil, voltando a pegar ritmo de jogo para, quem sabe, ajudar o Palmeiras nessa reta final”, declarou o atacante.

Apesar das 32 partidas fora do time desde que se lesionou, no jogo do dia 05 de novembro, contra o Red Bull Bragantino pela Copa do Brasil, o jogador ainda domina algumas estatísticas individuais. Ao início desta rodada, Wesley entrou em campo como o quarto colocado em dribles dentre os palmeirenses na temporada atual, com 27 fintas (liderava com folga o quesito à época em que se lesionou), o quinto que mais finalizou corretamente, com 24 chutes a gol, ao lado de Gabriel Menino, e o sexto com mais assistências, com seis passes para que seus companheiros pudessem marcar, assim como Willian Bigode.

  Técnico português Abel Ferreira é o favorito para assumir o Palmeiras

Leia Também:  Neymar é acusado pela Uefa de insultar o árbitro após eliminação do PSG na Champions

Aquela partida que tirou o jogador de boa parte da temporada, aliás, quando foi substituído aos 18 minutos de bola rolando (contra o Red Bull Bragantino, no Allianz Parque, pelas oitavas de final da Copa do Brasil), marcou a estreia de Abel Ferreira e valeu classificação às quartas do Nacional: o Verdão venceu por 1 a 0 com gol de Gabriel Veron, que foi justamente quem entrou no lugar do lesionado Wesley naquela ocasião.

A Cria da Academia que retornou nesta noite ao time foi promovida na temporada atual (início de 2020) e, após ter grande sequência na titularidade do time, sendo um dos pilares, se lesionou e precisou passar por cirurgia no joelho esquerdo.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esportes

Gabriel Silva faz primeiro gol de sua carreira como jogador profissional

Publicados

em


O atacante foi às redes aos 24 minutos do primeiro tempo, após jogada de contra-ataque. O tento contou com assistência de Willian Bigode. o jogador de 18 anos chegou ao clube aos 13, em 2015, e tem no currículo dois títulos do mundial de clubes Sub-17 – nas duas finais, aliás, ele deixou sua marca: primeiro na vitória por 4 a 2 sobre o Real Madrid na decisão de 2018, na Espanha, e depois na vitória por 2 a 1 sobre o Leganés-ESP em 2019, também na Espanha.

Na base, Gabriel Silva faz parte de uma geração vitoriosa. Campeão paulista Sub-15, Sub-17, Sub-20 e profissional pelo Verdão, marcou 40 gols em 46 jogos atuando pelo Sub-17 e pelo Sub-20 em 2019 e se destacou também por balançar as redes em todas as finais nacionais que disputou na temporada passada: Paulista Sub-17 (vice-campeão), Copa do Brasil Sub-17 (campeão), Supercopa do Brasil Sub-17 (campeão), Paulista Sub-20 (campeão), Brasileiro Sub-20 (vice-campeão) e Supercopa do Brasil Sub-20 (vice-campeão). Em 2020, fez seis gols em sete jogos entre Brasileiro Sub-20 e Copa do Brasil Sub-20.

  Palmeiras vence nos pênaltis e vai para a final do Campeonato Paulista sub – 20

Leia Também:  Após estreia na Copa do Nordeste, elenco se reapresenta nesta quarta

Ao todo, Gabriel Silva soma 19 jogos pelo Palmeiras: oito vitórias, sete empates e quatro reveses, e agora tem um gol marcado pelo Maior Campeão do Brasil.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

polícia

política

Cidades

ESPORTES

Saúde

É Direito

MAIS LIDAS DA SEMANA