Cidades

Inscrições para Edital MT Afluentes seguem abertas até 24 de setembro; não haverá prorrogação

Publicados

em


Com recursos na ordem de R$ 12 milhões, o novo edital da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer é dedicado a produção cultural e de eventos natalinos nos municípios do estado. Os recursos serão destinados diretamente às prefeituras municipais contempladas e, assim, distribuídos à cadeia produtiva local de acordo com cada proposta apresentada.

Prefeituras de Mato Grosso interessadas podem se inscrever até dia 24 de setembro de 2021 e, em nenhuma hipótese, haverá prorrogação. Acesse o edital MT Afluentes AQUI e saiba todos os detalhes, regras, sistemas de pontuação e exigências.

“Este é um edital pensado para irrigar a cadeia produtiva da cultura nos quatro cantos do estado, por isso o nome MT Afluentes. Então, trabalhadores da cultura, cobrem seus gestores, este é o momento em que podemos fazer um reparo histórico”, diz Beto Dois a Um, secretário de Cultura, Esporte e Lazer de Mato Grosso.

O edital MT Afluentes está organizado em dois eixos. Para o Eixo Cultura, com seleção de projetos que desenvolvam qualquer atividade relacionada aos diversos campos das linguagens artístico-culturais, serão aprovadas 52 propostas de livre escolha, com valores que vão de R$ 50 mil a R$ 250 mil (para este eixo, total de R$ 5.740 milhões).

Leia Também:  Unemat divulga edital do Seletivo com 2.570 vagas para 62 cursos em 12 cidades

O Eixo Especial Natal, com a seleção de projetos que desenvolvam atividades de cunho sociocultural e de lazer, relacionados aos diversos campos culturais e linguagens artístico-culturais, contemplará 50 projetos, com valores que vão de R$ 60 mil a R$ 400 mil, dependendo do número de habitantes do município, dedicados exclusivamente a eventos natalinos (total de R$ 6.260 milhões).

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Cidades

Terça-feira (28): Mato Grosso registra 535.839 casos e 13.793 óbitos por Covid-19

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta terça-feira (28.09), 535.839 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 13.793 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 884 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 535.839 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 3.168 estão em isolamento domiciliar e 518.139 estão recuperados.

A Classificação de Risco por município e o Ranking da Vacinação em Mato Grosso serão publicados no boletim desta quarta-feira (28.09).

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 101 internações em UTIs públicas e 62 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 29,71% para UTIs adulto e em 10% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (110.884), Várzea Grande (38.049), Rondonópolis (37.678), Sinop (25.878), Sorriso (18.186), Tangará da Serra (17.705), Lucas do Rio Verde (15.598), Primavera do Leste (14.683), Cáceres (11.800) e Barra do Garças (10.561).

Leia Também:  Reunião em Diamantino para debater futuro de MT ganha repercussão estadual

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.
O documento ainda aponta que um total de 404.835 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 85 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na segunda-feira (27.09), o Governo Federal confirmou o total de 21.366.395 casos da Covid-19 no Brasil e 594.653 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país tinha 21.351.972 casos da Covid-19 no Brasil e 594.443 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados desta terça-feira (28.09).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

Leia Também:  Unemat divulga edital do Seletivo com 2.570 vagas para 62 cursos em 12 cidades

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;
– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
– Evitar contato próximo com pessoas doentes;
– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;
– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

polícia

política

Cidades

ESPORTES

Saúde

É Direito

MAIS LIDAS DA SEMANA