Cidades

Investimentos e boas práticas da PM são apresentados na 1ª Jornada Nacional de Policiamento Rural

Publicados

em


A Polícia Militar de Mato Grosso participou, nesta terça-feira (23.11), da 1ª Jornada Nacional de Policiamento Rural promovido pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, em Sinop. O evento teve por objetivo debater e compartilhar experiências e boas práticas sobre o policiamento rural no país.

Na ocasião, o Comando Geral da Polícia Militar foi representado pelo comandante-adjunto coronel Daniel Lipi Alvarenga e pelo subchefe de Estado Maior Geral, coronel Carlos Eduardo Pinheiro, que prestigiaram a solenidade de abertura do evento nacional.

No primeiro dia do evento, o comandante da 14ª Força Tática de Rondonópolis, tenente-coronel Gleber Candido apresentou o pioneirismo do Governo do Estado em destinar investimentos para a PMMT na garantia da segurança no campo. O coronel destacou a dedicação do governador Mauro Mendes em investir “pesado” no policiamento rural no Estado.

“O Governo estadual implementou um recurso da ordem de R$ 35 milhões para aquisição de fardamentos e equipamentos para gerar uma identidade do patrulhamento rural para que o homem do campo perceba que agora ele possui uma tropa especializada para ampará-lo nos momentos mais difíceis. A Polícia Militar já recebeu viaturas distintas, fuzis, calibre 7,62, pistolas 9mm, drones, GPS, e o mais importante, o pagamento de diárias para que os policias façam jornadas de 5 ou 7 dias na zona rural. A realidade do patrulhamento hoje é bastante forte, conseguimos reduzir os índices criminais”, explanou o militar.

Leia Também:  CALM lança documentário e livro de poesia em homenagem à Marília Beatriz

A solenidade de abertura da 1º Jornada Nacional sobre o policiamento rural contou com a presença do secretário Nacional de Segurança Pública, Carlos Renato Machado Paim; do secretário de Segurança Pública de Mato Grosso, Alexandre Bustamante; do prefeito de Sinop Roberto Dorner; dentre outras autoridades civis e militares. 

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Cidades

Governo de MT já pactuou 89% das doses recebidas; veja quanto cada município aplicou

Publicados

em


O Governo de Mato Grosso recebeu, até esta terça-feira (30.11), 6.318.957 doses das vacinas contra Covid-19 do Ministério da Saúde e já distribuiu 5.630.840 aos 141 municípios do Estado, ou seja, 89% do total recebido.

A disponibilização das doses é resultado da soma da primeira e segunda doses ou doses únicas (5.598.859), acrescida das doses destinadas às populações indígenas aldeadas (54.120) e dos arredondamentos técnicos (36.583) necessários para o ajuste volumétrico dos frascos disponibilizados pelo Ministério da Saúde.

É importante destacar que o ranking de aplicação não considera as doses destinadas aos povos indígenas para evitar qualquer disparidade nos dados. Alguns municípios contabilizavam doses aplicadas em aldeias pertencentes a territórios vizinhos e ultrapassavam o limite de 100% da aplicação.
 
Das 5.630.840 doses disponibilizadas aos municípios, as prefeituras aplicaram 4.559.701 (81%), sendo 2.484.802 como primeira dose ou dose única e 1.835.662 como segunda dose. O percentual da semana retrasada era de 81,6%.

Os 10 municípios que mais aplicaram vacinas, considerando o percentual de doses aplicadas em relação às doses recebidas, foram: Nova Brasilândia (99,2%), Campos de Júlio (97%), Diamantino (97%), São José do Povo (96,8%), Primavera do Leste (96,7%), Lucas do Rio Verde (96,4%), Glória D’Oeste (96,3%), Ipiranga do Norte (96,2%), Nortelândia (96,1%) e Guiratinga (96%).

Leia Também:  Em Brasília Prefeito Leandro Félix convida Ministra da Agricultura para inauguração do Laboratório Industrial no Parque Tecnológico de Nova Mutum

Confira o ranking completo de aplicação das vacinas no Boletim Informativo nº 632 ou no Painel de Distribuição de vacinas Covid-19.

A Vigilância Estadual alertou que a utilização de unidades de segunda dose como primeira dose pode comprometer o esquema vacinal da população do município, considerando o fornecimento e as orientações feitas pelo Ministério da Saúde.

Sobre a distribuição

Conforme Resolução da Comissão Intergetores Bipartite (CIB) nº 126 de 2021, doses das vacinas contra a Covid-19 passarão a ser distribuídas mediante solicitação das gestões municipais. A medida se deve ao risco de perda de doses, devido ao prazo de validade, e à baixa procura por imunização em alguns municípios. Desta forma, será encaminhado um quantitativo compatível à necessidade local.

Essa logística já ocorre com todos os outros imunizantes da Campanha Nacional de Imunização e, agora, também passa a valer para as vacinas contra a Covid-19. As solicitações deverão ser feitas por meio do Sistema de Insumos Estratégicos em Saúde (Sies), conforme fluxo já estabelecido com as demais vacinas.

Leia Também:  Mais de 70 mil pessoas que contraíram coronavírus em MT estão recuperadas

A Resolução ainda prevê que os municípios deverão solicitar o quantitativo de doses uma vez por semana, às sextas-feiras. A entrega das doses será realizada na semana seguinte.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

polícia

política

Cidades

ESPORTES

Saúde

É Direito

MAIS LIDAS DA SEMANA