Cidades

Governador anuncia nomeação de 160 agentes penitenciários para suprir demanda em todo o Estado

Publicados

em


O governador Mauro Mendes e os secretários de Planejamento e Gestão, Basílio Bezerra, e de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, anunciaram nesta segunda-feira (18.10) a convocação de 160 pessoas do cadastro de reserva do concurso do Sistema Penitenciário.

A nomeação, conforme destacou o chefe do Executivo, estava prevista desde o início da gestão e foi possível, neste momento, graças a situação favorável das contas do Governo, resultado de uma série de medidas implementadas para garantir o reequilíbrio das finanças do Estado.

“Vamos nomear 160 agentes penitenciários para suprir uma demanda existente em diversas unidades do Estado de Mato Grosso. Eu disse a todos vocês, principalmente àqueles que passaram no concurso, que assim que o Governo recuperasse suas contas, pagasse aquilo que devia e conseguisse fazer novos investimentos, nós íamos também investir na contratação de mais profissionais. Então, vamos nomear esses 160 e, na medida em que for avançando, tivermos espaço fiscal, nós vamos nomeando mais agentes”, afirmou o governador Mauro Mendes.

As convocações fazem parte do concurso público realizado pela extinta Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), relativo ao edital nº 01 do dia 25 de novembro de 2016. Na ocasião, foram ofertadas vagas de cadastro reserva para os cargos de agente penitenciário e profissionais de nível superior em diversas áreas. Um total de mil candidatos foi classificado.

Leia Também:  Mais de 100 pantaneiros já foram treinados para atuar no combate aos incêndios florestais

Durante o anúncio, o governador Mauro Mendes ressaltou o esforço do deputado estadual João Batista junto ao Governo do Estado pela convocação dos servidores. “O deputado tem sido um grande defensor dessa causa junto ao Governo, então gostaria de agradecer essa defesa responsável que ele tem feito, como deputado, desse importante serviço da segurança pública”, pontuou.

A nomeação será publicada no Diário Oficial com mais informações sobre os procedimentos e documentos necessários para a posse.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Cidades

Governo de MT já pactuou 89% das doses recebidas; veja quanto cada município aplicou

Publicados

em


O Governo de Mato Grosso recebeu, até esta terça-feira (30.11), 6.318.957 doses das vacinas contra Covid-19 do Ministério da Saúde e já distribuiu 5.630.840 aos 141 municípios do Estado, ou seja, 89% do total recebido.

A disponibilização das doses é resultado da soma da primeira e segunda doses ou doses únicas (5.598.859), acrescida das doses destinadas às populações indígenas aldeadas (54.120) e dos arredondamentos técnicos (36.583) necessários para o ajuste volumétrico dos frascos disponibilizados pelo Ministério da Saúde.

É importante destacar que o ranking de aplicação não considera as doses destinadas aos povos indígenas para evitar qualquer disparidade nos dados. Alguns municípios contabilizavam doses aplicadas em aldeias pertencentes a territórios vizinhos e ultrapassavam o limite de 100% da aplicação.
 
Das 5.630.840 doses disponibilizadas aos municípios, as prefeituras aplicaram 4.559.701 (81%), sendo 2.484.802 como primeira dose ou dose única e 1.835.662 como segunda dose. O percentual da semana retrasada era de 81,6%.

Os 10 municípios que mais aplicaram vacinas, considerando o percentual de doses aplicadas em relação às doses recebidas, foram: Nova Brasilândia (99,2%), Campos de Júlio (97%), Diamantino (97%), São José do Povo (96,8%), Primavera do Leste (96,7%), Lucas do Rio Verde (96,4%), Glória D’Oeste (96,3%), Ipiranga do Norte (96,2%), Nortelândia (96,1%) e Guiratinga (96%).

Leia Também:  Vaca solta em rua de Tangará da Serra (MT) vira meme

Confira o ranking completo de aplicação das vacinas no Boletim Informativo nº 632 ou no Painel de Distribuição de vacinas Covid-19.

A Vigilância Estadual alertou que a utilização de unidades de segunda dose como primeira dose pode comprometer o esquema vacinal da população do município, considerando o fornecimento e as orientações feitas pelo Ministério da Saúde.

Sobre a distribuição

Conforme Resolução da Comissão Intergetores Bipartite (CIB) nº 126 de 2021, doses das vacinas contra a Covid-19 passarão a ser distribuídas mediante solicitação das gestões municipais. A medida se deve ao risco de perda de doses, devido ao prazo de validade, e à baixa procura por imunização em alguns municípios. Desta forma, será encaminhado um quantitativo compatível à necessidade local.

Essa logística já ocorre com todos os outros imunizantes da Campanha Nacional de Imunização e, agora, também passa a valer para as vacinas contra a Covid-19. As solicitações deverão ser feitas por meio do Sistema de Insumos Estratégicos em Saúde (Sies), conforme fluxo já estabelecido com as demais vacinas.

Leia Também:  Queimadas consomem 47% de terra indígena em MT

A Resolução ainda prevê que os municípios deverão solicitar o quantitativo de doses uma vez por semana, às sextas-feiras. A entrega das doses será realizada na semana seguinte.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

polícia

política

Cidades

ESPORTES

Saúde

É Direito

MAIS LIDAS DA SEMANA