Carros e Motos

Como o Centro de Desenvolvimento Tecnológico da Ford ajudará o Brasil?

Publicados

em

Centro de desenvolvimento da Ford é incorporado para desenvolver tecnologias mundiais
Divulgação

Centro de desenvolvimento da Ford é incorporado para desenvolver tecnologias mundiais

O Centro de Desenvolvimento da Ford do Brasil anuncia a sua consolidação como exportadora de projetos para filiais da marca, no mundo. Com 1500 funcionários na sede, que fica em Camaçari (Bahia), os principais focos são a mobilidade, eletrificação, conectividade automotiva e automação de veículos. A previsão é a geração de uma receita de R$ 500 milhões em 2022.

Trata-se de um dos nove centros da Ford no mundo, e está entre os maiores e mais completos do Hemisfério Sul. Nos últimos meses, as demandas por serviço cresceram em volume e complexidade e, atualmente, 85% do trabalho é focado em projetos globais.

Entrevistamos o André Oliveira, diretor de engenharia da Ford na América do Sul, para descobrirmos mais do que está por trás desse projeto. No podcast, também procuramos entender de que forma o mercado interno poderá ser beneficiado. Seja de maneira direta ou indireta. Ouça a seguir.

Leia Também:  Aceleramos a nova Honda NC750X da linha 2022

Apesar de ainda não estarem totalmente acertados para o Brasil, apuramos com André que a Ford tem planos de trazer modelos como o Mustang Mach-E e a F-150 Lightning , ambos carros elétricos  100%. A empresa tem planos para fortalecer sua participação no segmento dos eletrificados, que só tende a se expandir no Brasil.

Entretanto, o diretor alega que a Ford não acha interessante expandir a rede pública de carregadores — algo que tem sido feito por outras marcas, de forma colaborativa. Ao invés disso, acredita que os carregadores que virão junto dos carros, para uso particular, e que a autonomia dos modelos, já serão suficientes para atender o cliente.

Entre os projetos, a fabricante destaca a criação de elementos visuais para a divisão de carros de luxo americana, Lincoln . Além disso, o time brasileiro foca na implementação de tecnologias eletrificadas em modelos para o mercado global, bem como o desenvolvimento das futuras gerações do sistema de multimídia da Ford.

Leia Também:  Cem anos do rádio no Brasil: caráter educativo marca história do rádio

O time brasileiro também é responsável pela criação e pelo aprimoramento de um terço das funcionalidades embarcadas nos veículos Ford ao redor do mundo, a exemplo do “One Pedal Drive” do Mustang Mach-E – que permite dirigir usando apenas o acelerador, sem acionar o pedal do freio – e da “Zone Lighting”, que controla as luzes externas da picape F-150 .

No desenvolvimento dos veículos autônomos , os brasileiros trabalham para adequar a carroceria para posicionamento de sensores, radares e câmeras e seus sistemas de limpeza, com a devida padronização. Quanto à conectividade, desenvolvem softwares, com destaque para a conclusão do sistema de conectividade e monitoramento para a Ford Transit .

A Ford Brasil também investe em pesquisa, com mais de 70 patentes globais conquistadas. Em parceria com o Instituto Euvaldo Lodi (IEL), da Bahia, são, ao todo, mais de 200 profissionais distribuídos em 17 estados brasileiros. Atuam em 120 projetos, a maioria voltada à conectividade, inteligência artificial e big data.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Carros e Motos

TBForte mostra seu primeiro carro-forte elétrico feito junto com a JAC

Publicados

em

Modelo é baseado no JAC iEV 1.200 T e tem custo de rodagem 50% menor que o a combustão
Divulgação

Modelo é baseado no JAC iEV 1.200 T e tem custo de rodagem 50% menor que o a combustão

O mundo corporativo busca cada vez mais aliar suas práticas operacionais com medidas de preservação do meio ambiente. Pensando nisso, a TBForte, empresa de transporte de valores do grupo TecBan, criou seu primeiro carro-forte elétrico.

O modelo é um JAC Motors iEV 1.200T Plus , que vem equipado com um motor elétrico de 170 cv de potência e 122 kgfm de torque, força entregue de maneira instantânea.

Para Gabriel Damasceno, Superintendente da TBForte , a empresa possui interesse em investir em um projeto repleto de atenção ao meio ambiente.

“Mesmo diante dos obstáculos iniciais a serem enfrentados, especialmente o custo dos veículos elétricos em relação aos tradicionais, a TBForte quer colaborar e mostrar consciência ambiental diante da tendência global”, declarou o executivo.

Leia Também:  Toyota Corolla Cross encara o rival VW Taos Highline. Qual vence?

A autonomia declarada do modelo é de 240 km. Segundo a TBForte, é suficiente para as atividades diárias do carro-forte . Além de não emitir gases poluentes, o veículo elétrico aumenta o custo-benefício por ter uma mecânica mais simples.

JAC iEV 1200T é o caminhão 100% elétrico no qual foi baseado o carro-forte elétrico
Divulgação

JAC iEV 1200T é o caminhão 100% elétrico no qual foi baseado o carro-forte elétrico

O iEV 1.200T Plus não é o único modelo da JAC que a TBForte adiciona à sua frota, a companhia também adquiriu o compacto E-JS1 , para escolta  e atendimento técnico em caixas eletrônicos.

“Além de serem veículos menos agressivos ao meio ambiente, por conta da emissão zero de CO², o carro leve elétrico é isento de rodízio, o que permite otimizar a operação diária de nossas equipes”, completa Gabriel.

Alexandre Ventura, Gerente Executivo de Operações da TBForte, afirmou que o carro-forte elétrico faz parte do programa de renovação de frota da empresa, e que mais veículos serão adquiridos conforme a necessidade da TecBan em renovar sua frota.

No caso do iEV 1.200T Plus, a TBForte afirma que contou com o apoio da JAC para a realização de mudanças na posição do plug de carregamento, para uma operação mais simples.

Leia Também:  Beneficiários com NIS final 3 recebem hoje Auxílio Brasil

Segundo a empresa, o carro-forte elétrico apresentará um custo de rodagem entre 40 e 50% mais em conta que um a diesel tradicional.

A TecBan afirma que está trabalhando com sua equipe de infraestrutura para proporcionar recargas elétricas vindas de energia solar para seu carro-forte elétrico, mas atualmente, o modelo será recarregado em um wallbox convencional da JAC , mas com energia vindo da rede tradicional.

A TBForte estará presente no Lat.Bus, que é o maior evento de mobilidade urbana da América Latina, o carro-forte elétrico será a principal estrela da empresa no evento, que acontece no São Paulo Expo entre os dia 9 e 11 de agosto, das 13 às 22h.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

polícia

política

Cidades

ESPORTES

Saúde

É Direito

MAIS LIDAS DA SEMANA