Home Política TCE manda bloquear R$ 16 milhões de deputados por fraude em Teatro

TCE manda bloquear R$ 16 milhões de deputados por fraude em Teatro

0

Além dos parlamentares, a indisponibilidade atingiu aos servidores Valdenir Rodrigues Benedito, Mário Kazuo Iwassake, Adilson Moreira da Silva e aos sócios da empresa Tirante Construtora e Consultoria Ltda, Alyson Jean Barros e Alan Marcel de Barros.

Por unanimidade, o Pleno do Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT) determinou a indisponibilidade de bens dos deputados estaduais Mauro Savi (DEM) e Romoaldo Júnior (MDB), no valor de R$ 16,6 milhões.

A decisão foi proferida nesta terça-feira (07) durante sessão do Pleno de Contas. O pedido é decorrência a uma representação, de natureza externa, que alega possível irregularidade nos contratos e nos processos licitatórios efetuados pela Assembleia Legislativa para construção do estacionamento da Teatro Zulmira Canavarros, anexo ao Legislativo.

Além dos parlamentares, a indisponibilidade atingiu aos servidores Valdenir Rodrigues Benedito, Mário Kazuo Iwassake, Adilson Moreira da Silva e aos sócios da empresa Tirante Construtora e Consultoria Ltda, Alyson Jean Barros e Alan Marcel de Barros.

Na época eles ocupavam os cargos de presidente e primeiro-secretário da Mesa Diretora do Legislativo e assinaram o contrato com a empresa Tirante Construtora, que realizou a obra.

Em seu voto, o conselheiro Moises Maciel, que pediu vistas ao processo, acompanhou o voto da relatora conselheira Jaqueline Jacobsen julgando procedente a presente representação.

No voto da relatora, foram apontadas diversas irregularidades isanavéis, entre elas, pagamento de serviços não prestados e várias lesões aos cofres públicos, inclusive a compra de uma porta por R$ 33,7 mil.

 

 

 

 

Fonte: ReporteMT

NENHUM COMENTÁRIO

Deixe sua resposta