Cidades

Governador assina convênio para obras de infraestrutura em Juara, Campo Verde, Santo Antônio do Leste e no Araguaia

Publicados

em


O governador Mauro Mendes assinou nesta quinta-feira (25.11) convênio com as prefeituras de Juara, Campo Verde, Santo Antônio do Leste e com o Consórcio Intermunicipal Araguaia (Cidesa), para a realização de obras de pavimentação e drenagem de vias urbanas, revitalização de asfalto nas MT-244, MT-325 e MT-336, e manutenção de rodovias não-pavimentadas na região do Araguaia.

Pelo convênio, a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra-MT) destinará, ainda, recursos para a pavimentação do Aeródromo de Juara, um sonho antigo da população.

Ao todo, serão empregados mais de R$ 32 milhões nas obras. Parte da soma será repassada pela Sinfra e os demais valores compreendem emendas do senador Wellington Fagundes e do deputado federal Juarez Costa, além de contrapartida das prefeituras e do Cidesa.

“O Governo consegue com isso ampliar a sua aplicação de recursos no Estado de Mato Grosso. Estamos fazendo parcerias para que as prefeituras, recebendo dinheiro do Governo do Estado, possam lá na ponta, onde vivem os cidadãos, onde moram as pessoas, executar mais obras. Vamos continuar com essa filosofia, junto aos bons prefeitos, aos trabalhadores, àqueles que estão se dedicando e cuidando bem do dinheiro público, porque dessa forma nós atendemos melhor a população mato-grossense”, destacou o governador Mauro Mendes.

Leia Também:  Estudantes de 12 a 14 anos representam Mato Grosso nos Jogos Escolares Brasileiros

Em Juara, serão investidos R$ 6 milhões, sendo R$ 5,76 milhões repassados pelo Estado, para a pavimentação e drenagem de todas as ruas dos bairros Cruzeiro do Sul e Porto Seguro. Além disso, a região irá receber obras de revitalização na MT-325.

Na ocasião, o governador autorizou também a retomada da construção da Escola Técnica, que estava paralisada há cerca de dez anos.

“Eu acho importante destacarmos a dimensão disso tudo. Eu fico muito orgulhoso de fazer parte dessa história. Nós teremos obras, como na MT-325 e a retomada da obra da Escola Técnica, que estavam paradas há praticamente dez anos. Além do asfalto dos bairros Cruzeiro do Sul e Porto Seguro, que o governador Mauro Mendes teve a sensibilidade de não criar expectativa na população inaugurando placa, porque os valores já estão garantidos. A gratidão não é só de Juara, é de todo o Vale do Arinos”, destacou o prefeito de Juara, Carlos Sirena.

Para o município de Campo Verde, a Sinfra irá repassar R$ 2,8 milhões para a revitalização do pavimento de 38km da MT-244. O valor total da obra, que conta ainda com contrapartida da Prefeitura, será de R$ 4,8 milhões.

“A gente agradece em nome da população de Campo Verde. Nós temos 7 assentamentos rurais que se Deus quiser vão ter a vida transformada com essas obras. Nós somos uma região produtora, mas por ali passa também muita gente de outros municípios. O trabalho do Governo do Estado hoje alcança Mato Grosso por inteiro”, frisou o prefeito Alexandre Lopes.

Leia Também:  Conheça os sete longas produzidos em MT que concorrem ao troféu do Festival Cinemato

Santo Antônio do Leste receberá em torno de R$ 2 milhões para a recuperação de 16km da MT-336. A expectativa é de que, vencido o trâmite burocrático, a obra seja entregue no final de janeiro de 2022.

Além disso, através da parceria com o Cidesa – que representa os municípios de Serra Nova Dourada, Bom Jesus do Araguaia, Alto Boa Vista, Luciara, Novo Santo Antônio e São Félix do Araguaia – serão investidos R$ 15 milhões para a conservação e manutenção de 280km de rodovias não-pavimentas.  

“Não é só estrada, essas obras geram emprego na nossa região e dão qualidade de vida para a nossa população. O governador Mauro Mendes tem sido um grande parceiro do Araguaia e o Cidesa está firme no compromisso de seguir com essas parcerias”, pontuou a prefeita de São Félix do Araguaia, Janailza Leite.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Cidades

Governo de MT já pactuou 89% das doses recebidas; veja quanto cada município aplicou

Publicados

em


O Governo de Mato Grosso recebeu, até esta terça-feira (30.11), 6.318.957 doses das vacinas contra Covid-19 do Ministério da Saúde e já distribuiu 5.630.840 aos 141 municípios do Estado, ou seja, 89% do total recebido.

A disponibilização das doses é resultado da soma da primeira e segunda doses ou doses únicas (5.598.859), acrescida das doses destinadas às populações indígenas aldeadas (54.120) e dos arredondamentos técnicos (36.583) necessários para o ajuste volumétrico dos frascos disponibilizados pelo Ministério da Saúde.

É importante destacar que o ranking de aplicação não considera as doses destinadas aos povos indígenas para evitar qualquer disparidade nos dados. Alguns municípios contabilizavam doses aplicadas em aldeias pertencentes a territórios vizinhos e ultrapassavam o limite de 100% da aplicação.
 
Das 5.630.840 doses disponibilizadas aos municípios, as prefeituras aplicaram 4.559.701 (81%), sendo 2.484.802 como primeira dose ou dose única e 1.835.662 como segunda dose. O percentual da semana retrasada era de 81,6%.

Os 10 municípios que mais aplicaram vacinas, considerando o percentual de doses aplicadas em relação às doses recebidas, foram: Nova Brasilândia (99,2%), Campos de Júlio (97%), Diamantino (97%), São José do Povo (96,8%), Primavera do Leste (96,7%), Lucas do Rio Verde (96,4%), Glória D’Oeste (96,3%), Ipiranga do Norte (96,2%), Nortelândia (96,1%) e Guiratinga (96%).

Leia Também:  Governador Mauro Mendes assina promoção de policiais militares em Mato Grosso

Confira o ranking completo de aplicação das vacinas no Boletim Informativo nº 632 ou no Painel de Distribuição de vacinas Covid-19.

A Vigilância Estadual alertou que a utilização de unidades de segunda dose como primeira dose pode comprometer o esquema vacinal da população do município, considerando o fornecimento e as orientações feitas pelo Ministério da Saúde.

Sobre a distribuição

Conforme Resolução da Comissão Intergetores Bipartite (CIB) nº 126 de 2021, doses das vacinas contra a Covid-19 passarão a ser distribuídas mediante solicitação das gestões municipais. A medida se deve ao risco de perda de doses, devido ao prazo de validade, e à baixa procura por imunização em alguns municípios. Desta forma, será encaminhado um quantitativo compatível à necessidade local.

Essa logística já ocorre com todos os outros imunizantes da Campanha Nacional de Imunização e, agora, também passa a valer para as vacinas contra a Covid-19. As solicitações deverão ser feitas por meio do Sistema de Insumos Estratégicos em Saúde (Sies), conforme fluxo já estabelecido com as demais vacinas.

Leia Também:  Conheça os sete longas produzidos em MT que concorrem ao troféu do Festival Cinemato

A Resolução ainda prevê que os municípios deverão solicitar o quantitativo de doses uma vez por semana, às sextas-feiras. A entrega das doses será realizada na semana seguinte.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

polícia

política

Cidades

ESPORTES

Saúde

É Direito

MAIS LIDAS DA SEMANA