Agro Notícias

TRIGO/CEPEA: Negociações seguem em ritmo lento; preços estão firmes

Publicados

em


Cepea, 23/02/2021 – As negociações do trigo em grão continuam em ritmo lento, e os preços, por sua vez, seguem firmes. Segundo informações do Cepea, vendedores permanecem retraídos dos negócios, à espera de novas altas de preços. Moinhos também estão ausentes do mercado, e os que permanecem ativos ofertam valores menores. Esse movimento, porém, não foi suficiente para pressionar as cotações nas regiões acompanhadas pelo Cepea. No mercado de balcão, colaboradores do Cepea informam que há pequeno volume de trigo disponível entre as cooperativas, mantendo a ligeira alta dos preços. No mercado de lotes, a valorização do dólar frente ao Real e a elevação dos valores externos têm dado suporte às cotações. Fonte: www.cepea.esalq.usp.br

Fonte: CEPEA

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Novo herbicida promete controle de erva daninha resistente
Propaganda

Agro Notícias

Aprosoja alerta: atraso no Plantio do Milho pode gerar cancelamento do Seguro Agrícola

Publicados

em


Política Agrícola e Logística

Aprosoja alerta: atraso no Plantio do Milho pode gerar cancelamento do Seguro Agrícola

Milho será semeado fora da janela indicada pelo Zoneamento Agrícola de Risco Climático

26/02/2021

Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) orienta os associados que contrataram seguro agrícola para a cultura do milho, que se atentem a janela do plantio, já que de acordo com dados do Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (IMEA), o cultivo do cereal nesta safra apresenta atraso significativo se comparado a anterior, o que pode gerar prejuízos caso haja necessidade de acionar o seguro.

Conforme dados do IMEA, colheita da soja safra 2020/21 apresenta um atraso de 32% em relação ao ano anterior e boa parte do cereal que teria de estar plantado até o final de fevereiro será semeado fora da janela indicada pelo Zoneamento Agrícola de Risco Climático (ZARC), consequentemente, as apólices de seguro agrícola contratadas junto com o custeio da safra, ou à parte, tendem a não cobrir os riscos da atividade, em virtude das regras definidas nas próprias apólices.

Leia Também:  Taques inaugura obras e participa da abertura do Show Safra em Lucas do Rio Verde

Sendo assim, a Aprosoja orienta seus associados que contrataram seguro agrícola para que atentem-se a janela de plantio do seu município, de acordo com a cultivar escolhida e o tipo de solo da propriedade, e caso identifique que a semeadura ocorrerá fora da indicação do ZARC, que notifique a seguradora e instituição financeira, se for o caso, sobre o agravamento de risco da atividade.

Segundo a entidade, a notificação deve ser realizada em formulário próprio (clique aqui para baixar) e é condição obrigatória para que o segurado não perca o valor do prêmio do seguro, além de não ser indenizado em caso de sinistro. A Seguradora, após notificada, tem 15 dias para se manifestar em relação a sua decisão de cancelar a apólice ou, mediante acordo entre as partes, restringir a cobertura contratada.

“Produto rural, fique atento! Somente de posse da notificação de agravamento de risco será possível solucionar eventuais conflitos relacionados à cobertura das apólices de seguro”, alerta Aprosoja Mato Grosso.

Fonte: APROSOJA

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

polícia

política

Cidades

ESPORTES

Saúde

É Direito

MAIS LIDAS DA SEMANA