Brasil

Rodrigo Garcia sobe e conquista o segundo lugar no Datafolha

Publicados

em

Governador Rodrigo Garcia subiu dois pontos percentuais na pesquisa do Datafolha
Reprodução/Governo de SP

Governador Rodrigo Garcia subiu dois pontos percentuais na pesquisa do Datafolha

Rodrigo Garcia (PSDB) subiu dois pontos percentuais e se mantém em segundo lugar na disputa pelo Governo de São Paulo , aponta pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira (29). Rodrigo aparece empatado com o ex-ministro da Infraestrutura do governo Jair Bolsonaro, Tarcísio Gomes de Freitas (Republicanos), ambos com 13%.

Esse levantamento leva em consideração a desistência de Márcio França (PSB) da disputa – que deve concorrer ao Senado para apoiar Fernando Haddad (PT).

Rodrigo tinha 11% na última pesquisa realizada em abril e oscilou positivamente dois pontos percentuais. Já Haddad caiu um ponto percentual em relação à pesquisa de abril e agora conta com 34%.

Intenção de votos em branco e votos nulos somam 20% e os indecisos, 9%. Rodrigo Garcia também teve bom desempenho no cenário que considera a permanência de Márcio França na disputa.


O atual governador do Estado partiu de 6% em abril e agora tem 10%, empatado tecnicamente com Tarcísio de Freitas dentro da margem de erro – o bolsonarista tinha 10% e no Datafolha de hoje tem 12%. Fernando Haddad, que em abril tinha 29%, agora conta com 28%. França tinha 20% no levantamento anterior e hoje conta com 16%. Somados, branco e nulos somam 16%. Não sabem, 9%.

A escalada de Rodrigo na pesquisa Datafolha em menos de três meses reflete o perfil municipalista após assumir o Governo de São Paulo. Como governador, lançou o programa Governo na Área, que levou secretários e equipes de técnicos da administração para 22 regiões administrativas e estratégicas para ouvir demandas de lideranças políticas e da sociedade civil.

Outros números No cenário da pesquisa que considera a desistência de Márcio França, outros candidatos não passam dos 3%. São eles: Gabriel Colombo (PCB, 3%), Felício Ramuth (PSD, 2%), Altino Junior (PSTU, 2%), Vinicius Poit (Novo, 1%), Elvis Cezar (PDT, 1%) e Abraham Weintraub (PMB, 1%). Já no cenário com França, o resultado é o seguinte: Felicio Ramuth (2%), Gabriel Colombo (2%), Vinicius Poit (1%), Abraham Weintraub (1%), Altino Junior (1%) e Elvis Cezar (1%).

Leia Também:  Pai de santo afirma ter sofrido racismo religioso em cemitério no Rio

A pesquisa Datafolha foi realizada dias 28, 29 e 30 e está registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o número SP-02523/2022. Foram entrevistados 1.806 eleitores. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Nacional

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Brasil

PF e Receita se unem contra comercialização de cigarros eletrônicos

Publicados

em

Nesta quinta-feira (18), três mandados de busca e apreensão e medidas cautelares estão sendo cumpridos pela Polícia Federal (PF) e pela Receita Federal, simultaneamente, em endereços comerciais e residenciais localizados em Recife (PE).Participam da ação 25 servidores da PF e da Receita. 

As investigações começaram em abril de 2022, quando foi instaurado um inquérito policial para apurar os responsáveis pela comercialização ostensiva de cigarros eletrônicos e acessórios, tanto pela internet, quanto presencialmente, em bares e restaurantes da capital pernambucana.

“A investigação busca identificar outros envolvidos e confirmar o modus operandi dos grupos investigados, os quais adquirem os produtos proibidos no exterior (Paraguai, China, etc), e comercializam por meio de vendedores ambulantes e em aplicativos de compra e venda pela internet”, detalhou a PF.

Os investigados vão responder, de acordo com sua participação e envolvimento, pelo crime de contrabando, cuja pena pode chegar a cinco anos de reclusão

Edição: Maria Claudia

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  'Stranger Things': 11 perguntas que o segundo volume precisa responder
Continue lendo

polícia

política

Cidades

ESPORTES

Saúde

É Direito

MAIS LIDAS DA SEMANA