Cidades

Secretário de Infraestrutura fiscaliza obras da MT-326 e garante término da maior ponte de concreto de MT

Publicados

em


Já considerada como a concretização de um sonho da região Araguaia, em Mato Grosso, a ponte sobre o Rio das Mortes, na rodovia MT-326, entre Cocalinho e Nova Nazaré, será concluída até o mês de março de 2022. A garantia é dada pelo secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira.

Segundo ele, a determinação do governador Mauro Mendes é de concluir as obras que forem iniciadas, independentemente do seu tamanho ou localização. A ponte terá 484 metros de extensão e é considerada a maior ponte de concreto sendo construída em Mato Grosso.

“Vamos terminar o que já estamos começando. O custo de se deixar uma obra inacabada é muito alto. É uma demonstração clara de incompetência. Nós não podemos fazer politicagem. Temos que fazer políticas corretas e necessárias para levarmos o desenvolvimento”, disse o secretário, durante vistoria nas obras da ponte.

A ponte está na fase de execução dos serviços de infraestrutura, com as obras avançando rapidamente. Estão previstos investimentos de R$ 52 milhões nessa obra, que vai transformar a realidade de todos os usuários da MT-326. Hoje, a travessia pelo rio é realizada apenas por balsa, que suporta somente um veículo de carga pesada por viagem.

Com isso, a espera para fazer uma simples travessia demora dias e a fila de veículos aguardando chega a quilômetros de extensão.  Rotina que irá mudar com a realização da obra da ponte, que vai garantir o fluxo contínuo de veículos, sem nenhuma parada, garantindo maior fluidez na chamada “Rodovia do Calcário”, que interliga vários municípios do Araguaia.

De acordo com o secretário Marcelo de Oliveira, a construção da ponte é a concretização de um compromisso feito pelo governador Mauro Mendes – e aliada a outras obras de ponte e pavimentação na rodovia vai assegurar o crescimento e desenvolvimento econômico de toda a região Araguaia. Ao todo, estão sendo investidos cerca de R$ 146,7 milhões em obras na MT-326.

Leia Também:  Governador anuncia criação de nova Escola Militar Tiradentes em Sinop; unidade terá 800 vagas

“Toda essa região precisa de um auxílio da Sinfra. Eu acredito que vai ampliar muito mais a produção. Vai chegar mais desenvolvimento. As cidades vão crescer. A qualidade de vida vai melhorar. Isto é o que o governador Mauro Mendes deseja para o Estado de Mato Grosso: que cresça, desenvolva, que o direito de ir e vir do cidadão seja em boas estradas, que seja um estado que gire a economia. O governador está investindo em infraestrutura de logística rodoviária. É um governo transformador. Não tenho dúvidas de que traremos ainda mais ação para essa região”, disse o secretário.

Além da ponte sobre o Rio das Mortes, o secretário vistoriou ainda outras pontes que complementam o investimento em infraestrutura rodoviária feito na região. Foram vistoriadas as pontes sobre os Rios Água Limpa, Água Suja, Corixão, Corixinho, Borecaia e Água Preta, além de dois lotes de obras de pavimentação em Cocalinho.

Está em andamento a pavimentação de um trecho de 41,2 quilômetros entre o entroncamento da MT-411 e a Estaca 2062. Outro lote de obras vai da Estaca 2062 até a Estaca 3825, somando mais 35,2 quilômetros de extensão em obras na MT-326.

Segundo o secretário, a conclusão dessas obras, somada à manutenção nos demais trechos não-pavimentados da rodovia, vão garantir maior trafegabilidade pelas estradas da região, uma vez que também estão em andamento obras na MT-100, outra rodovia importante na rota de escoamento da produção agrícola do Araguaia.

Leia Também:  Setasc fornece apoio técnico aos municípios; finalidade é aprimorar e qualificar oferta dos serviços

“Nós estamos soltando agora neste mês de maio um procedimento licitatório em que dividimos o Estado em 13 regiões e, nessas regiões, faremos serviços de manutenção de rodovias pavimentadas e não-pavimentadas que vão atender a todo o Estado. Tenham a certeza que até o final do ano não teremos buracos na estrada”, disse o secretário.

Em Cocalinho, a pavimentação nem foi concluída, mas já está mudando a vida da cidade.  “Essa é uma obra que foi anunciada aqui há muito tempo, mas só agora vemos realmente acontecendo. O governador Mauro Mendes está de parabéns. A sociedade aqui de Cocalinho agradece imensamente”, disse o prefeito de Cocalinho, Marcio Conceição.

Vistoria no Araguaia

Essas vistorias fazem parte de uma grande fiscalização que o secretário Marcelo de Oliveira realizou, ao longo da última semana, nas obras que estão em andamento na região do Araguaia. Ao todo, ele percorreu as cidades de Rondonópolis, Guiratinga, Alto Garças, Araguainha, Ponte Branca, Ribeirãozinho, Torixoréu, Pontal do Araguaia,  Araguaiana, Barra do Garças, Cocalinho, Água Boa,  Canarana, Paranatinga e Primavera do Leste.

Foram vistoriadas obras de construção de pontes, pavimentação e restauração executadas pelo Governo de Mato Grosso.  Além do secretário, o acompanharam ainda a superintendente de Execução e Fiscalização de Obras da Sinfra, Paula Janayna Fenerich, e engenheiros das empresas executoras das obras na rodovia, além de prefeitos municipais.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Cidades

Sábado (12): Mato Grosso registra 427.572 casos e 11.390 óbitos por Covid-19

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste sábado (12.06), 427.572 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 11.390 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 1.001 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 427.572 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 13.788 estão em isolamento domiciliar e 400.171 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 478 internações em UTIs públicas e 352 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 90,19% para UTIs adulto e em 39% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (89.250), Rondonópolis (31.210), Várzea Grande (29.177), Sinop (20.758), Sorriso (14.750), Tangará da Serra (14.607), Lucas do Rio Verde (13.090), Primavera do Leste (10.954), Cáceres (9.221) e Alta Floresta (8.131).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Leia Também:  "Cuidado com a saúde é o primordial dever que nos impõe como pastores", afirma Dom Milton

O documento ainda aponta que um total de 345.418 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 787 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na sexta-feira (11.06), o Governo Federal confirmou o total de 17.296.118 casos da Covid-19 no Brasil e 484.235 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 17.210.969 casos da Covid-19 no Brasil e 482.019 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados deste sábado (12.06).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

Leia Também:  Governo e Prefeitura implementam atividade delegada de militares em Campo Novo do Parecis

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

polícia

política

Cidades

ESPORTES

Saúde

É Direito

MAIS LIDAS DA SEMANA