DIAMANTINO

Cidades

Governo do Estado trabalha na reestruturação dos consórcios intermunicipais em Mato Grosso

Publicados

em


Os consórcios intermunicipais começam a ser reestruturados em Mato Grosso. Nesta quarta-feira (13.01), representantes da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec) e prefeitos da região do Araguaia se reuniram para reforçar a importância destes consórcios. Esta primeira reunião ocorreu com os consórcios Norte Araguaia e Portal do Araguaia. Novas reuniões serão realizadas até o início de março com prefeitos dos demais consórcios intermunicipais.

O secretário César Miranda, da Sedec, explicou que os consórcios intermunicipais vão otimizar as ações dos municípios e o desenvolvimento de Mato Grosso.

“O trabalho da Sedec é muito abrangente – agricultura, indústria, comércio, e reúne órgãos importantes para as gestões municipais. Apoiamos o empreendedorismo e, unindo forças, podemos fazer um Estado maior e melhor. Porém, é fundamental que os municípios se organizem nos consórcios para viabilizar projetos”, frisou.

Mato Grosso tem 141 municípios, 123 deles tem menos de 30 mil habitantes. Por isso, o Governo do Estado apoia a reestruturação dos consórcios. “Os pequenos municípios, muitas vezes, não têm condições de executar algumas ações e o consórcio dá essa possibilidade de unir e realizar”, diz Celso Banazeski, secretário adjunto de Desenvolvimento do Ecossistema Empreendedor da Sedec. 

Leia Também:  Passeio de paramotor sobre os principais pontos turísticos de Chapada dos Guimarães (MT) atrai turistas

Atualmente, Mato Grosso tem 15 consórcios, dez ativos. Para Leonardo Farias Zampa, prefeito de Novo São Joaquim (a 485 km de Cuiabá), os consórcios são interessantes para dar força aos municípios. “Muitas ações e recursos podem ser acessados por meio dos consórcios e eles também barateiam custos”, afirmou.

Consórcios

Os consórcios intermunicipais são parcerias entre municípios para a realização de ações conjuntas, incrementando a qualidade dos serviços públicos prestados à população. Surgiram como forma de superar a atomização de municípios e recobrar escalas produtiva e financeira adequadas.

Participaram da reunião o secretário estadual de Educação, Allan Porto, além de representantes da Vice-Governadoria, Secretaria de Estado de Educação, Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística e Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM).

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Cidades

Elogio também é uma forma de melhorar a qualidade do serviço público

Publicados

em


A Ouvidoria Geral de Polícia recebeu nesta terça-feira um elogio pela “excelente qualidade do trabalho dos servidores da Rede Lógica e do Suporte da TI da Sesp”, enviado pelo Centro de atendimento Socioeducativo Feminino de Cuiabá.

A função da OGP é acolher denúncias, reclamações, solicitações ou elogios sobre as forças de segurança pública em Mato Grosso. Para a gestão pública o elogio é uma resposta tão importante quanto uma queixa ou uma denúncia. Na verdade, todo feedback (resposta) é importante e precisa ser valorizado para avaliar erros e acertos na condução dos trabalhos.  

Visando isso, a Controladoria-Geral da União (CGU) lançou a campanha para estimular a população a enviar elogios e manifestações positivas de valorização do trabalho dos profissionais  da saúde e também das instituições envolvidas na luta contra o coronavírus.

Os elogios podem ser enviados por meio do FalaBR, plataforma do Governo Federal que permite cidadãos fazerem manifestações de ouvidoria e pedidos de informações públicas, em conformidade com o Código de Defesa dos Usuários de Serviços Públicos e a Lei de Acesso à Informação. Qualquer pessoa pode enviar seu elogio diretamente para a Controladoria. No formulário eletrônico disponível na plataforma Fala.BR, basta escolher o órgão CGU e marcar o assunto “coronavírus (COVID-19)”.

Leia Também:  Mais de 200 condutores podem perder CNH por irregularidades

Ao receber os elogios, a CGU fará a triagem e encaminhará à instituição onde o atendimento tenha ocorrido. Isso garante que a sua manifestação chegará aos envolvidos, servindo como incentivo para aqueles que estão na linha de frente do combate à pandemia.

Ouvidoria Geral de Polícia

O cidadão pode entrar em contado com a Ouvidoria por telefone, e-mail ou ainda por meio do Fale Cidadão, disponível no site oficial do Governo do Estado de Mato Grosso.

(65) 9962-4270

[email protected]

Pelo Fale Cidadão e pelo FalaBR.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

polícia

política

Cidades

ESPORTES

Saúde

É Direito

MAIS LIDAS DA SEMANA