Esportes

Corinthians vence Santos na Neo Química Arena e entra no G4 do Brasileirão

Publicados

em



Foto: Rodrigo Coca / Ag. Corinthians
Na tarde deste domingo (21), com a presença de mais de 40 mil corinthianos, o Corinthians entrou em campo para mais uma partida do Brasileirão 2021. Pela 34ª rodada do nacional, o Timão recebeu o Santos, na Neo Química Arena, e venceu por 2 a 0. Jô e Gabriel fizeram os gols corintianos.
Com a vitória, o Timão soma 53 pontos na competição e ocupa a 4ª posição da tabela.
Timão escalado
Para a partida diante do Santos, o técnico Sylvinho escalou um onze inicial formado por: Cássio (capitão); Fagner, João Victor, Gil e Fábio Santos; Gabriel, Du Queiroz, Renato Augusto, Gabriel Pereira, Róger Guedes e Jô. À disposição no banco de reservas estavam: Matheus Donelli, Raul Gustavo, Lucas Piton, João Pedro, Xavier, Roni, Vitinho, Adson, Luan, Gustavo Silva, Willian e Gustavo Mantuan.
Primeiro tempo
Na primeira parte do Clássico Alvinegro, o Corinthians pressionou a equipe santista desde os primeiros minutos. A principal jogada do Timão foi aos 13 minutos, com Róger Guedes. Após boa tabela com Jô, o camisa 123 infiltrou à área adversária e driblou o zagueiro, mas na hora do chute o goleiro fez a defesa.
Na cobrança de escanteio, Gil subiu mais que a zaga do Santos, cabeceou, porém, o goleiro novamente conseguiu defender. Aos 18, novamente em escanteio, João Victor recebeu passe de Gil, mas não conseguiu acertar a finalização.
O Corinthians seguia pressionando em busca de abrir o placar. Aos 30, Renato Augusto deixou Róger Guedes em ótima condição e o atacante alvinegro finalizou dentro da área e mais uma vez João Paulo defendeu.
Perto do fim do primeiro tempo, aos 40 minutos, Gabriel Pereira recebeu de Renato Augusto, chutou forte rasteiro no meio do gol, no entanto, o goleiro conseguiu defender. Aos 44 minutos, Fagner fez grande jogada individual e conseguiu servir Jô, que dominou e chutou a bola por cima do travessão.
Segundo tempo
Na etapa final, logo no início, o Corinthians conseguiu abrir o placar aos dois minutos. Após jogada e assistência de Du Queiroz, Jô recebeu na área, fez o giro e bateu no canto direito para a explosão da Fiel.
Em busca de fôlego novo no time, Sylvinho propôs duas mudanças até os 33 minutos da etapa final. Willian entrou no lugar do Gabriel Pereira e Roni entrou no lugar do Du Queiroz.
Já caminhando para o fim da etapa final, o Timão marcou o segundo gol no duelo. Após pivô e passe na medida de Jô, Gabriel chegou batendo e fez para o Timão.
Antes de acabar o confronto, Sylvinho promoveu a entrada de Gustavo Mosquito no lugar de Jô, que saiu ovacionado pela Fiel.
Próximo jogo
O Corinthians volta a entrar em campo na próxima quinta-feira (25). No Castelão, o Timão enfrenta o Ceará, às 20h (horário de Brasília). Partida será válida pela 35ª rodada do Brasileirão.

Tags: Futebol, Notícias

  Corinthians goleia o Sport Huancayo-PER pela Sul-Americana

Leia Também:  Competições reúnem 1.300 estudantes em Diamantino

Categoria(s): Futebol

fonte: https://www.corinthians.com.br/noticias/corinthians-vence-santos-na-neo-quimica-arena-e-entra-no-g4-do-brasileirao

COMENTE ABAIXO:

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esportes

Atlético-GO marca no fim e vence o Bahia em confronto direto da parte baixa da tabela

Publicados

em


Em jogo válido pela 35ª rodada, Dragão faz 2 a 1 no Tricolor, com o gol da vitória marcado por Janderson aos 48 da segunda etapa, e volta a vencer na Série A após sete jogos

foto: flickr atetico

O fim do jejum do Atlético-GO no Brasileirão Assaí foi com muita emoção. O Dragão bateu o Bahia por 2 a 1, nesta segunda-feira (29), jogando no Estádio Antônio Accioly, em Goiânia. Marlon Freitas e Janderson – esse nos acréscimos – marcaram os gols do Rubro-Negro, enquanto Rodallega assinalou para o Tricolor em jogo válido pela 35ª rodada.

A vitória no confronto direto faz com que o Atlético-GO chegue aos 44 pontos e assuma a 13ª colocação. Já o Bahia fica em 16º, somando 40 pontos.

+Confira a tabela do Brasileirão Assaí!

O jogo

O primeiro tempo em Goiânia foi de muita intensidade física, com as duas equipes lutando pelos espaços, mas sem muitas oportunidades de gol. Os dois times dividiram a posse de bola e o número de finalizações.

A melhor chance do Dragão foi aos 15 minutos, quando João Paulo serviu André Luís pelo lado direito, o meia finalizou duas vezes e o goleiro Danilo Fernandes apareceu para fazer uma grande defesa e evitar o gol. Já o Tricolor teve seu melhor lance no primeiro tempo com Gilberto: aos 32, o centroavante foi lançado em profundidade, chutou forte, mas a bola foi por cima.

  Corinthians vence Santos na Neo Química Arena e entra no G4 do Brasileirão

Leia Também:  Em jogo equilibrado, São Paulo empata com Atlético-MG no Morumbi

O ritmo no segundo tempo se manteve, porém, com melhor aproveitamento nas finalizações. Logo nos primeiros segundos, Ronald acertou a rede do Bahia pelo lado de fora. E quando o relógio marcava 13 minutos, Marlon Freitas, de pênalti, abriu o placar para o time rubro-negro.

O Tricolor, em desvantagem, aumentou seu volume ofensivo e aos 25, após um cruzamento desviado na defesa, Rossi lutou pela posse na área e a bola sobrou limpa para Rodallega, que chutou firme e deixou o placar empatado.

As duas equipes seguiram atacando e criando oportunidades de gol. Até que aos 48, em transição rápida, Lucão ajeitou para Janderson pelo lado direito, o atacante avançou e soltou um foguete para estufar as redes do Bahia e definir o placar. No fim, o Tricolor ainda perdeu Juninho Capixaba, expulso.

Fonte: https://www.cbf.com.br/futebol-brasileiro/competicoes/campeonato-brasileiro-serie-a-jogos/2021-42-1-350

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

polícia

política

Cidades

ESPORTES

Saúde

É Direito

MAIS LIDAS DA SEMANA