Cidades

“Essa entrega veio na hora certa”, celebra presidente de Consórcio ao receber máquinas

Publicados

em


Com aproximadamente 860 quilômetros de rodovias não-pavimentadas e poucas condições de realizar manutenções com frequência e qualidade, o Consórcio Vale do Guaporé festeja o recebimento das máquinas e equipamentos rodoviários realizado nesta quarta-feira (16.06) pelo governador Mauro Mendes.

Consideradas um “presente que chegou na hora certa”, as novas máquinas vão substituir os equipamentos antigos, com mais de 10 anos de uso, e que já não têm condições de operar, de acordo com o presidente do Consórcio Vale do Guaporé, o prefeito de Nova Lacerda, Uilson José da Silva.

“Estamos trabalhando para fazer o melhor. Nós estamos fazendo o possível e o impossível para que Nova Lacerda fique cada vez melhor. Essa entrega veio na hora certa. É um presente. Estávamos precisando muito. As máquinas do consórcio são muito velhas, de 2008, e estão muito defasadas. E hoje essas máquinas serão de suma importância para a região”, afirmou.

O Consórcio Vale do Guaporé é composto pelos municípios de Campos de Júlio, Comodoro, Nova Lacerda, Conquista D’oeste, Pontes e Lacerda e Vila Bela da Santíssima Trindade e recebeu cinco máquinas, sendo três motoniveladoras, uma pá-carregadeira e uma escavadeira hidráulica.

Leia Também:  Decreto estabelece novo horário de atendimento da Prefeitura de Diamantino

Esses equipamentos, disponibilizados por meio de convênio com a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), serão utilizados especialmente na conservação e manutenção das rodovias MT-478, MT-477, MT-388, MT-245, MT-265, MT-248, MT-247 e MT-246, que cortam a região e que precisam de constante atenção e investimento, segundo o presidente.

“As demandas das estradas lá são muitas e precisamos muito manter essas estradas em dia. Foi uma ótima iniciativa. Quero agradecer o governador que está fazendo um excelente trabalho, o secretário e todos os deputados envolvidos nessa ação, que vai ajudar o escoamento da nossa produção que é de pecuária e soja”, garantiu.

Ainda segundo o presidente, a expectativa é que a utilização das máquinas na melhoria das rodovias dê novo fôlego para o desenvolvimento e a economia da região, uma vez que vai facilitar o escoamento da produção do agronegócio, além de fortalecer o turismo local, que é marcado por uma grande diversidade de fauna, flora, rios e belas paisagens.

“É importantíssimo para a região, que está crescendo muito. A agricultura no nosso município, e em toda região, cresceu muito. Nosso turismo, nossa economia. Então são importantíssimas essas máquinas neste momento, para que possamos melhorar as rodovias da nossa região”, concluiu Uilson Jose da Silva.

Leia Também:  Auditor é homenageado com Honra ao Mérito pelos 25 anos de serviços prestados ao Estado

Outros equipamentos

Além do Consórcio Vale do Guaporé, outros nove consórcios intermunicipais, 10 prefeituras e duas associações foram beneficiadas com a entrega de máquinas e equipamentos rodoviários. Ao todo, foram entregues 74 máquinas, sendo 46 motoniveladoras, 14 pás-carregadeiras e 14 escavadeiras hidráulicas. O investimento realizado foi de R$ 42,2 milhões oriundos do Mais MT, maior programa de obras e ações da história de Mato Grosso.

Todos esses equipamentos rodoviários fazem parte do primeiro lote de máquinas que foram repassados pelo Governo de Mato Grosso às entidades. No total, o Estado vai repassar 175 máquinas e equipamentos rodoviários, com investimento de R$ 96,5 milhões como parte do Programa Mais MT, de modo a atender todas as regiões de Mato Grosso.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Cidades

Estado investe R$ 42 milhões na pavimentação da MT-413 até Santa Terezinha

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra-MT) publicou nesta segunda-feira (18.10) licitação para contratação de empresa que ficará responsável pela pavimentação e recuperação de asfalto da MT-413, que liga o município de Santa Terezinha até a BR-158. Com valor estimado em R$ 42.529.674,01, a obra compreende 94,61 quilômetros de extensão, sendo que 24 km não estão pavimentados.

A licitação será feita na modalidade de Regime Diferenciado de Contratação (RDC), do tipo de menor preço e em lote único. A sessão de abertura de propostas será realizada no dia 11 de novembro, às 14h, na sala de reuniões da Sinfra-MT. Podem participar do certame empresas nacionais ou estrangeiras, que cumpram os requisitos necessários para contratar com o Governo de Mato Grosso.

Iniciada em 2013, a obra da MT-413 não foi concluída por gestões anteriores e agora será retomada pela atual gestão com uma nova licitação. A rodovia é a única via de ligação asfáltica entre o município de Santa Terezinha e a BR-158, constituindo importante rota de tráfego para os moradores da cidade que precisam se locomover até outras cidades. A pavimentação vai garantir segurança para todos, tendo em vista que nos períodos mais chuvosos, o município chega a ficar isolado.

Leia Também:  Decreto estabelece novo horário de atendimento da Prefeitura de Diamantino

Os primeiros 24 km da rodovia, que não estão pavimentados, receberão serviços de terraplanagem, pavimentação, drenagem e obras complementares, além de sinalização e proteção ambiental. No trecho restante, já pavimentado, serão realizadas obras de revitalização, além da instalação de dois bueiros celulares e o encabeçamento de duas pontes sobre os córregos Eletro II e Fundo de Pedra.

A Sinfra iniciou neste ano a construção de três pontes na MT-413, em um investimento de aproximadamente R$ 5 milhões. De acordo com o secretário de Infraestrutura, Marcelo de Oliveira, o objetivo do governo é aumentar a quantidade e a qualidade das rodovias estaduais, construindo novos trechos e garantindo um sistema rodoviário mais eficiente para o cidadão que precisa utilizar estradas para estudar, cuidar da saúde ou trabalhar.

Santa Terezinha também recebeu neste ano uma motoniveladora da Sinfra, para ajudar o município na manutenção de rodovias não pavimentadas. O consórcio Intermunicipal Norte Araguaia, do qual a cidade faz parte, recebeu outras três motoniveladoras, duas escavadeiras e uma pá carregadeira, com o mesmo objetivo.

Leia Também:  Em Diamantino, assaltante morre após troca de tiros com a Polícia Militar

As obras fazem parte do programa Mais MT, o maior programa de investimentos públicos da história de Mato Grosso, lançado pelo governador Mauro Mendes. Apenas para o eixo de infraestrutura estão previstos R$ 4,73 bilhões em investimentos.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

polícia

política

Cidades

ESPORTES

Saúde

É Direito

MAIS LIDAS DA SEMANA