Cidades

MT Hemocentro e parceiros lançam campanha para salvar vidas

Publicados

em


O MT Hemocentro e o Grupo RDM de Comunicação lançaram, nesta quinta-feira (25.11), a campanha “Eu aceitei o desafio e salvei quatro vidas”. A ação vai até o dia 17 de dezembro e incentiva o doador de sangue a gravar um vídeo-selfie desafiando seus amigos nas redes sociais a também fazerem a doação no único Banco de Sangue Público de Mato Grosso.

Conforme explica a diretora da unidade, Gian Carla Zanela, o doador de sangue deve postar o vídeo-selfie nas redes sociais e desafiar outras pessoas e marcar os perfis do MT Hemocentro (@mthemocentro) e do Grupo RDM de Comunicação (@grupordmonline).

O doador desafiado, após doar sangue, deve seguir essa mesma dinâmica. Todos os doadores ganharão a camiseta da campanha.

“Através deste desafio, queremos aumentar o número de doadores fidelizados porque estamos chegando em um período de diminuição natural de doadores devido às festas e férias que ocorrem de dezembro a fevereiro. Para nós, é importante reforçar nosso estoque principalmente agora, com o retorno das cirurgias eletivas, procedimentos que precisam de sangue para manter os pacientes saudáveis e vivos. Sem sangue não tem como sobreviver, por isso precisamos de doadores voluntários que se fidelizem”, diz a diretora.

Feliz com a parceria, a gerente comercial do grupo RDM, Marciele de Oliveira, ressalta que, além de auxiliar pessoas hospitalizadas que precisam de sangue, a doação ajuda os pacientes do Banco de Sangue Público a continuarem os tratamentos hematológicos na unidade.

“Outra preocupação nossa é com os pacientes que fazem tratamento no MT Hemocentro e precisam desse sangue para continuar a viver. São muitas crianças que dependem de uma bolsa de sangue. Para ajudá-las, contamos com o apoio da população nessa campanha”, acrescenta Marciele.

Leia Também:  Governo de MT consegue autorização do ICMBio para fazer investimentos no Parque Nacional de Chapada

Doadora fidelizada há oito anos, a esteticista Rosana Ribeiro da Silva, de 38 anos, lembra que começou a doar sangue para ajudar uma amiga que tinha sofrido acidente e, desde então, nunca mais parou.  “Me sinto importante ao doar sangue. Sempre checo minha carteira de doador e, se já deu o período de três meses, eu venho para doar. Me sinto mais leve, principalmente no outro dia, porque você ajudou outras pessoas”, comenta Rosana.

O pintor João de Souza, de 59 anos, é doador fidelizado há 22 anos e diz ter orgulho de fazer o bem ao próximo. “Doo para salvar vidas. Me sinto orgulhoso por ter salvado tantas ao longo desses anos. É preciso que a gente faça o bem para o ser humano”, acredita João. 

A campanha conta com o apoio da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) e União Avícola Agroinsutrial, além da participação de artistas, influenciadores digitais da capital, personalidades locais e nacionais, políticos, advogados da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-MT), do Corpo Musical da Polícia Militar e da primeira-dama do Estado, Virginia Mendes.

Homenagens

Durante o lançamento da campanha, que ocorreu na sede do Hemocentro, as doações foram feitas sob o som do Corpo Musical da Polícia Militar. Ainda no evento, diversos doadores foram homenageados pelo tempo de doação, como a Isabel da Cruz Souza, de 72 anos, que, devido à idade, não pôde mais ser doadora. Ela e outros doadores ganharam uma moção de aplausos da equipe do Banco de Sangue e um certificado.

Leia Também:  Professores têm até 30 de junho para prestar conta da compra dos notebooks

“Estou muito emocionada de estar aqui. Vou ser franca e dizer que foi um dia muito triste para mim quando eu soube que não poderia mais ser doadora porque eu sentia uma imensa felicidade ao doar sangue, eu saía leve daqui. Como eu queria ter 18 anos para doar novamente, mas eu não posso. Outras pessoas podem então peço para todos que venham doar sangue, venham salvar vidas. Isso é gratificante”, pediu Isabel.

A doação

Devido à pandemia pela Covid-19, o MT Hemocentro está agendando as doações de sangue a fim de evitar aglomeração no local. As doações podem ser agendadas por meio dos telefones (65) 98433-0624 (Whatsapp, ligação ou mensagem) ou (65) 3623-0044, ramais 211 e 221. Também é possível agendar a doação pela internet, neste link.

Além do agendamento como medida de biossegurança aos doadores e servidores do local, o Banco de Sangue atende o máximo de 10 pessoas por hora, além de fornecer álcool em gel.

A sede do MT-Hemocentro está localizada na Rua 13 de junho, n° 1.055, Cuiabá, Centro Sul. O funcionamento da unidade ocorre de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h30.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Cidades

Governo de MT já pactuou 89% das doses recebidas; veja quanto cada município aplicou

Publicados

em


O Governo de Mato Grosso recebeu, até esta terça-feira (30.11), 6.318.957 doses das vacinas contra Covid-19 do Ministério da Saúde e já distribuiu 5.630.840 aos 141 municípios do Estado, ou seja, 89% do total recebido.

A disponibilização das doses é resultado da soma da primeira e segunda doses ou doses únicas (5.598.859), acrescida das doses destinadas às populações indígenas aldeadas (54.120) e dos arredondamentos técnicos (36.583) necessários para o ajuste volumétrico dos frascos disponibilizados pelo Ministério da Saúde.

É importante destacar que o ranking de aplicação não considera as doses destinadas aos povos indígenas para evitar qualquer disparidade nos dados. Alguns municípios contabilizavam doses aplicadas em aldeias pertencentes a territórios vizinhos e ultrapassavam o limite de 100% da aplicação.
 
Das 5.630.840 doses disponibilizadas aos municípios, as prefeituras aplicaram 4.559.701 (81%), sendo 2.484.802 como primeira dose ou dose única e 1.835.662 como segunda dose. O percentual da semana retrasada era de 81,6%.

Os 10 municípios que mais aplicaram vacinas, considerando o percentual de doses aplicadas em relação às doses recebidas, foram: Nova Brasilândia (99,2%), Campos de Júlio (97%), Diamantino (97%), São José do Povo (96,8%), Primavera do Leste (96,7%), Lucas do Rio Verde (96,4%), Glória D’Oeste (96,3%), Ipiranga do Norte (96,2%), Nortelândia (96,1%) e Guiratinga (96%).

Leia Também:  Governo de MT consegue autorização do ICMBio para fazer investimentos no Parque Nacional de Chapada

Confira o ranking completo de aplicação das vacinas no Boletim Informativo nº 632 ou no Painel de Distribuição de vacinas Covid-19.

A Vigilância Estadual alertou que a utilização de unidades de segunda dose como primeira dose pode comprometer o esquema vacinal da população do município, considerando o fornecimento e as orientações feitas pelo Ministério da Saúde.

Sobre a distribuição

Conforme Resolução da Comissão Intergetores Bipartite (CIB) nº 126 de 2021, doses das vacinas contra a Covid-19 passarão a ser distribuídas mediante solicitação das gestões municipais. A medida se deve ao risco de perda de doses, devido ao prazo de validade, e à baixa procura por imunização em alguns municípios. Desta forma, será encaminhado um quantitativo compatível à necessidade local.

Essa logística já ocorre com todos os outros imunizantes da Campanha Nacional de Imunização e, agora, também passa a valer para as vacinas contra a Covid-19. As solicitações deverão ser feitas por meio do Sistema de Insumos Estratégicos em Saúde (Sies), conforme fluxo já estabelecido com as demais vacinas.

Leia Também:  Operação desarticula atuação de grupo que utilizava licença falsa para exploração ambiental em Nova Lacerda

A Resolução ainda prevê que os municípios deverão solicitar o quantitativo de doses uma vez por semana, às sextas-feiras. A entrega das doses será realizada na semana seguinte.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

polícia

política

Cidades

ESPORTES

Saúde

É Direito

MAIS LIDAS DA SEMANA