Home Agro Notícias Sistema de irrigação gera energia

Sistema de irrigação gera energia

0

Este é um projeto nascido graças para "uma conjunção público-privada virtuosa"

O Instituto Nacional de Tecnologia Agrícola da Argentina (INTA) lançou um projeto que prevê a construção de um sistema de irrigação capaz de gerar eletricidade. De acordo com Aquiles Salinas, especialista em irrigação e diretor do INTA Manfredi, é de grande importância a atitude do instituto técnico e científico de avaliar o potencial de tecnologias inovadoras.

“Hoje, há inovações que facilitem e viabilizem a incorporação da empresa de irrigação agrícola, especialmente para estabilizar os rendimentos agrícolas e, assim, melhorar o desempenho econômico e rentabilidade”, comenta o especialista.

De acordo com Salinas, a construção deste novo módulo de irrigação, chamado sistema de inovação produtiva tecnicamente sustentável com mecanizado, é “um projeto destinado a promover uma política eficaz de rápido crescimento da área irrigada”, nascido graças para “uma conjunção público-privada virtuosa”.

Nesta linha, o projeto recebe a contribuição de equipamentos por parte das empresas e entidades do setor privado especializados em pesquisas sobre geoelétricos, perfuração, bombas, fiação, tubulações, equipamentos de irrigação, sementes, produção e comercialização de fertilizantes, tecnologias e irrigação energética.

O módulo tem um sistema que transforma máquina de irrigação de uma ferramenta multitarefa, equipado com sensores e dispositivos que permitem a aplicação autónoma de agroquímicos e fertilizantes e ao mesmo tempo, o controle dos principais parâmetros de solos e de culturas.

Este sistema, chamado “Hummingbird”, é um dos primeiros fabricados no mundo e foi desenvolvido por uma empresa de Córdoba, que conseguiu estabelecer uma sede nos Estados Unidos, com o apoio de empresas alemãs e norte-americanas.

 

 

 

Fonte: MidiaNews

NENHUM COMENTÁRIO

Deixe sua resposta