Esportes

Riquelme agradece apoio dos experientes, elogia Fernando Diniz e projeta duelo contra o Náutico

Publicados

em


Na vitória por 2 a 1 sobre o Coritiba, o Vasco da Gama teve como destaque um jovem oriundo das categorias de base. Com passagem pela Seleção Brasileira, o lateral-esquerdo Riquelme, de 19 anos, teve uma atuação de gala e arrancou aplausos dos torcedores, que compareceram em bom número ao Estádio de São Januário. Ao término da partida, em entrevista ao Site Oficial, o camisa 45 valorizou o desempenho do time cruzmaltino e não poupou elogios para o técnico Fernando Diniz.

– Vejo que foi nossa melhor partida em casa, com o apoio da torcida. Estamos felizes com o resultado, não satisfeitos por nossa posição na tabela, mas sabemos que faltam jogos ainda e estamos bem focados nesse objetivo de colocar o Vasco de volta na Série A. Estamos fazendo tudo que o professor Diniz nos pede durante a semana e graças a Deus vem tudo dando certo – disse Riquelme, revelando em seguida o que sentiu ao ver os cruzmaltinos cantando seu nome na Colina Histórica, onde chegou em 2012.

  Zagueiro do Vasco diz que sua maior vontade é derrotar o Flamengo

Leia Também:  GP da Emilia-Romagna: Hamilton vence prova tumultuada e já pode faturar hepta na próxima prova

– O sentimento é inexplicável. Eu sou vascaíno desde pequeno e sempre vinha para acompanhar os jogos nas arquibancadas, então é uma honra e um sonho realizado poder estar desfrutando do que mais amo dentro de São Januário. Agradeço ao apoio dos mais experientes, do professor Fernando Diniz e da comissão técnica. Todos estão me passando muita confiança e isso tem sido importante para que eu possa desenvolver o meu futebol, colocar em prática tudo que consegui fazer na base – acrescentou o camisa 45.

Riquelme em ação contra o Coritiba- Foto: Rafael Ribeiro/Vasco.com.br

Em sexto lugar no Campeonato Brasileiro, o Vasco da Gama venceu quatro dos últimos cinco jogos e reduziu em oito pontos a diferença para o G4 do Campeonato Brasileiro. Para seguir se aproximando do pelotão de cima e ficar ainda mais próximo do seu objetivo, o Cruzmaltino sabe que precisa seguir pontuando. O próximo desafio será diante do Náutico, no domingo (24/10), às 16 horas, nos Aflitos, em Pernambuco. O Timbu também atravessa um boa fase, tendo em vista que saiu de campo vitorioso nas três últimas partidas que disputou.

  Vasco vence o Sampaio Corrêa pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro

Leia Também:  Furacão termina a fase de grupos com a segunda melhor campanha

– Meu objetivo é colocar o Vasco de volta na Série A e conquistar grandes coisas por aqui, junto com essa equipe, vestindo essa camisa. Sobre o próximo jogo, sabemos que o Náutico é um adversário muito difícil, mas vamos para Recife em busca dos três pontos, até porque só a vitória nos interessa. É um time qualificado, assim como o nosso, então tem tudo para ser uma grande partida – finalizou o jovem lateral-esquerdo.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esportes

Atlético-GO marca no fim e vence o Bahia em confronto direto da parte baixa da tabela

Publicados

em


Em jogo válido pela 35ª rodada, Dragão faz 2 a 1 no Tricolor, com o gol da vitória marcado por Janderson aos 48 da segunda etapa, e volta a vencer na Série A após sete jogos

foto: flickr atetico

O fim do jejum do Atlético-GO no Brasileirão Assaí foi com muita emoção. O Dragão bateu o Bahia por 2 a 1, nesta segunda-feira (29), jogando no Estádio Antônio Accioly, em Goiânia. Marlon Freitas e Janderson – esse nos acréscimos – marcaram os gols do Rubro-Negro, enquanto Rodallega assinalou para o Tricolor em jogo válido pela 35ª rodada.

A vitória no confronto direto faz com que o Atlético-GO chegue aos 44 pontos e assuma a 13ª colocação. Já o Bahia fica em 16º, somando 40 pontos.

+Confira a tabela do Brasileirão Assaí!

O jogo

O primeiro tempo em Goiânia foi de muita intensidade física, com as duas equipes lutando pelos espaços, mas sem muitas oportunidades de gol. Os dois times dividiram a posse de bola e o número de finalizações.

A melhor chance do Dragão foi aos 15 minutos, quando João Paulo serviu André Luís pelo lado direito, o meia finalizou duas vezes e o goleiro Danilo Fernandes apareceu para fazer uma grande defesa e evitar o gol. Já o Tricolor teve seu melhor lance no primeiro tempo com Gilberto: aos 32, o centroavante foi lançado em profundidade, chutou forte, mas a bola foi por cima.

  Corinthians vence Santos na Neo Química Arena e entra no G4 do Brasileirão

Leia Também:  Por dívida, Justiça ordena que Vasco só transfira jogadores após depósito de 5% do valor

O ritmo no segundo tempo se manteve, porém, com melhor aproveitamento nas finalizações. Logo nos primeiros segundos, Ronald acertou a rede do Bahia pelo lado de fora. E quando o relógio marcava 13 minutos, Marlon Freitas, de pênalti, abriu o placar para o time rubro-negro.

O Tricolor, em desvantagem, aumentou seu volume ofensivo e aos 25, após um cruzamento desviado na defesa, Rossi lutou pela posse na área e a bola sobrou limpa para Rodallega, que chutou firme e deixou o placar empatado.

As duas equipes seguiram atacando e criando oportunidades de gol. Até que aos 48, em transição rápida, Lucão ajeitou para Janderson pelo lado direito, o atacante avançou e soltou um foguete para estufar as redes do Bahia e definir o placar. No fim, o Tricolor ainda perdeu Juninho Capixaba, expulso.

Fonte: https://www.cbf.com.br/futebol-brasileiro/competicoes/campeonato-brasileiro-serie-a-jogos/2021-42-1-350

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

polícia

política

Cidades

ESPORTES

Saúde

É Direito

MAIS LIDAS DA SEMANA