Cidades

Mais de 70% dos eleitores de Mato Grosso já foram cadastrados biometricamente pelo TRE

Publicados

em

Mato Grosso já atingiu a marca de 77,5% dos eleitores cadastrados biometricamente. Do total de 2,11 milhões de eleitores, 1,63 milhão possuem identificação biométrica. Neste momento, 13 municípios estão realizando a revisão do eleitorado com cadastro biométrico, situação onde quem não comparecer terá o título eleitoral cancelado. Estão em revisão os municípios de Alto Garças, Alto Taquari, Cotriguaçu, Dom Aquino, Itiquira, Juscimeira, Matupá, Nova Olímpia, Paranaíta, Porto Alegre do Norte, Santa Rita do Trivelato, Tapurah e Vila Rica.

“Somando os 13 municípios temos um total de 109 mil eleitores que devem ser atendidos pela Justiça Eleitoral de Mato Grosso. Em nosso levantamento, 41 mil eleitores efetuaram o cadastro, porém a maioria, quase 60%, ainda não foi atendida. Nós buscamos uma série de parcerias para ampliar nossa estrutura e ofertar um atendimento ágil e com o mínimo de conforto necessário, porém o eleitor precisa comparecer e não deixar para última hora”, destacou o desembargador presidente do Tribunal Regional Eleitoral, Gilberto Giraldelli.

O eleitor que tiver seu título cancelado e não poderá se inscrever em concurso ou prova para cargo ou função pública, investir-se ou empossar-se neles; obter passaporte ou carteira de identidade; renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo; e participar de concorrência pública ou administrativa da União, dos estados, dos territórios, do Distrito Federal ou dos municípios, ou das respectivas autarquias.

Leia Também:  Confaz aprova proposta de Mato Grosso e congela ICMS dos combustíveis

Todos os eleitores, inclusive os que possuem mais de 70 anos e os analfabetos, estão obrigados a participarem da revisão. É necessário levar um documento de identidade oficial, comprovante de endereço, CPF e título de eleitor. No caso de emissão do primeiro título eleitoral para homens com mais de 18 anos, é necessário também apresentar comprovante de quitação militar.

As informações são da assessoria do Tribunal Regional Eleitoral.

Redação Só Notícias (foto: divulgação)

COMENTE ABAIXO:

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Cidades

Segunda-feira (24): Mato Grosso registra 601.453 casos e 14.205 óbitos por Covid-19

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta segunda-feira (24.01), 601.453 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 14.205 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Dos 601.453 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 25.649 estão em isolamento domiciliar e 560.639 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 179 internações em UTIs públicas e 192 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 82,8% para UTIs adulto e em 42% para enfermaria adulta.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (117.124), Várzea Grande (44.652), Rondonópolis (39.573), Sinop (28.292), Tangará da Serra (19.623), Sorriso (18.797), Lucas do Rio Verde (17.288), Primavera do Leste (16.600), Cáceres (13.552) e Alta Floresta (12.083).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Leia Também:  Ação integrada intercepta ‘rolé’ e apreende 27 veículos com irregularidades em Rondonópolis

Sistemas instáveis

Devido à instabilidade dos sistemas do Ministério da Saúde ocorrida nas últimas semanas, não foi possível atualizar os dados do Ranking da Vacinação em Mato Grosso e o número de casos e óbitos da Covid-19 no País. Os dados serão atualizados e divulgados assim que for restabelecido o acesso da SES aos sistemas do Governo Federal.

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

Leia Também:  Fumacê começa a passar nesta terça em município que lidera o número de casos de dengue em MT

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

polícia

política

Cidades

ESPORTES

Saúde

É Direito

MAIS LIDAS DA SEMANA