Economia

FGTS extraordinário: veja quem pode sacar R$ 1 mil nesta quarta-feira

Publicados

em

source
Saque do FGTS: 3,4 milhões de trabalhadores nascidos em agosto recebem até R$ 1 mil nesta quarta-feira
Redação 1Bilhão Educação Financeira

Saque do FGTS: 3,4 milhões de trabalhadores nascidos em agosto recebem até R$ 1 mil nesta quarta-feira

A Caixa Econômica Federal vai depositar, nesta quarta-feira (25), o saque extraordinário do FGTS para trabalhadores nascidos em agosto. Neste sexto lote, 3,4 milhões de trabalhadores com contas ativas e inativas terão direito à retirada emergencial de até R$ 1 mil, num total de R$ 2,4 bilhões. Já os valores de 3,4 milhões de pessoas que nasceram em setembro serão liberados no próximo sábado (dia 28).

Ao todo, 42 milhões de trabalhadores têm direito de receber o saque extraordinário do FGTS. O saldo disponível pode ser consultado a qualquer momento pelo trabalhador, mas a retirada e a movimentação do valor seguem um cronograma estabelecido pela Caixa.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o  perfil geral do Portal iG

O calendário de retiradas começou no dia 20 de abril para os nascidos em janeiro. Os saques extraordinários vão ocorrer até 15 de junho. Quem perder a data terá até 15 de dezembro de 2022 para acessar os valores (veja o calendário no final da reportagem).

Como funciona?

O valor a ser liberado vai depender do saldo que cada pessoa tem no FGTS, considerando a soma dos valores disponíveis de todas as suas contas vinculadas. Os trabalhadores terão o recurso creditado automaticamente em uma conta criada no aplicativo Caixa Tem. Depois, poderão movimentar o dinheiro no app ou transferir os recursos para outro banco. Para transferir o saldo, há um limite diário no aplicativo de R$ 600.

Leia Também:  INSS: robôs analisam pedidos e, por isso, eles são negados, diz SINSSP

A Caixa informou que, embora o aplicativo do FGTS ofereça a opção de cadastrar uma conta bancária de outra instituição financeira, essas informações não serão consideradas para o crédito do saque extraordinário. O depósito será feito exclusivamente na conta do Caixa Tem.

Como solicitar?

Quem decidiu não aceitar os saques emergenciais do FGTS em 2020, já durante a pandemia da Covid-19, não terá o saque extraordinário do FGTS deste ano creditado automaticamente. Dessa vez, para receber os valores, de até R$ 1 mil, os trabalhadores deverão solicitar o benefício.

De acordo com a Caixa, a solicitação é feita de forma simples. Não há necessidade de ir a uma agência. O trabalhador deve acessar o App FGTS, no menu “Saque Extraordinário”, e confirmar ou complementar os dados cadastrais. A partir daí, basta clicar em “Solicitar Saque” para que o valor seja liberado.

O banco também informou que entre o dia da solicitação de saque e o dia do efetivo crédito na conta do Caixa Tem, é necessário um prazo mínimo para o processamento do pedido, motivo pelo qual o crédito pode ser realizado em data posterior ao dia estabelecido no calendário.

Quem antecipou saque-aniversário está apto?

Inicialmente, a Caixa havia informado que trabalhadores que contrataram empréstimos para antecipação do saque-aniversário estariam com a conta vinculada do FGTS bloqueada e, por isso, não poderiam efetuar o saque extraordinário de até R$ 1 mil. O bloqueio, no entanto, vale apenas para o valor e os juros correspondentes ao saque-aniversário.

Leia Também:  G7 proíbe investimentos na Rússia

Como conferir o saldo

A consulta ao saldo pode ser feita ainda pessoalmente, no balcão de atendimento de agências da Caixa, no site do banco ou pelo aplicativo do FGTS, que pode ser baixado gratuitamente no celular pela Apple Store ou pela Play Store.

Na página da Caixa Econômica Federal na internet, é preciso informar o NIS (PIS/Pasep), que pode ser consultado na carteira de trabalho ou em algum extrato antigo que o trabalhador tenha, e usar uma senha cadastrada pelo próprio trabalhador. É possível usar ainda a Senha Cidadão. A página oferece a opção de recuperar a senha, mas é preciso informar o NIS.

Quem tem o SMS cadastrado vai receber o valor do saque por mensagem no celular. A adesão é simples: basta acessar a página da Caixa na internet (https://www.caixa.gov.br/), selecionar as opções “FGTS”, “Entrar” e “Mensagem via Celular”, informar o número do NIS ou PIS/Pasep e clicar no botão “Cadastrar Senha”. Pronto! Seu acesso já estará liberado. Bastará agora selecionar “Serviços no Celular”.

O acompanhamento on-line das informações do FGTS permite ao trabalhador a gestão da regularidade dos depósitos em sua conta vinculada.

Outra forma de receber o extrato do FGTS é em casa a cada dois meses. O trabalhador deve informar seu endereço completo na página da Caixa, em uma agência bancária ou pelo telefone 0800-726-0101.

Calendário de saque do FGTS


COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Economia

Tesouro Direto: investimentos superaram resgates em R$ 1,76 bi em maio

Publicados

em

Em maio deste ano, as vendas de títulos públicos federais por meio do Tesouro Direto, do Tesouro Nacional, atingiram a cifra de R$ 3,9 bilhões. No mesmo mês, foram resgatados R$ 2,14 bilhão. Dessa forma, a emissão líquida, ou seja, o saldo entre papéis emitidos menos os títulos resgatados, foi de R$ 1,76 bilhão.

Aplicações de até R$ 1 mil representaram 59,99% de todas as operações de investimento mensais, mas o valor médio por operação foi de R$ 6.510,26.

O grupo mais demandado pelos investidores foi o indexado à Selic (Tesouro Selic), cuja participação nas vendas atingiu 56,5%. Os títulos indexados à inflação (Tesouro IPCA+ e Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais) corresponderam a 32,7% do total e os prefixados, a 10,9%.

Entre os títulos resgatados, o equivalente a pouco mais de R$ 2,05 bilhões foi readquirido pelo Tesouro Nacional, pelos preços de mercado na data da transação, e o correspondente a cerca de R$ 92,4 milhões foram relativos à data de vencimento – pelos quais o investidor recebe o valor integral da rentabilidade definida no momento da compra.

Leia Também:  Greve dos caminhoneiros faz quatro anos sob receio de nova paralisação

Quanto ao prazo, a maior parcela de vendas se concentrou nos títulos com vencimento entre 1 e 5 anos, que alcançaram 79,99% do total. As aplicações em títulos com vencimento acima de dez anos representaram 17,94%, enquanto os títulos com vencimento de cinco a dez anos corresponderam a 2,06% do total.

De acordo com o balanço que o Tesouro Nacional divulgou hoje (27), em maio foram realizadas 600,12 mil operações de investimento em títulos do Tesouro Direto. Além disso, o total de investidores com algum saldo em aplicações no programa de vendas de títulos públicos federais atingiu a marca de 1,974 milhão de pessoas, enquanto o total de cadastros cresceu com a entrada de mais 561,06 mil pessoas, atingindo o total de 18,953 milhões de nvestidores – número 72,39% superior ao de maio de 2021.

O balanço completo está disponível na página do Tesouro Direto.

Edição: Graça Adjuto

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

polícia

política

Cidades

ESPORTES

Saúde

É Direito

MAIS LIDAS DA SEMANA