Esportes

Brasil fica em 2º lugar geral em medalhas em olimpíadas estudantis

Publicados

em

Encerrada ontem (22), em Normandia, na França, as olimpíadas escolares ISF Gymnasiade 2022 tiveram participação histórica da delegação brasileira tanto no número de atletas – foram 230 jovens entre 16 e 18 anos – quanto no quadro geral de medalhas – onde o Brasil foi vice-campeão, com 45 ouros, 45 pratas e 36 bronzes.

A delegação brasileira participou de competições em 20 modalidades. Segundo dados do Ministério da Cidadania, que destinou R$ 5,5 milhões para os jovens atletas participarem do evento, representantes de 22 estados foram selecionados para os jogos.

“Chegar aqui na França e ver uma delegação deste tamanho, com 230 atletas e paratletas, mais a comissão técnica, sabendo que nosso esporte de base, na plataforma escolar, foi recuperado, ressurgiu, é muito gratificante”, afirmou o ministro da Cidadania, Ronaldo Bento, que esteve presente na cerimônia de encerramento da Gymnasiade.

Troféu Fairplay

Além do segundo lugar no quadro geral e das dezenas de medalhas, os jovens brasileiros foram agraciados com o Troféu Fairplay, destinado à delegação que mais cativou a atenção dos participantes e dos organizadores do evento. “O Brasil, além de ser muito forte esportivamente, como demonstra nosso resultado expressivo, também é o mais querido. Isso significa que estamos cumprindo o papel de pregar a paz, a união, a tolerância, e de contribuir para a formação da cidadania desses jovens e para a construção de um mundo melhor”, afirmou o presidente da Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE), Antônio Hora Filho.

Leia Também:  Brasil assume o terceiro lugar geral no Mundial de natação paralímpica

Assista trechos da participação brasileira na Gymnasiade 2022

Edição: Pedro Ivo de Oliveira

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esportes

Corinthians empata em 0 a 0 com o Santos na Neo Química Arena, pelo Campeonato Brasileiro

Publicados

em

O Corinthians voltou a enfrentar o Santos na Neo Química Arena, neste sábado (25), em disputa pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em um jogo truncado, o Time do Povo empatou em 0 a 0 com a equipe da baixada santista.
Com a igualdade do placar, o Timão agora tem 26 pontos na tabela da competição e segue na vice-liderança.
A próxima partida do Corinthians será na terça-feira (28), também na Neo Química Arena. O Timão enfrenta o Boca Juniors-ARG pela partida de ida das oitavas de final da CONMEBOL  Libertadores.
Escalação
O técnico Vítor Pereira definiu a seguinte equipe para iniciar a partida: Cássio; Rafael Ramos, Robert Renan, Raul Gustavo e Fábio Santos; Cantillo, Du Queiroz e Roni; Adson, Felipe e Gustavo Mantuan. Durante a partida entraram: Willian, Giuliano, JR. Moraes, Fagner e Lucas Piton. E ainda ficaram à disposição no banco de reservas: Ivan, João Pedro, Biro, Matheus Araújo, Bruno Mendez, Bruno Melo e Xavier.
Primeiro Tempo
O jogo começou com as duas equipes se estudando nos primeiros minutos de jogo. A posse de bola ficou equilibrada, com ambos os lados buscando espaços.
Aos 10 minutos, em um contra-ataque, o Santos chegou pela primeira vez. O atacante, cara a cara com Cássio, chutou pra fora – de toda forma, o árbitro assistente levantou a bandeira assinalando impedimento no lance. Aos 16, novamente o adversário chegou, e Cássio fez uma bela defesa, mandando a bola para escanteio.
Aos 18 minutos, o Corinthians chegou pela primeira vez. Adson fez o passe para Du Queiroz, que cortou e chutou de fora da área, a bola foi por cima do gol.
Aos 20 minutos, o árbitro marcou uma falta perigosa contra o Corinthians. Na cobrança, o atleta do Santos chutou e mandou pra fora. Aos 26 minutos, Mantuan cobrou falta na entrada da área e a bola foi para fora.
O Timão chega novamente! Aos 33 minutos, Mantuan, pela esquerda, fez o passe para Du Queiroz, que estava mais centralizado; o camisa 37 arriscou de fora da área e a bola foi por cima do gol.
O Santos arriscou mais uma vez de fora da área, aos 41 minutos. A bola ficou de fácil defesa para o goleiro Cássio. O árbitro deu um minuto de acréscimo.
Segundo Tempo
Antes de iniciar o segundo tempo, o técnico Vítor Pereira fez a primeira mudança dupla no Timão: saíram Gustavo Mantuan e Du Queiroz e entraram Willian e Giuliano.
Logo aos três minutos, primeira chegada com perigo do Timão. Willian tabelou com Giuliano. O camisa 11 chutou a bola, que passou pelo gol e saiu pela linha de fundo. A Fiel se agitou após o lance. Aos sete, Adson tocou para Rafael Ramos, que chutou cruzado; a bola passou muito perto do gol do Timão!
O Santos respondeu dois minutos depois, com um chute na entrada da área. A bola desviou e a equipe da baixada santista ganhou escanteio.
O técnico Vítor Pereira fez mais uma alteração aos 10 minutos. Saiu Felipe e entrou JR. Moraes. Cinco minutos depois, mais uma alteração: saiu Rafael Ramos e entrou Fagner.
Aos 21 minutos, Willian escorou para Giuliano, que tentou um voleio, mas a bola ficou fácil para a defesa santista. Dois minutos depois, foi a vez de Roni fazer o goleiro adversário trabalhar, em uma jogada bem arquitetada pelo ataque do Timão. O Alvinegro ganhou escanteio. Neste meio tempo, o Corinthians mexeu pela última vez na partida: saiu Roni e entrou Lucas Piton.
O jogo ficou truncado no meio de campo por muitos minutos, com muitas interrupções.
O árbitro deu cinco minutos de acréscimo. Fim de jogo na Neo Química Arena, empate em 0 a 0.
Próximo Jogo
O Corinthians volta a campo na próxima terça-feira (28), às 21h30, na Neo Química Arena, para enfrentar a equipe argentina do Boca Juniors, pela partida de ida das oitavas de final da CONMEBOL Libertadores.
COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Tite põe trio na disputa por vaga de Neymar e promete liberdade a Coutinho

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

polícia

política

Cidades

ESPORTES

Saúde

É Direito

MAIS LIDAS DA SEMANA