Carros e Motos

Save the Wagons: BMW M3 ganha versão Touring pela primeira vez

Publicados

em

source


BMW M3 Touring
Divulgação

BMW M3 Touring

O primeiro BMW M3 foi lançado em 1986 sob a chancela E30 e tornou-se uma lenda graças ao alto desempenho desenvolvido pela divisão interna de automobilismo da marca, a BMW M , mas, desde então, o modelo esportivo da Série 3 nunca ganhou a variante Station Wagon , pelo menos até agora.


A M3 Touring finalmente chega aos fãs da Motorsport. Ela carrega o mesmo motor da M3 Competition , um biturbo de seis cilindros de 3,0 litros de 503 cv de potência e 66,29 kgfm de torque. A caixa automática é de oito marchas e a tração integral M xDrive padrão.

Esta configuração permite ao M3 Touring acelerar de zero a 100 km/h em 3 ,6 segundos , e a velocidade final declarada é de 280 km/h , limitada eletronicamente. Além disso, o modelo também foi equipado com uma suspensão esportiva e um diferencial Active M.

Leia Também:  Filho de Flordelis ganha liberdade condicional e sai da cadeia

Graças a essas melhorias, a SW conseguiu dar uma volta em Nürburgring em 7:35.060, o que é um novo recorde para carros dessa categoria. No entanto, o feito é mais impressionante quando comparado ao M5 Competition e o Acura / Honda NSX de segunda geração.

Chegando na parte estética, este segue o novo DNA dos M3 (Sedan) e M4 (Coupé) com a enorme grade, espelhos aerodinâmicos e um sistema de escapamento esportivo de quatro saídas, além do belo jogo de rodas de liga leve forjadas de 19 e 20 polegadas.

A grande vantagem, no entanto, dessa perua esportiva está no porta-malas com capacidade de volume para até 1.510 litros , algo muito prático para quem não abre mão de levar a família para um passeio, digamos, mais dinâmico.

Internamente, o M3 Touring segue os passos do restante da linha M3 2023 e adota um display curvo que consiste em um painel de instrumentos digital de 12,3 polegadas e um sistema de infoentretenimento de 14,9 polegadas e bancos esportivos em couro Merino.

Leia Também:  Honda lança linha 2023 dos modelos CB 500F e CB500X com novidades

Disponibilizado, pelo menos, por enquanto para alguns mercados, incluindo Europa e Austrália, o modelo entrará em produção em novembro, mas aos alemães, os pedidos já poderão ser feito em setembro.

O BMW M3 Touring será produzido juntamente com o BMW M3 Sedan na fábrica da BMW em Munique.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Carros e Motos

TBForte mostra seu primeiro carro-forte elétrico feito junto com a JAC

Publicados

em

Modelo é baseado no JAC iEV 1.200 T e tem custo de rodagem 50% menor que o a combustão
Divulgação

Modelo é baseado no JAC iEV 1.200 T e tem custo de rodagem 50% menor que o a combustão

O mundo corporativo busca cada vez mais aliar suas práticas operacionais com medidas de preservação do meio ambiente. Pensando nisso, a TBForte, empresa de transporte de valores do grupo TecBan, criou seu primeiro carro-forte elétrico.

O modelo é um JAC Motors iEV 1.200T Plus , que vem equipado com um motor elétrico de 170 cv de potência e 122 kgfm de torque, força entregue de maneira instantânea.

Para Gabriel Damasceno, Superintendente da TBForte , a empresa possui interesse em investir em um projeto repleto de atenção ao meio ambiente.

“Mesmo diante dos obstáculos iniciais a serem enfrentados, especialmente o custo dos veículos elétricos em relação aos tradicionais, a TBForte quer colaborar e mostrar consciência ambiental diante da tendência global”, declarou o executivo.

Leia Também:  Primeira-dama entrega 6,8 mil cobertores em Cuiabá e interior de MT

A autonomia declarada do modelo é de 240 km. Segundo a TBForte, é suficiente para as atividades diárias do carro-forte . Além de não emitir gases poluentes, o veículo elétrico aumenta o custo-benefício por ter uma mecânica mais simples.

JAC iEV 1200T é o caminhão 100% elétrico no qual foi baseado o carro-forte elétrico
Divulgação

JAC iEV 1200T é o caminhão 100% elétrico no qual foi baseado o carro-forte elétrico

O iEV 1.200T Plus não é o único modelo da JAC que a TBForte adiciona à sua frota, a companhia também adquiriu o compacto E-JS1 , para escolta  e atendimento técnico em caixas eletrônicos.

“Além de serem veículos menos agressivos ao meio ambiente, por conta da emissão zero de CO², o carro leve elétrico é isento de rodízio, o que permite otimizar a operação diária de nossas equipes”, completa Gabriel.

Alexandre Ventura, Gerente Executivo de Operações da TBForte, afirmou que o carro-forte elétrico faz parte do programa de renovação de frota da empresa, e que mais veículos serão adquiridos conforme a necessidade da TecBan em renovar sua frota.

No caso do iEV 1.200T Plus, a TBForte afirma que contou com o apoio da JAC para a realização de mudanças na posição do plug de carregamento, para uma operação mais simples.

Leia Também:  Direto do México: diretor da Volvo fala sobre eletrificação no Brasil

Segundo a empresa, o carro-forte elétrico apresentará um custo de rodagem entre 40 e 50% mais em conta que um a diesel tradicional.

A TecBan afirma que está trabalhando com sua equipe de infraestrutura para proporcionar recargas elétricas vindas de energia solar para seu carro-forte elétrico, mas atualmente, o modelo será recarregado em um wallbox convencional da JAC , mas com energia vindo da rede tradicional.

A TBForte estará presente no Lat.Bus, que é o maior evento de mobilidade urbana da América Latina, o carro-forte elétrico será a principal estrela da empresa no evento, que acontece no São Paulo Expo entre os dia 9 e 11 de agosto, das 13 às 22h.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

polícia

política

Cidades

ESPORTES

Saúde

É Direito

MAIS LIDAS DA SEMANA