Home Esportes Escaldado por má atuação, Tite grita, veta entrevistas e prepara jogo-treino

Escaldado por má atuação, Tite grita, veta entrevistas e prepara jogo-treino

0

tite

Tite jurava, na semana passada, que o oba-oba em torno do quase campeão Corinthians ficava do lado de fora e não atingia seus jogadores. Após uma atuação ruim, com uma vitória muito sofrida sobre o frágil Coritiba em Itaquera, o treinador resolveu ser mais rígido na preparação para o duelo com o Vasco.

“É um sentimento inconsciente. O lado externo influenciou nosso trabalho. Passamos uma semana como se já tivéssemos vencido o Coritiba, por mais que eu tenha vindo aqui e falado o contrário. A torcida e as projeções interferiram. A nossa equipe jogou menos do que poderia. Trazemos o aprendizado para agora”, afirmou o gaúcho.

Por isso, Tite tomou algumas medidas nesta semana. A reapresentação do grupo, na última quarta-feira, não teve o treino leve habitual, com atividade regenerativa para os atletas. Após três dias de folga, eles foram cobrados com gritos frequentes em uma movimentação com bola.

Na tentativa de conter o clima festivo, o técnico vetou também entrevistas exclusivas. Os personagens da campanha que tem boa chance de ser coroada com título do Campeonato Brasileiro não atenderão isoladamente a imprensa para falar sobre os segredos do quase hexa.

“A vaidade é inconsciente. É diferente da ostentação, da arrogância. Mas o time se deixou levar um pouco por esse sentimento, é humano. O grupo tem esse lado sadio, não é arrogante. Mas se deixou levar um pouco e teve um desempenho abaixo do normal”, comentou o comandante.

Mesmo com a atuação fraca, o Corinthians fez o suficiente para superar o Coritiba por 2 a 1, com um gol no finalzinho. Graças ao resultado, o time tem a possibilidade de festejar na próxima quinta-feira, sem depender de ninguém, em caso de vitória sobre o Vasco em São Januário.

Outra medida para um melhor desempenho no Rio de Janeiro foi a marcação de um jogo-treino. Na sexta-feira, os jogadores que não têm atuado com tanta frequência enfrentarão o Red Bull Brasil no CT do Parque Ecológico. A atividade será importante para a observação de Fagner e Uendel, que se recuperam de contusão e podem voltar.

Cobrando concentração, afastando distrações e apostando em uma preparação mais forte, Tite espera ver a equipe do Parque São Jorge perto daquilo que foi na maior parte do Brasileiro. Repetir o que foi feito 23 vezes em 34 rodadas, jogando bem ou mal, permitirá a festa.

Gazeta Esportiva

NENHUM COMENTÁRIO

Deixe sua resposta